Guia da Semana
Filmes e séries
Por Gisele Navarro

As melhores séries de hospital

Confira os seriados que se passam entre clínicas e hospitais que ficaram marcados na história da TV.

E.R. (Divulgação)

O trabalho na medicina sempre fascinou o público e gerou muita curiosidade, o que é um prato cheio para a ficção. Filmes e séries que mostram a rotina de médicos e enfermeiros em hospitais quase sempre são garantia de audiência e estão presentes desde os primórdios da televisão, como a aclamada produção "Dr. Kildare", dos anos 60.

Compare: semelhanças entre Friends e How I Met Your Mother 
Séries com a temática GLBT
Saiba mais sobre os novos personagens de Game of Thrones

Confira algumas séries médicas de sucesso da última década:

E.R. 


Créditos: Divulgação

E.R. - ou Plantão Médico no Brasil - foi o seriado médico americano com mais tempo de duração. A primeira temporada foi ao ar em setembro de 1994, e a décima quinta - e última -, em abril de 2009. Inicialmente criado para ser um filme, dirigido por Steven Spielberg, foi interrompido quando o diretor se uniu a Michael Crichton na produção de Jurassic Park. Depois do sucesso do longa, os dois desenvolveram E.R. como série. 
O seriado focava nas emergências do County General Hospital, em Chicago, e tinha no elenco principal Anthony Edwards (Dr. Mark Greene), George Clooney (Dr. Doug Ross), Sherry Stringfield (Dr. Susan Lewis), Noah Wyle (John Carter) e Eriq La Salle (Dr. Peter Benton) e Julianna Margulies (a Dra. Carol Hathaway).

Grey’s Anatomy


Créditos: Divulgação

Criada em 2005, a série está renovada para a décima (e última) temporada. O enredo é focado na Dra. Grey (Ellen Pompeo) e nos residentes do hospital cirúrgico Seattle Grace, em Seattle, que tem um dos programas de residência em cirurgia médica mais rígidos dos Estados Unidos. A ação fica em torno das cirurgias e também nos corredores e salas de descanso.

Private Practice


Créditos: Divulgação

Spin-off de Grey’s Anatomy, criado em 2007, Private Practice mostra a rotina da Dra. Addison Montgomery, interpretada por Kate Walsh, que deixa o Seattle Grace Hospital para montar um consultório particular em Los Angeles. Com a diferença de ambiente, também são diferentes os casos mostrados no seriado. Há um aprofundamento maior na história de cada paciente, uma vez que não acontecem mais tantas cirurgias de emergência.

Dr. House


Créditos: Divulgação

Exibida de novembro de 2004 a maio de 2012, a série fez mais sucesso pelo temperamento do protagonista do que pelas práticas médicas mostradas. O Dr. Gregory House, interpretado pelo inglês Hugh Laurie, era um infectologista e nefrologista talentoso, mas que esbanjava mau humor, era viciado em remédios e não fazia a menor questão de interagir com os pacientes. Quanto à parte médica, o destaque ficava nos diagnósticos desvendados por House.

Saving Hope


Créditos: Divulgação

Erica Durance, que ganhou fama em Smalville, interpreta a médica Alex, noiva do chefe da ala de cirurgia do hospital, Charlie (Michael Shanks), que está em coma após um acidente de carro. Com a ajuda do recém-chegado Dr. Joel (Daniel Gillies, de Vampire Diaries), ela faz de tudo para salvar a vida do amado. Charlie, por sua vez, está numa espécie de experiência de quase-morte. O espírito dele fica vagando pelo hospital sem entender direito o que se passa.

Royal Pains


Créditos: Divulgação

A série, que estreou em 2009, mostra a história do Dr. Hank Lawson (Mark Feuerstein), que perdeu o emprego num hospital, após ser acusado injustamente de causar a morte de um paciente. Para reconstruir sua carreira, ele se muda para os Hamptons, onde se torna um médico particular para membros da elite. Insatisfeito com a situação, ele também atende os mais pobres em sua clínica, administrada pelo irmão, Evan R. Lawson (Paulo Constanzo).

Hart of Dixie


Créditos: Divulgação

Conhecida por interpretar Summer Roberts no seriado The O.C., Rachel Bilson aceitou um desafio em sua carreira ao interpretar a protagonista de Hart of Dixie, Dra. Zoe Hart. No enredo da série, ela é uma médica recém-formada de Nova York, que sonha em tornar-se cirurgiã cardíaca mas acaba aceitando emprego em uma clínica de cidade pequena. Lá, ela tem a possibilidade de uma maior interação com os pacientes.

Scrubs


Créditos: Divulgação

Exibida de 2001 a 2010, Scrubs se diferenciava pelo humor e pela forma leve de tratar temas sérios da medicina. Além disso, satirizava algumas figuras recorrentes no ambiente hospitalar. Na série, o Dr. J.D. Dorian (Zach Braff) narrava as suas experiências e as de seus colegas como residentes do hospital Sacred Heart, sempre de maneira bem humorada.


Por Gisele Navarro

Atualizado em 18 Out 2013.

Mais notícias

10 filmes infantis para ver em casa na Páscoa 2019

Filmes e séries

5 motivos para ver a série "Special", nova produção da Netflix

Filmes e séries

10 filmes incríveis que todo amante de música deveria ver

Filmes e séries

5 motivos para ver a série "Black Summer", da netflix

Filmes e séries

Netflix: 10 filmes para assistir depois de um dia cheio

Filmes e séries

10 perguntas que a oitava temporada de "Game of Thrones" precisa responder

Filmes e séries