Guia da Semana
Literatura
Por Nathália Tourais

10 livros para quem gosta de cinema

Saiba quais obras não podem faltar na sua prateleira.

10 livros que todo mundo que ama cinema tem que ler (Fotolia )

O cinema é, sem dúvida, uma arte extremamente poderosa. Fonte de entretenimento, é capaz de educar, doutrinar e também nos fazer refletir. Mais do que isso, inseriu-se no nosso dia a dia de forma tão avassaladora que hoje é praticamente impossível viver sem suas influências.

Entretanto, nós, mortais, não nos apaixonamos apenas pelas cenas e histórias apresentadas. Afinal, muitos outros fatores envolvem o cinema. Por isso, se você ama e deseja aprender mais sobre a sétima arte, alguns livros não podem faltar na sua biblioteca. Confira:

1- TUDO SOBRE CINEMA

Organizado cronologicamente e escrito por uma experiente equipe de críticos especializados, este é um guia instigante sobre a história do cinema, incrementado com análises aprofundadas das obras-primas e ilustrado com imagens de cenas inesquecíveis.

 

 

 

 

 

 

 


 

2-  O CLUBE DO FILME

Eram tempos difíceis para David Gilmour: sem trabalho fixo, com o dinheiro curto e o filho de 15 anos colecionando reprovações em todas as matérias do ensino médio. Diante da desorientação e da infelicidade desse filho-problema, o pai faz uma oferta fora dos padrões: o garoto poderia sair da escola - e ficar sem trabalhar e sem pagar aluguel - desde que assistisse semanalmente a três filmes escolhidos pelo pai. Com essa aposta diferente na recuperação e na formação de um rapaz que está 'perdido', formaram o clube do filme. Semana a semana, lado a lado, pai e filho viam e discutiam o melhor (e, ocasionalmente, o pior) do cinema.

 

 

 

 

 

3- CONVERSAS COM KUBRICK

Este livro reúne as famosas entrevistas de Kubrick realizadas por Michel Ciment, informações sobre os profissionais que trabalharam com o diretor, como roteiristas, diretores de arte, montadores, etc., além de making of, fotos de cena e filmografia completa. Com prefácio do cineasta Martin Scorsese, trata-se de uma leitura obrigatória para cinéfilos e amantes da obra desse artista genial.

 

 

 

 

 

 
 

4- HITCHCOCK

A presente obra, é um documento único da história do cinema. Uma aula fundamental, dada pelo cineasta de cabeceira de Trufaut. O diretor inglês ainda resgata sucessos e fracassos, os scripts abandonados, as seqüências irrealizadas, e às vezes deixa de escapar comentários sobre sua vida íntima, tão bem guardada.

 

 

 

 

 

 
 

 

5- O PRAZER DOS OLHOS - ESCRITOS SOBRE CINEMA

Esse livro reúne diversos artigos e ensaios de Truffaut, em que analisa não só a sua própria experiência profissional como também o trabalho de roteiristas. O talento e a fecundidade que demonstra nas telas estão também presentes nessas páginas, fundamentais para todos os amantes da sétima arte.

 

 

 

 

 

 

 

 

6- AS PRINCIPAIS TEORIAS DO CINEMA

Este livro se destina a qualquer pessoa que tenha um interesse sério na arte cinematográfica. É ao mesmo tempo uma história das teorias do cinema e uma introdução à obra dos mais importantes e influentes autores que se dedicaram a esse assunto. O autor coloca frente a frente as idéias desses teóricos, forçando-os a se expressar sobre questões comuns à arte fílmica e, dessa forma, fazendo-os revelar as bases de seu pensamento. Compara a tradição formativa com a do realismo, para ilustrar o desenvolvimento de ambas as teorias.

