Guia da Semana
Jogos
Por Filipe "Bdama" Villela, Pizza Fria

Disaster Report 4: Summer Memories | Review

Disaster Report 4: Summer Memories é o quarto título de uma série de jogos sobre desastres naturais. O jogo de.

Disaster Report 4: Summer Memories é o quarto título de uma série de jogos sobre desastres naturais. O jogo de ação e aventura, que originalmente seria desenvolvido para o PlayStation 3, pela Irem, teve sua produção interrompida em 2011, devido a um terremoto de magnitude 9,1 em Tōhoku.

No entanto, em 2014, a Granzella, empresa fundada pelos ex-membros da Irem Kujou Kazumae e Takeshi Nagura, retomou a produção e, finalmente, o jogo foi lançado no Japão em 2018, para o PlayStation 4. Por fim, quase dois anos depois, em abril deste ano, o game foi lançado mundialmente pela NIS America.

Mas será que mesmo com toda essa demora, valeu a pena esperar? Esse é apenas um dos assuntos que abordaremos em mais um review do Pizza Fria!

Trailer da gameplay

Em um piscar de olhos, tudo desaba

Disaster Report 4: Summer Memories se passa em uma cidade fictícia chamada Hisui, no ano de 201X. É verão e estamos em um belo dia normal de julho. Visitamos a cidade, aparentemente para uma entrevista de emprego. Mas, de repente, os celulares no ônibus começam a tocar. É um alerta meteorológico avisando que um grande terremoto está prestes a ocorrer.

Nos agarramos com força à barra de apoio e num piscar de olhos, o mundo começa a tremer. Acordamos atordoados nos escombros, saímos de dentro daquele grande veículo de metal amassado e nos vemos bem no epicentro de uma crise caótica. Agora cabe a você, superar toda essa calamidade e sobreviver a esse e a outros desastres que ainda estão por vir.

Disaster Report 4 - Summer Memories
O alerta informando o que está prestes a acontecer (Imagem: Reprodução)

Uma vida feita de escolhas

Disaster Report 4 é um jogo de escolhas. Um game que nos testa quase o tempo todo e nos faz pensar em como seríamos diante de toda aquela situação calamitosa. Podemos, por exemplo, dedurar um homem em fuga ou passar informações erradas ao seu perseguidor, ajudar em uma loja de conveniências ou roubar o dinheiro do caixa, ajudar de bom agrado uma professora que perdeu suas alunas ou ter segundas intenções em ajudá-la.

São essas algumas das mais diversas escolhas que teremos de fazer durante a jornada. Ser uma pessoa boa e ajudar aqueles que precisam, ou pensar em si mesmo, ser egoísta, mas sobreviver àquela crise desesperadora.

Disaster Report 4 - Summer Memories
Ajudo o rapaz da loja e guardo o dinheiro? Ou pego e guardo no meu bolso? (Imagem: Reprodução)

A mecânica de Disaster Report 4

Muitas das escolhas não alteram diretamente a progressão da história, entretanto, realizar boas ações te garante pontos de moralidade, já ações ruins, geram imoralidade. Existem pontos importantes marcados com S, esses são os lugares onde é possível relaxar para abaixar seu nível de stress ou salvar seu progresso.

Quanto maior o nível de stress, menor fica sua barra de energia máxima, normalmente temos 100 pontos de vida, se nosso stress sobe para 45, nossa vida máxima passa a ser 55, por exemplo. Além do nível de stress, nosso personagem possui necessidades, ele sente sede e precisa beber líquido, fome e precisa comer e precisa ir ao banheiro para se aliviar quando está apertado.

Disaster Report 4 - Summer Memories
Os talheres em baixo da vida significam fome e a gota, que estamos com sede (Imagem: Reprodução)

Durante diversos momentos do jogo, desastres acontecem. E, nessas horas, é melhor procurar um lugar seguro, se abaixar ou correr, dependendo da situação. O jogo não te alerta sobre o que fazer e deixa isso a cargo do jogador.

