Guia da Semana
Jogos
Por Filipe "Bdama" Villela, Pizza Fria

Infinite – Beyond The Mind | Review

Infinite – Beyond The Mind é um jogo de plataformas 2D, com um estilo chibi e em pixel art, cuja.

Infinite – Beyond The Mind é um jogo de plataformas 2D, com um estilo chibi e em pixel art, cuja proposta é simples: ande pelos campos de batalha enquanto elimine exércitos da rainha má em uma grande variedade de ambientes. Esquive-se das balas e retalhe seus inimigos, não perca tempo, vá e salve sua irmã.

Mas como será que essa história funciona? A resposta nós trazemos agora, em mais uma análise antecipada do Pizza Fria!

A história de um elo de poder

Infinite – Beyond The Mind se passa no ano 20xx, quando duas jovens compartilham uma ligação especial: Tanya e Olga. Este vínculo extraordinário foi a fonte de um poder incrível usado para o bem maior mundo afora.

Enquanto elas cresciam, seus poderes ficavam muito mais fortes até que, um dia, elas chamaram a atenção de um território militar: o reino de Beljantaur. A chefe de governo desse reino era uma monarca ávida pelo poder: a rainha Evangelyn Bramann.

Infinite - Beyond The Mind
A Rainha Evangelyn Bramann, Olga e Tanya na tela inicial do game (Imagem: Reprodução)

Para começar a dominação mundial, era preciso remover alguns obstáculos. As duas garotas se tornaram adversárias formidáveis para o exército de Vossa Majestade, por isso, ela decidiu sequestrar uma delas pois separadas, seu elo e seus poderes estariam enfraquecidos.

E é assim, que nossa história tem início, com uma das garotas partindo em busca da outra, para acabar com os planos da Rainha.

O charme em pixel art de Infinite – Beyond The Mind

O jogo possui uma grande riqueza de detalhes e vastos cenários diferenciados. São 16 áreas no total com cerca de três estágios em cada área. Todas elas são bastante variadas e vão de prédios, a trilhos de trem, florestas, bases militares e até mesmo cenários no espaço.

Existe também uma grande variedade de inimigos, alguns deles chegando em motocicletas, ou ondas inimigas saindo de caminhões, tanques de guerra, veículos blindados, helicópteros, caças, inimigos camuflados na selva ou na neve, tudo isso ao estilo chibi muito bem construído e detalhado em pixel art.

Infinite - Beyond The Mind
Não se esqueça de aprender os comandos no tutorial (Imagem: Reprodução)

A trilha sonora impecável em chiptune, foi um maravilhoso trabalho da empresa Defense Mechanism, que se encaixara perfeitamente ao ritmo frenético das matanças no jogo.

Gameplay de plataforma! Ou não

A história para ambas é a mesma, assim como as duas personagens possuem as mesmas habilidades, o que muda é que ao escolher Tanya, sua irmã mais nova Olga é raptada. E ao escolher Olga, sua irmã mais velha Tanya é a irmã sequestrada.

Tela de seleção de personagem
Após escolhida podemos escolher entre as dificuldades fácil, médio ou experiente (Imagem: Reprodução)

Ao iniciar as fases que são vistas em progressão lateral, avançamos e enfrentamos com nossas espadas e torretas encontrados nas fases, hordas de inimigos armados, camuflados, encapuzados e alguns blindados.

Temos uma barra de vida e uma para o vigor, além de dois apoios que podem ser solicitados para ceifar os inimigos na tela. Além disso, corremos contra o tempo, já que um relógio no canto superior a direita da tela mostra o tempo em que estamos na fase.

Durante a progressão, nossa heroína desenvolve novos poderes, como um salto duplo rasante, que desfere um ataque poderoso, mas que consome seu vigor.

Infinite - Beyond The Mind
Tanya adquirindo novas habilidades (Imagem: Reprodução)

O estilo do jogo se alterna em algumas fases. Apesar de ser um jogo de plataforma, ele possui fases ao estilo shoot ’em up, dando uma quebra na repetição do pular, matar e avançar e deixando o jogo mais agradável à longas jogatinas.

Infinite Beyond The Mind possui também, um divertido modo cooperativo local onde as duas garotas partem juntas para acabar com os planos da tirana maligna.

Fase shoot 'em up
Fase ao estilo shoot ’em up fazendo uma mudança na jogatina (Imagem: Reprodução)

Vale a pena comprar Infinite – Beyond The Mind?

Infinite – Beyond The Mind cumpre aquilo que promete. Não é longo, mas é frenético, bonito e divertido, com três finais diferentes e modo cooperativo local. Então, sim. Sem dúvidas o game vale o seu investimento. Aumente o som da sua TV e prepare-se para esmagar os botões do seu controle.

Além disso, a desenvolvedora Emilie COYO se preocupou e teve o carinho de localizar todo o jogo para o português, ou seja, podemos conferir toda a aventura de Tanya e Olga em nosso idioma natal.

Infinite – Beyond The Mind tem o lançamento agendado para esta quinta, 7, com versões para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC, via Steam.

*Review elaborada no PS4 padrão, com código fornecido pela Blowfish Studios.

Pizza Fria

Reviews, notícias e tudo sobre o mundo dos games

Por Filipe "Bdama" Villela, Pizza Fria

Atualizado em 6 Mai 2020.

Mais notícias

Xbox Game Pass para PC deixa o beta e é lançado no Brasil

Jogos

Cyberpunk 2077 ganha novos vídeos e requisitos mínimos

Jogos

Nintendo Switch é lançado oficialmente no Brasil por R$2.999,00

Jogos

Confira o resumo da Nintendo Direct de setembro de 2020!

Jogos

Prime Gaming de setembro libera Rocket Arena grátis

Jogos

Watch Dogs 2 e Stick It To The Man! grátis na Epic Games Store

Jogos
Guia da Semana Premium
Nosso conteúdo na melhor forma!

Aproveite o Guia da Semana de forma mais rápida, sem banners ou publicidade digital!