Guia da Semana
Filmes e séries
Por Luísa Venter

Os piores spin-offs de seriados de TV

Relembre as séries derivadas que foram verdadeiros fracassos de audiência.

"Joey" foi uma tentativa fracassada de aproveitar o sucesso de Friends (Divulgação)

Época de fim de grandes séries é época de começar a especular sobre possíveis séries derivadas. Breaking Bead, How I Met Your Mother e outras já estão prometendo novas atrações, mas qual é a possibilidade de isso dar errado? Enorme! Duvida? Então relembre alguns spin-offs desastrosos da história da televisão.

+ O que vai deixar saudades em How I Met Your Mother
+ Spin-off sobre personagem de Breaking Bad estreia em 2014
+ Os melhores mashups dos Simpsons

Friends era demais, uma das maiores comédias da TV, e, depois de nove anos de sucesso, ninguém queria se despedir. Mesmo assim, Joey foi um fracasso. Até séries que tiveram vários derivados de sucesso, como a policial Law & Order, tiveram seus desastres. Law & Order: Trial by Jury é um exemplo de aposta que deu errado.

Relembre alguns dos maiores fracassos e saiba quais foram os piores spin-offs de seriados de TV na lista do Guia da Semana:

Joey (Friends)

Nada da audiência nem da fama de Friends para Matt LeBlanc em sua série própria, Joey. A NBC tentou emplacar um programa novo, que acompanhava o personagem - já conhecido do público - tentando conquistar Hollywood. Mas a aposta do canal, que começou com 18 milhões de telespectadores terminou com míseros 4 milhões. Foram duas temporadas, de 2004 a 2005, que se mostraram um verdadeiro fracasso.

Law & Order: Trial by Jury (Law & Order)

Nem séries conhecidas por originarem bons programas, como Law & Order, escapam de estreias fracassadas. Entre as derivadas da série policial estão Law & Order: Criminal Intent, que durou dez temporadas e Law & Order: Special Victims Unit, que está há 15 anos no ar. Mas com Law & Order: Trial by Jury o sucesso não foi o mesmo. Exibida de 2005 a 2006, a série não emplacou, sendo tirada do ar rapidamente.

Baywatch Nights (Baywatch / SOS Malibu)

Não há quem esqueça dos closes nos seios fartos de Pamela Anderson em SOS Malibu, ou da bela Carmen Electra, mas parece que a versão noturna da série cheia de corpos bronzeados e musculosos não chama tanto a atenção. Baywatch Nights contava a história do Sargento Garne Ellerbee, que deixa seu trabalho como policial para formar uma agência de detetives. Com a audiência baixa, os produtores resolveram mudar o formato e partiram para a ficção científica, mas também não deu certo. Há quem diga que a série inspirou a criação de Arquivo X.

The Lone Gunmen (Arquivo X)

Falando em Arquivo X, a tentativa de aproveitar o sucesso da série de ficção científica também foi desastrosa. Cancelada depois de 12 episódios, a atração chamada de The Lone Gunmen, ou Os Pistoleiros Solitários, girava em torno das aventuras do trio de nerds John Fitzgerald Byers (Bruce Harwood), Richard Langly (Dean Haglund) e Melvin Frohike (Tom Braidwood). Alguns personagens de Arquivo X fizeram participações especiais para alavancar a audiência, mas nada adiantou.

Once Upon a Time in Wonderland (Once Upon a Time)

Entre os novos fracassos está a versão de Alice no País das Maravilhas da série de fantasia Once Upon a Time. Lançada em 2013, a primeira temporada teve treze episódios e o cancelamento é quase certo. Entre as reclamações dos fãs de OUAT estão a mistura de Alladin com os dois livros de Lewis Carroll e os efeitos especiais, que deixaram muito a desejar.

Models Inc. (Melrose Place)

O glamour do grupo de jovens de Melrose Place foi uma verdadeira sensação nos anos 90, mas a tentativa da Fox de entrar nessa onda com Models Inc. foi um desastre. Exibida de 1994 a 1995, a série que focava em uma agência de modelos de Los Angeles não teve conteúdo suficiente pra emplacar.

Time of Your Life (Party of Five)

Outra série que resolveu focar em uma personagem de um programa de sucesso foi Time of Your Life, derivada de Party of Five. Sarah Reeves, interpretada por Jennifer Love Hewitt, deixa a família Salinger para procurar sua mãe biológica em Nova Iorque, mas a trama não dá certo. A atração foi ao ar na Fox, de 1999 a 2000, e lançou a atriz Jennifer Garner.

Ravenswood (Pretty Little Liars)

Não que a série teen Pretty Little Liars seja uma obra prima, mas o spin-off dela foi realmente rejeitado pelo público jovem. Cancelado em sua primeira temporada, o seriado contava a história da da cidade vizinha de Rosewood, Ravenswood, que sofria de uma terrível maldição. Com apenas dez episódios, a ABC Family desistiu do mistério que não intrigou ninguém.


Por Luísa Venter

Atualizado em 2 Mar 2014.

Mais notícias

5 motivos para ver a série "Alto Mar", da Netflix

Filmes e séries

5 motivos para ver a série "Easy", comédia da Netflix

Filmes e séries

Netflix: 10 séries batidas que realmente valem a pena

Filmes e séries

5 motivos para ver "The Society", nova série da Netflix

Filmes e séries

7 séries de fantasia para aguardar ansioso depois do fim de "Game of Thrones"

Filmes e séries

10 sequências curtas para assistir na Netflix

Filmes e séries