Guia da Semana
Exposição
Por Nathália Tourais

5 motivos para visitar a exposição SAL, do fotógrafo Ricardo Hantzschel

Além de fotografias incríveis, a mostra traz um espaço dedicado aos deficientes visuais.

Tomie Ohtake apresenta fotografias de Ricardo Hantzschel (Nathália Tourais)

A exposição SAL, do fotógrafo Ricardo Hantzschel, está simplesmente incrível. Trata-se de um de seus trabalhos mais recentes, em que retrata as visitas que fez, a partir de 2011, ao Parque Salineiro Fluminense, na região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro. 

Como o nome já diz, o foco da mostra é o sal, tanto do ponto de vista temático, quanto da perspectiva técnica. A equipe do Guia da Semana foi conferir a abertura da mostra e lista aqui 5 motivos pelos quais você não pode perdê-la!

1- O sal

O sal é uma substância significativa na história do homem. De caráter simbólico, ele aparece em diversas culturas em rituais de proteção e purificação; em outras, ele representa a incorruptibilidade ou até mesmo a amargura. De grande valor, quando raro já foi moeda de troca e salário dos soldados. Seu poder de conservar alimento é o mesmo que corrói o ferro e resseca a pele do salineiro, marcada pelo sol, pelo tempo e pelo vento.

2- Método de extração

O trabalho busca ressaltar aspectos estéticos da extração salineira e seus personagens, dando visibilidade a um modo de produção que se mantém inalterado desde o século XIX e que, segundo Hantzschel, tende a desaparecer lenta e silenciosamente, calando o arrastar metálico das pás, o gemer dos carrinhos de mão, o puxar dos rodos e o continuar dos cata-ventos.

3- Captação 

O olhar de Ricardo é absurdamente sensível. As fotografias expostas são em preto e branco e salientam a geometria das paisagens pontuadas por montes brancos, cataventos e homens com traços marcados pelo tempo. É um ensaio autoreflexivo em que o fotógrafo se insere na tradição das imagens documentais, fazendo-nos adentrar nesse universo e sentir a emoção de cada captação. 

4- Técnica 

As imagens foram feitas por diferentes tipos de câmeras, da pinhole à digital.

5- Espaço dedicado aos deficientes visuais

A exposição também conta com um espaço especial, dedicado aos deficientes visuais. Lá, eles têm acesso a textos em braile e também imagens em alto relevo. Detalhes que fazem a diferença.

 


Por Nathália Tourais

Atualizado em 8 Fev 2015.

Mais notícias

Com experiências imersivas e interativas, MIS Experience inaugura em São Paulo neste sábado (2)

Exposição

Saiba o que esperar da exposição "Hebe Eterna", no Farol Santander

Exposição

Saiba tudo sobre a exposição “Mickey 90 anos", em cartaz no Shopping JK Iguatemi

Exposição

Confira as exposições imperdíveis em São Paulo em 2019

Exposição

Saiba tudo sobre a exposição "Hitchcock: Bastidores do Suspense", que chega ao MIS nesta sexta-feira (13)

Exposição

7 exposições em cartaz em São Paulo para visitar nas férias de julho

Exposição