Guia da Semana

Guia da Semana

Não sou o maior fã de animes, mas confesso que Demon Slayer me chamou muito a atenção. Assisti a todos os episódios e ao filme e fiquei encantado com a qualidade e a beleza presentes na narrativa de Tanjiro Kamado e seus amigos. Ao saber do jogo, Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles, fiquei imaginando o que eu poderia esperar. Lançado pela SEGA e desenvolvido pela CyberConnect2 para PlayStation 5, PlayStation 4, Xbox Series X|S, Xbox One e PC, via Steam, o título trouxe ao PC e consoles toda a narrativa presente no anime, contando de forma episódica e muito bem detalhada toda a história observada nos 26 episódios criados por Koyoharu Gotōge.

Mas, como um novato nos jogos baseados em animes, fiquei me perguntando em como tal ideia se daria. Se a jogabilidade seria cheia de detalhes, como outros jogos, como a narrativa seria contada, enfim… em como seria a experiência. Nesta análise, contarei todos os detalhes da saga de Tanjiro, Nezuko e companhia!

A história é muito fiel ao anime

Em Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles, seguimos a narrativa do herói Tanjiro Kamado, um bondoso jovem de uma pequena vila, que vive a vida vendendo carvão. Tal como no início do anime, ele descobre que sua família foi massacrada por um demônio, Muzan Kibutsuji. Porém, apenas sua irmã, Nezuko Kamado é transformada em demônio, sendo a única a “sobreviver” ao ataque. Desta forma, a saga do herói se inicia, quando ele decide se tornar um matador de demônios, com o objetivo de fazer sua irmã voltar a ser humana, além, claro de se vingar do demônio que matou todos os seus familiares.

Como dito na introdução, a narrativa é colocada para os jogadores de forma episódica, nos fazendo voltar aos acontecimentos do anime, algo que pode ser muito útil para quem não assistiu nenhum episódio. No entanto, acho improvável que quem não conheça a criação de Koyoharu Gotōge vá jogar o jogo. De toda forma, poder revisitar a história, além de fazer algumas missões extras é uma forma bem interessante de lembrar detalhes importantes.

Demon Slayer
As batalhas do jogo reproduzem cada detalhe do anime. (Imagem: Reprodução)

A jogabilidade

A jogabilidade de Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles conta com dois momentos: o de exploração, onde você poderá andar por mapas limitados a cada episódio, conhecendo mais detalhes através de diálogos que, infelizmente, não são legendados para o português. Este aspecto é interessante, pois nos leva a explorar os cenários, saindo daquela velha fórmula de pura pancadaria vigente em alguns outros jogos. Nessas incursões, você lutará com alguns demônios mais fracos, algo que será útil para aprender a dominar melhor a jogabilidade com Tanjiro, Nezuko e outros personagens.

Já na luta, parte que achava que seria extremamente difícil, tive uma surpresa: ela é bastante simplificada, não contando com tantos detalhes. Tudo isso é introduzido, ao menos no modo História, com um tutorial que se inicia justamente no treinamento vivido por Tanjiro no próprio anime, o que é um baita ponto positivo, nos colocando no controle do interessante protagonista. Aliás, Tanjiro é um personagem incrível, assim como Zenitsu Agatsuma, Inosuke Hashibira e todos os outros que vão sendo gradativamente apresentados.

Demon Slayer
Em diversos momentos temos que explorar os cenários. (Imagem: Reprodução)

Ainda sobre os combates, a sensação que temos é muito próxima do que observamos no anime. Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles consegue criar uma imersão bem interessante nesse aspecto, reencenando as várias lutas dos personagens, com a dificuldade gradualmente aumentada em cada novo desafio. Aliás, em cada luta, você terá um parceiro, que poderá auxiliar com ataques e até mesmo trocar de lugar com o personagem que tiver iniciado a luta. Nos primeiros episódios, podemos lutar com Tanjiro e Nezuko, que se complementam em diferentes estilos de luta.

Porém, nessa simplicidade das lutas, senti uma repetição em golpes e sistema de exploração, algo que pode se tornar meio entediante para alguns jogadores. O destaque das lutas principais fica por conta das finalizações, que automaticamente aparecem para o jogador no formato de combinações de botões em quick time event, que servem para melhorar a pontuação de cada episódio. Mas ainda acho que faltou uma maior variedade de golpes e ações. De toda forma, é inegável a fidelidade de Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles ao anime, o que nos faz ignorar, pelo menos um pouco, esse aspecto de repetição.

Demon Slayer
As animações de luta em Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles são incríveis! (Imagem: Reprodução)

Além disso, vale ressaltar que há um modo multiplayer que nos permite jogar com personagens que são liberados ao longo da aventura, sendo mais uma forma de criar um cenário competitivo entre amigos. Particularmente, achei a história muito mais interessante e divertida, sendo este o modo em que mais me entreguei durante a jogatina.

Gráficos e sons

Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles traz animações maravilhosas, tais como as do anime, sendo um jogo extremamente fiel ao que assistimos. Os gráficos desenhados em 3D são maravilhosos e todos os efeitos de ataque, personagens e outros detalhes são ricamente precisos. É um jogo lindo aos olhos dos jogadores. Caso seja um fã, assim como eu, a experiência se torna ainda melhor. A dublagem pode ser ouvida em inglês, mas é em japonês que a experiência fica extremamente divertida, sendo idêntica ao que ouvimos no anime, rendendo boas risadas ao ver Zenitsu surtar de medo.

Aliás, não há como não comparar Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles ao anime. Afinal de contas, o jogo é baseado nele, tornando-se assim o melhor parâmetro a se ter. No meu caso, como não sou conhecedor de jogos de anime, tal como Dragon Ball Z: Kakarot ou os jogos da franquia Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm, desenvolvidos pela mesma empresa, tive de me ater ao conteúdo assistido.

Demon Slayer
As cutscenes de Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles são muito iguais ao anime, mas com gráficos do próprio jogo. (Imagem: Reprodução)

Vale a pena comprar Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles?

Para os fãs do anime, Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles é uma excelente pedida, mesmo com suas repetições. É um jogo bem construído, pensado exatamente em quem gosta da obra de Koyoharu Gotōge. A adaptação é extremamente fiel e isso é um ponto que cativa demais, mesmo com a simplicidade de sua construção. Para jogadores novos, pode ser uma ótima forma de conhecer o anime e seus personagens, que contam com os mesmos traços cômicos. Ouso a dizer que o jogo é uma forma diferente de assistir o anime, mas nos colocando no meio da ação, seja pela exploração dos territórios ou pelas memoráveis lutas ocorridas.

Concluindo, Demon Slayer -Kimetsu no Yaiba- The Hinokami Chronicles é um divertido jogo de luta que pode ser um complemento para os fãs ou até mesmo uma porta de entrada para jogadores que, assim como eu, não são lá muito chegados a animes. Porém, um ponto importante de ser ressaltado – e que pode afastar os jogadores – é o preço do game: R$ 299,00 em todas as suas versões. Embora seja o preço padrão de muitos jogos atuais, ainda é alto e não condiz com a realidade brasileira. Porém, se entrar em promoção, vá sem medo!

*Review elaborada em um PC equipado com GeForce RTX com código fornecido pela SEGA.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Álvaro Saluan, Pizza Fria

Atualizado em 23 Out 2021.