Guia da Semana
Filmes e séries
Por Redação Guia da Semana

5 motivos para assistir à série 'Merlí'

Produção é um dos maiores acertos da Netflix e um convite para mergulhar no universo da filosofia.

Foto: Divulgação

Criada e escrita por Héctor Lozano e dirigida por Eduard Cortés, a série "Merlí" é uma daquelas que não passam despercebidas. Indo na contramão das produções de ação e suspense, faz uso da filosofia para dialogar sobre assuntos que rondam a educação e os mais diversos tipos de relações. 

Bem humorada e debruçada sob diálogos bem construídos, a produção é um convite para mergulhar no universo filosófico, ao mesmo tempo em que, com muita simplicidade, nos envolve com histórias incríveis e cotidianas - o que, inevitavelmente, nos instiga a pensar! 

O Guia da Semana reuniu 5 motivos pelos quais você precisa assistir à série Merlí. Confira:

 

ENREDO

Foto: Divulgação

Para quem ainda não conhece, a série fala sobre um professor de filosofia, chamado Merlí, que faz uso de métodos pouco ortodoxos para incentivar seus alunos a pensar livremente, incentivando-os a construir um pensamento crítico. Dividindo opiniões entre alunos, professores e família, a abordagem não convencional possibilita muitas reflexões interessantes não apenas a respeito da educação, mas também sobre a relação entre as pessoas e sobre nós mesmos. 
 

FILOSOFIA E REFERÊNCIAS 

Foto: Divulgação

Com referências ao clássico filme "Sociedade dos Poetas Mortos", a série é também uma porta de entrada ao mundo da filosofia. Com diferentes questões, cada episódio é dedicado a um período histórico da filosofia ou a um filósofo, como Sócrates, Aristóteles e Nietzche - o que, de forma genial, puxa o fio condutor dos acontecimentos. 
 

CONSTRUÇÃO E DESCONSTRUÇÃO

Foto: Divulgação 

Um dos aspectos mais interessantes da série é o fato dela fazer uso de situações cotidianas - e, talvez, até um pouco clichês - e usar justamente essa questão para desconstruir estereótipos, julgamentos e expectativas pré-estabelecidas para ir além do que estamos acostumados a enxergar, nos provocando a: filosofar! 

Assim, conflitos como a descoberta da sexualidade, bullying, desentendimentos com familiares e muitos outros ganham um espaço de fala e de escuta sob uma perspectiva que não limita, mas derruba barreiras, fazendo uma desconstrução reflexiva. 

 


Atualizado em 1 Jan 2019.

Mais notícias

8 séries que abordam o mundo corporativo e que podem (ou não) te inspirar no trabalho

Filmes e séries

5 motivos para ver a série Sintonia, da Netflix

Filmes e séries

10 ótimas séries que se passam no espaço

Filmes e séries

15 séries com mulheres fortes que você precisa assistir o quanto antes

Filmes e séries

Motivos para assistir à série "Supermães", na Netflix

Filmes e séries

Dia dos Pais: 10 séries da Netflix para assistir com seu pai

Filmes e séries