Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Albert Nobbs

Na Irlanda do século 19, uma mulher se passa por homem durante 30 anos para conseguir trabalhar e sobreviver.

Albert Nobbs

Diretor: Rodrigo García

Elenco: Glenn Close, Mia Wasikowska, Jonathan Rhys Meyers, Aaron Johnson

País de origem: Reino Unido/Irlanda

Ano de produção: 2011

Depois de anos longe de produções significativas do cinema (seu último papel de peso foi em 1988, no longa "Ligações Perigosas"), Glenn Cloose volta a se destacar no universo cinematográfico com o filme Albert Nobbs, pelo qual concorreu ao Oscar 2012 na categoria melhor atriz, perdendo para Meryl Streep.

O longa é ambientado na Irlanda do século 19, quando mulheres se travestiam de homens para poder trabalhar e sobreviver dignamente numa época em que certas funções eram proibídas para o sexo feminino. Glenn Cloose interpreta uma dessas mulheres. Ela é Albert Nobbs, o mordomo de um Hotel, sempre atencioso com os clientes e com as pessoas ao seu redor. Porém, ninguém sabe do seu segredo e sobre seu verdadeiro sonho: juntar dinheiro para abrir o próprio negócio.

Mas tudo muda quando Hubert descobre a farsa. Ele, na verdade, também uma mulher (interpretada por Janet McTeer, que concorre ao Oscar 2012 de atriz coadjuvante). Sua história dá esperanças para Nobbs, pois, para conquistar uma certa liberdade, Hubert se casou com uma mulher. Assim, Albert vê uma nova possibilidade para seus planos. Sua intensão é casar-se com Helen Dawes (Mia Wasikovska) e começar uma nova vida, já que passou 30 anos vestido de homem. No entanto, a jovem se envolve com Joe Macken (Aaron Johnson), outro empregado do lugar.

Mais sobre Glenn Cloose

Não é a primeira vez que a atriz interpreta o personagem de Albert Nobbs - que, aliás, é inspirado no conto do romancista irlandês George Morre. Em 1982, Cloose protagonizou a peça homônima pela qual foi premiada. Desde então, manteve o projeto de levar a história à sétima arte. Tanto que, além de atuar, ela é responsável também pelo roteiro e produção do filme. A direção fica por conta de Rodrigo García, filho do escritor Gabriel García Márquez.

Outra curiosidade é que esta não é a primeira vez da atriz entre as indicadas ao Oscar. Em 1983, 1984 e 1985 concorreu como atriz coadjuvante pelos filmes "O Mundo Segundo Garp", "O Reencontro" e "Um Homem Fora de Série". Já em 1988 e 1989 concorreu na categoria melhor atriz pelos papeis em "Atração Fatal" e "Ligações Perigosas". Será que dessa vez ela leva a estatueta para casa?


Trailer do filme

Notícias recomendadas

"Cine África Em Casa" exibe filmes africanos com bate-papo virtual; saiba mais!

Cinema

Cinemas drive-in começam a funcionar em São Paulo; veja endereços e mais detalhes

Cinema

Arena Estaiada Drive-In inaugura em São Paulo nesta sexta-feira (12); saiba mais sobre ingressos e sessões

Cinema

Cinema drive-in voltou; veja onde encontrar no Brasil

Cinema

Plataforma de cinema online inova ao exibir filmes inéditos e exclusivos; saiba tudo!

Cinema

5 motivos para conferir o festival de cinema online "We Are One: A Global Film Festival"

Cinema