Guia da Semana

Guia da Semana

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) abre nesta quarta-feira, 17 de maio, a mostra "O Impressionismo e o Brasil" - uma verdadeira linha do tempo que apresenta ao público o curso do movimento impressionista no país. Com curadoria de Felipe Chaimovich e patrocínio do Bradesco, a exposição permanece em cartaz até o dia 27 de agosto, com visitação de terça a domingo, das 10h às 17h30. Os ingressos saem por R$ 6, sendo que aos sábados a entrada é gratuita.

Entre telas e gravuras, são cerca de 70 obras criadas entre o final dos anos 1860 e a década de 1930, incluindo documentos, objetos e três vídeos completando o teor didático da exposição - tudo acompanhado por uma linha do tempo que busca contextualizar a experiência visual com explicações e curiosidades.


Mostra fica em cartaz até 28/5 (Guia da Semana)

Das obras apresentadas, incluindo oito telas do francês Pierre-Auguste Renoir, há apenas trabalhos de artistas brasileiros, entre eles os irmãos Timotheo, o casal Albuquerque, D’Angelo Visconti e Antonio Parreiras. Há também um trabalho de Georg Grimm, pintor bávaro que chegou ao país no momento da explosão do movimento nas artes brasileiras.

SE LIGA!

"O Impressionismo e o Brasil" é um prato cheio para os entusiastas das artes plásticas e àqueles que procuram detalhes e curiosidades sobre o tema - incluindo também o público leigo. Em contrapartida, a mostra pode não agradar quem procura uma exposição interativa e munida de recursos audiovisuais.

SERVIÇO

O Impressionismo e o Brasil
Local: MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo)
Visitação: 17/5 a 27/8
Horários: Terça a domingo, 10h às 17h
Preço: R$ 6 (grátis aos sábados)

Por Redação Guia da Semana

Atualizado em 22 Mai 2017.