Guia da Semana

Guia da Semana

Durante 48 anos, John Edgar Hoover esteve à frente do bureau federal de investigações norte-americano, dedicando todo o seu tempo a este trabalho, abrindo mão de vida social, de amigos e namoradas (se bem que este nunca foi o maior de seus interesses), se dedicando, sendo firme e revolucionando o poder investigativo da época.

Esta história é apresentada no longa J. Edgar, protagonizado por Leonardo DiCaprio (A Origem) e dirigido por Clint Eastwood, conhecido por produções como Além da Vida, Invictus, Sobre Meninos e Lobos e o premiado Menina de Ouro.

Com uma maquiagem impecável, DiCaprio interpreta Hoover desde seus primeiros anos no cargo, logo depois da Primeira Guerra Mundial, até o fim de sua carreira - e de sua vida -, em 1972. Neste período, o ex-diretor do FBI sempre teve ao seu redor três pessoas de confiança: a mãe Anna Marie (Judi Dench), a secretária Helen Gandy (Naomi Watts) e Clyde Tolson (Armie Hammer). Este último, além de braço-direito de Hoover, também é tido como seu amante. Aliás, no filme, J. Edgar e Clyde Tolson se beijam após trocarem socos em uma briga.

Sempre determinado a entregar o melhor trabalho independente do que isso custasse, com palavras rudes, olhar duro e expressão séria, Edgar foi o responsável pela criação do banco de digitais e investiu na investigação científica e criminal, transformando o desacreditado Federal Bureau of Investigation na importante organização policial que conhecemos hoje como o FBI.

Trailer do filme

J. Edgar

Diretor: Clint Eastwood

Elenco: Leonardo DiCaprio, Naomi Watts, Josh Lucas, Lea Thompson

País de origem: EUA

Ano de produção: 2011

Classificação: 12 anos