 

 

 

 

 

7- O SENTIDO DO FILME

Essa coletânea de artigos escritos por Eisenstein durante a Segunda Guerra Mundial e publicados em 1942 faz um balanço de sua atividade até então, examinando o passado e projetando-se para o futuro da montagem cinematográfica. Procurando demonstrar que a montagem é uma propriedade orgânica de todas as artes, O Sentido do Filme investiga a relação entre palavra e imagem; a sincronização dos sentidos; as cores e seus significados; e a correspondência entre forma e conteúdo. O volume traz ainda uma filmografia do cineasta, sugestões de leitura e índice remissivo.

 

 

 

 
 

 

8- AFINAL, QUEM FAZ OS FILMES

Em dezesseis entrevistas inéditas, este livro revela não apenas as incríveis anedotas dos bastidores de Hollywood, mas o próprio nascimento e a glória do cinema, pela voz de dezesseis grandes mestres e criadores. Provavelmente por ser um dos diretores mais representativos da renovação do cinema americano nos anos 70, Peter Bogdanovich, soube tirar de cada um desses depoimentos a matéria-prima para um imenso mosaico, um painel que atravessa uma das epopéias mais espetaculares do século XX: os primeiros cem anos do cinema, desde os primórdios do filme mudo até os dias de hoje, concentrando-se no auge dos estúdios de Hollywood. Nesses encontros com pioneiros como Allan Dwan e Raoul Walsh, célebres imigrantes europeus como Fritz Lang, Josef von Sternberg e Alfred Hitchcock, inovadores dos filmes B como Edgar Ulmer e Joseph Lewis, clássicos como Howard Hawks e George Cukor, mestres da comédia como Leo McCarey e Frank Tashlin e até um gênio do desenho animado como Chuck Jones, Bogdanovich amplifica as memórias de alguns dos maiores nomes do cinema de todos os tempos, refazendo a história da arte e da indústria através dos olhos e das experiências de seus protagonistas.

9- FILME

Ao saber que o diretor John Huston preparava a adaptação para o cinema do romance clássico da literatura norte-americana 'O Emblema Rubro da Coragem', de Stephen Crane, Lillian Ross acompanha todas as fases da realização do filme. Ross foi para Hollywood e, na tentativa de descobrir como realmente funcionava a indústria cinematográfica, seguiu, durante quase dois anos, os passos da equipe de 'A Glória de um Covarde' (título brasileiro da obra de Huston), desde a confecção do roteiro até o lançamento em Nova York. O resultado deste extraordinário trabalho - a primeira reportagem escrita em forma de romance - está em 'Filme', que resume em uma única palavra múltiplos significados (quadro, retrato, imagem, descrição, filme). Esta economia marca o estilo de Lillian Ross, que se concentra no substantivo e essencial, jamais emite uma opinião e deixa que os fatos e as falas sejam eloqüentes por si mesmos.

 
 

10- HISTÓRIA DO CINEMA - DOS CLÁSSICOS MUDOS AO CINEMA MODERNO

Do cinema mudo, passando pela engenhosidade do cinema sonoro, até as incríveis inovações da era digital, Mark Cousins apresenta um panorama completo e acessível da história do cinema mundial. Nela são desveladas as técnicas, aspirações e invenções de cada época, em diferentes países e por diversos cineastas que sonharam, imaginaram e trabalharam para que sua mensagem e sua estética fossem transmitidas a um público cada vez mais admirado pela sétima arte e pela rica história que ela comporta. 

 

 

 


Por Nathália Tourais

Atualizado em 23 Mar 2015.

Mais notícias

10 clubes de leitura em São Paulo para participar se você ama livros

Literatura

7 aplicativos perfeitos para amantes de leitura

Literatura

Santos recebe a maior livraria flutuante do mundo em agosto; saiba mais!

Literatura

7 livros que inspiraram ótimas séries e valem a leitura

Literatura

10 livros em quadrinhos que você precisa ler se gosta do formato

Literatura

5 clubes de assinatura de livros para você experimentar

Literatura