Entendendo a jogabilidade

O game possui suporte ao PlayStation VR e apertar L1 durante a gameplay alterna a câmera entre primeira ou terceira pessoa. R1 é o botão para correr, L2 abre o mapa, X é o botão de realizar ações, O de cancelar. Quadrado faz o personagem se abaixar para se proteger e triângulo o personagem grita para chamar atenção das pessoas.

Com o botão Options, abre-se o Menu, apresentando o dia em que estamos com a hora e a localização, nível de stress, vida e dinheiro atual, além dos submenus:

  • Item que mostra os itens como bandagens, roupa, kit de primeiros socorros e bússola, por exemplo;
  • Status com informações básicas do personagem;
  • Peolple onde mostra as pessoas que encontramos durante a história;
  • Map para visualizar o mapa;
  • Options para mudar as configurações do jogo;
  • E por fim Exit para voltar ao jogo.
Disaster Report 4 - Summer Memories
Foto do menu (Imagem: Reprodução)

Em Disaster Report 4: Summer Memories o seu progresso depende de exploração, e aqui não temos nenhuma seta nem nada indicando onde ir. Você precisa vasculhar cada canto da cidade procurando por itens ou eventos que liberem novas áreas a serem exploradas. A maioria dos NPCs interage com você, o que é legal, pois te passa um pouco do que eles estão sentindo. São pais de família que não conseguiram voltar para casa, famílias recém desabrigadas, pessoas exaustas e com fome sem perspectiva de uma solução para seus próprio problemas.

Por outro lado, em certas situações para liberar um evento e avançar no jogo, é necessário falar com NPCs específicos e como é possível interagir com a maioria deles e o jogo não específica onde você deve ir, a tarefa se torna complicada e por isso a progressão se torna lenta e cansativa.

Disaster Report 4 - Summer Memories
Uma cidade colapsada por um terremoto devastador (Imagem: Divulgação)

Áudio e visual em Disaster

Disaster Report 4 não possui gráficos bonitos. Seus gráficos ficaram ultrapassados e as texturas lembram jogos da geração passada, além disso, em muitos lugares o jogo fica lento e a câmera confusa, dificultando a experiência de jogo. A câmera em terceira pessoa é lenta e o jogo não te da opção de calibrar. Em lugares muito fechados, ela fica confusa e atrapalha muito a progressão.

Apesar disso, game conta com suporte ao PSVR, e um bom nível de detalhamento nos cenários, com diversos NPCs, prédios em chamas, escombros no chão, cacos de vidro espalhados e diversos outros detalhes da destruição.

Prédio em chamas
Pessoas na rua observando um prédio em chamas (Imagem: Divulgação)

As poucas músicas que tem, algumas até cantadas em japonês, são boas. Já, os efeitos sonoros variam de bem elaborados, ampliando a sensação de desespero e destruição do cenário caótico, a outros que são ruins, como os próprios passos do personagem por exemplo. O dublagem original japonesa foi mantida e o jogo possui legendas em inglês.

Vale a pena comprar Disaster Report 4: Summer Memories?

Indo direto ao ponto, a preço cheio, não. É um jogo diferente, que nos leva a pensar sobre nossas próprias ações. Nos transmite sensações como medo, solidão e desespero, mas que poderia ter sido trabalhado com mecânicas e texturas mais atualizadas.

Recomendo o jogo pelo fato de que alguns personagens possuem uma trama interessante e os cenários serem extensos, cheios de vida e com muitos locais a serem explorados. Porém, a preço cheio, com a falta de legendas em português e problemas com a câmera, fica complicado gastar R$ 249,90 nele.

Disaster Report 4: Summer Memories está disponível para PlayStation 4, Nintendo Switch e PC, via Steam.

*Review elaborada no PlayStation 4 Padrão, com código fornecido pela NIS America.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Filipe "Bdama" Villela, Pizza Fria

Atualizado em 20 Jun 2020.

Mais notícias

The Dark Pictures Anthology: Little Hope chega em outubro

Jogos

10 jogos de samurai para jogar antes de Ghost of Tsushima

Jogos

eFootball PES 2020 anuncia o evento UEFA EURO 2020 Matchday

Jogos

Xbox Games Showcase será no dia 23 de julho

Jogos

F1 2020 | Review

Jogos

Horizon Zero Dawn será lançado para PC em 7 de agosto

Jogos