Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

5 bons motivos para assistir ao filme 'Deadpool 2'

Longa repete flashback do primeiro filme, é recheado de referências pops e leva o cinema às gargalhadas e aplausos entre uma cena e outra.

Foto: Divulgação

Se a intenção da Fox ao lançar Deadpool era chacoalhar o universo dos super-heróis, sem dúvidas ela conseguiu. Com um senso de humor ácido, muito sarcasmo e uma sensibilidade quase imperceptível, o sucesso do primeiro é também concretizado na sequência. 

Um dos filmes mais esperados de 2018, Deadpool 2 traz de volta às telonas o tagarela e hiperativo Wade Wilson, que, depois de ter sua vida transformada, passa a enfrentar gangsters e assassinos do mundo todo. Assim, logo no início da sequência, uma outra virada faz com que o anti-herói tenha que ressignificar acontecimentos e, de certa forma, conseguir morrer para poder viver. 

Sempre pensando em você, o Guia da Semana, que esteve na pré-estreia do filme, listou 5 bons motivos para você assistir ao filme Deadpool 2. Confira: 

 

1 - HUMOR, SARCASMO E MUITA IRONIA

Ainda que muitos heróis ou anti-heróis tenham trazido humor às telonas, nada se compara à personalidade de Deadpool. Ok, o Homem de Ferro também é bem humorado, Wolverine tem um senso de humor misturado com um ar ranzinza... Mas, definitivamente, Wade é o maior adepto da zoeira e seu humor é tão natural que é impossível não cair na gargalhada. Não por acaso, os risos nos cinemas saem em forma de coro. 
 

2 - NOVOS PERSONAGENS 

Foto: Divulgação

O personagem, vivido por Ryan Reynolds decide impedir que Cable, um soldado do futuro, acabe com a vida de um jovem mutante transgressor que tem sede de vingança. E se no primeiro longa Wade agia sozinho e apenas com uma mãozinha de uns amigos X-Men, na sequência ele cria um time  de heróis improváveis que, sob seu comando, sai melhor que o esperado.
 

3 - REFERÊNCIAS 

O filme é um prato cheio para os amantes da cultura pop que se esbaldaram no primeiro filme e que, na sequencia, podem repetir uma dose ainda maior. Além de citar referências dos quadrinhos, como X-Men e Batman, o personagem também cita quem o faz acontecer, o ator Ryan Reynolds, e, para o delírio do público, cita Lanterna Verde e ironiza Thanos; além de relembrar filmes como – pasmem – Flashdance! 
 

4 - LEVEZA

Nem sempre quem faz piada consegue ter uma leveza perante a vida, mas esse não é o caso de Wade. Entre ação, zoeira e muito além das piadas pesadas, o filme também nos ensina uma lição valiosa: a capacidade de rir de nós mesmos. Quebrando a quarta parede (interromper a ação para conversar diretamente com o público) ou em cena, Deadpool tem o poder de fazer rir, gargalhar, relembrar personagens e refletir sobre a forma como levamos a vida, deixando um convite ao espectador para rir mais e tentar não levar tudo tão a sério – algo que o próprio ator faz, já que é o primeiro a ironizar e sacanear sua própria trajetória de filmes ruins. 
 

5 - CRÉDITOS 

Já é costume, mas não custa lembrar que vale esperar um tempinho para ir embora do cinema após a cena final do filme. Depois dos créditos, há algumas surpresas que contextualizam com o longa. 
 

ASSISTA AO TRAILER: 


Atualizado em 16 Mai 2018.

Mais notícias

5 motivos para ver 'Roma', filme da Netflix indicado ao Oscar

Cinema

11 filmes imperdíveis em cartaz no feriado de 25 de janeiro de 2019

Cinema

"Green Book: O Guia", "A Favorita" e mais três filmes estreiam nesta quinta-feira (24); Confira!

Cinema

9 atores e atrizes que abriram mão da vaidade em função de personagens

Cinema

Lista dos indicados ao Oscar 2019 é divulgada; confira!

Cinema

15 filmes incríveis com Jake Gyllenhaal que você precisa assistir

Cinema