Guia da Semana
Filmes e séries
Por Gisele Navarro

Séries inesquecíveis dos anos 80

Alfie, Magenum e Armação Ilimitada: Relembre clássicos que marcaram a década.

Armação Ilimitada (Reprodução)

Depois da contestação e da liberdade conquistada nos anos 70, os anos 80 foram marcados pelo consumo, pela tecnologia e pelos excessos na moda e na música.

Veja quais celebridades nerds passaram por The Big Bang Theory
Já reparou nas semelhanças entre Friends e How I Met Your Mother ?

A televisão refletiu essas tendências, com novos formatos para os seriados, foco no consumidor jovem e temas loucamente criativos, como um carro que fala, uma garotinha andróide ou um extraterrestre peludo. 

Relembre séries que marcaram os anos 80:

Armação Ilimitada


 
Muito antes dos adolescentes bem comportados de Malhação, a Globo ofereceu uma linguagem ousada e inovadora para o público jovem, com Armação Ilimitada. A série, com estética de videoclipe, era narrada por uma DJ (Nara Gil) e mostrava, sem preconceitos, um triângulo amoroso bem liberal, vivido por uma jornalista hipster (antes mesmo desta palavra estar na moda) e dois amigos ligados em esportes radicais. Zelda Scott (Andréa Beltrão), Juba (Kadu Moliterno) e Lula (André de Biase) marcaram uma geração e deixaram saudades. O seriado teve diversas reapresentações na emissora e recentemente foi exibido pelo Canal Viva. 

Anjos da Lei


 
Na série, policiais se passavam por estudantes do Ensino Médio, para investigar os jovens e tentar evitar que se tornassem adultos criminosos no futuro. A história foi baseada em um projeto verdadeiro realizado pela polícia dos Estados Unidos. No entanto, o fato mais importante é que este seriado revelou Johnny Depp para o mundo. Só por isso já merece virar um clássico, não é? 

Super Vicky


 
Com o sucesso do filme Blade Runner, os andróides ficaram na moda durante os anos 80. A série Super Vicky refletiu essa tendência com uma menina robô (Tiffany Brissette) de habilidades incríveis, criada como filha por uma típica família de classe média. Por ter um comportamento diferente, Vicky chama a atenção da vizinhança e se envolve em várias situações engraçadas envolvendo o pai, Ted (Dick Christie), a mãe, Joan (Maria Pennington), e o irmão, Jamie (Jerry Supiran).

ALF, o ETeimoso


 
ALF (Paul Fusco, dublado no Brasil por Orlando Drummond) tem seu planeta destruído e segue um sinal de rádio amador para a Terra, onde vai parar na casa da família Tanner. Lá, ele se esconde de vizinhos intrometidos e da Alien Task Force, um grupo do exército americano que caça extraterrestres. Apesar de ter se destacado pelas piadas, ALF também abordou temas como o preconceito, a solidão e a Guerra Fria. Ele sempre estava preocupado com a ameaça nuclear e temia que o planeta tivesse o mesmo destino que o seu. 

Profissão Perigo


 
Por conta da série Profissão Perigo, MacGyver (Richard Dean Anderson) é até hoje sinônimo de quem adora uma gambiarra. Afinal, o ex-agente secreto das forças especiais americanas consegue construir bombas com chiclete, desarmar mísseis com cadarço de tênis, entre outras soluções bizarras.

Punky, A Levada da Breca

 

Abandonada pelos pais, Punky (Soleil Moonfrye) invadiu um apartamento vazio com seu cachorro, Pinky, e foi encontrada pelo fotógrafo Arthur (Henry Warnimont), que passou a cuidar dela como se fosse sua filha. Descolada, a menina fez sucesso entre as crianças com seu figurino colorido e as brincadeiras que fazia com os amigos Cátia (Cherry Johnson), Anderson (Allen Anderson), e Margot (Margaux Kramer).


Magnum

 

Magnum é um veterano da Guerra do Vietnã que se desligou da Marinha dos EUA para tornar-se investigador particular. Ao mesmo tempo em que se mostra um pouco traumatizado, ele também aproveita bastante as praias do Havaí e seus flertes com belas mulheres. O personagem fez de Tom Selleck um símbolo sexual da época, e anos mais tarde o ator chegou a participar da série Friends, como Richard, o namorado mais velho e sexy de Monica (Courteney Cox).


Super Máquina

 

Com a febre por tecnologia nos anos 80, Super Máquina chamou a atenção ao apresentar um carro inteligente, que é como um personagem da série. Michael Knight (David Hasselhoff) luta contra o crime e tem o veículo como seu principal parceiro.


Jaspion

 

A série japonesa, exibida no Brasil pela extinta TV Manchete, fez tanto sucesso que abriu portas para que muitas outras produções nipônicas, como Changeman, Jiraya e Flashman, também fossem adoradas por aqui. Jaspion (Hikaru Kurosaki) usa vários apetrechos tecnológicos e uma nave que vira robô gigante para lutar contra o maligno Satan Goss, do Império dos Monstros. 

Por Gisele Navarro

Atualizado em 18 Jul 2013.

Mais notícias

10 filmes infantis para ver em casa na Páscoa 2019

Filmes e séries

5 motivos para ver a série "Special", nova produção da Netflix

Filmes e séries

10 filmes incríveis que todo amante de música deveria ver

Filmes e séries

5 motivos para ver a série "Black Summer", da netflix

Filmes e séries

Netflix: 10 filmes para assistir depois de um dia cheio

Filmes e séries

10 perguntas que a oitava temporada de "Game of Thrones" precisa responder

Filmes e séries