Guia da Semana
Literatura
Por Nathália Tourais

5 livros que você tem que ler antes de casar

Autores trazem dicas e conselhos para a vida a dois.

Apesar de não ter fórmula mágica, alguns livros podem ajudar

O casamento é um momento muito especial para os noivos. Entretanto, é também motivo de ansiedade, dúvidas, medos e preocupações. Afinal, como será dividir a vida com alguém, morar na mesma casa, compartilhar o amor e também os conflitos? Como lidar com as diferenças, com os problemas e as dificuldades sem que isso afete o bom relacionamento? De que forma ser um casal saudável a longo prazo?

Pensando em todas essas dúvidas, o Guia da Semana listou alguns livros que todo casal deve ler antes do grande dia. É claro que não existe receita de bolo e que cada casal se adapta de uma forma, mas, neles você encontrará conselhos de como desenvolver um relacionamento amoroso, solidário, benéfico para ambos, e também poderá entender mais sobre a expectativa em relação ao amor, romance, perdão, realização sexual, planejamento familiar e muito mais. Confira:

1- O que não me contaram sobre o casamento, mas que você precisa saber

Quando um casal prepara seu casamento, pensa na decoração, em quem vai realizar a cerimônia, nas músicas e músicos, no vestido da noiva, na igreja e no local da festa e em todos os outros detalhes que envolvem essa grande data. Entretanto, para o casamento em si não há preparo algum. O resultado é um aumento assustador no índice de divórcios, especialmente nos primeiros anos de união. Gary Chapman está certo de que é possível reverter esse quadro e preparar os casais para o que vão enfrentar após o "sim". Para ele, trabalhar em equipe e com intimidade é fundamental para o sucesso da relação.


2- Casamento quase perfeito

Um dos maiores tesouros que você pode encontrar na vida é uma relação de amor repleta de cumplicidade. No entanto, às vezes parece muito difícil construir esse relacionamento perfeito. Quando você se apaixona, fica completamente encantado pela outra pessoa. Porém, com o passar do tempo, características não tão agradáveis suas e de seu parceiro começam a se revelar, gerando desgastes e frustração.

O que muitas pessoas esquecem é que o casamento perfeito - ou melhor, o casamento quase perfeito - pode existir, sim. Para isso, basta que as duas partes envolvidas estejam dispostas a contribuir para o crescimento da relação. Em Casamento quase perfeito, Stephanie Dowrick compartilha com os leitores algumas de suas mais preciosas reflexões sobre a vida a dois.


3- Os segredos dos casais inteligentes

Com um texto claro e acessível, "Os segredos dos casais inteligentes" vai transformar a maneira como você e seu companheiro lidam com o dinheiro e planejam as finanças, independentemente de qual seja a renda familiar. Consagrado autor de Casais inteligentes enriquecem juntos, Gustavo Cerbasi apresenta neste novo livro as melhores estratégias para garantir um futuro próspero sem comprometer a qualidade de vida no presente. Com dicas práticas e exemplos baseados em casos reais, ele aborda temas como aposentadoria, planos de investimento, orçamento mensal e, em especial, a necessidade de separar parte da renda para emergências e parte para o lazer e o bem-estar.


4- Casais inteligentes enriquecem juntos

Uma das maiores causas de brigas entre os casais são as dificuldades financeiras. Se falta dinheiro para pagar as contas, a culpa recai sobre o parceiro esbanjador, que não quer nem saber se tem saldo no banco na hora de fazer uma compra. Se sobra dinheiro no fim do mês, em vez de comemorar, o casal pode se desentender sobre como investir ou gastar aquela quantia.

De acordo com o consultor Gustavo Cerbasi, a raiz do problema está na falta de conversa sobre dinheiro. Em geral, só se fala sobre o assunto quando a bomba já estourou. E por não discutir a questão a dois, a maioria acaba deixando de fazer um orçamento realista, de guardar dinheiro para atingir suas metas e de se planejar para manter um bom padrão de vida no futuro.



5- As regras de ouro dos casais saudáveis

A relação desinteligente é instável, enquanto a relação saudável tem estabilidade. Na relação desinteligente, um é perito em reclamar do outro enquanto, na relação saudável, os dois são especialistas em agradecer. Na relação desinteligente, os atores são individualistas e, na relação saudável, um procura fazer o outro feliz. Na relação doente se cobra muito e se elogia pouco, na relação saudável se doa muito e se cobra pouco. Que tipo de casal você forma - saudável ou doente, inteligente ou desinteligente?

Compreender minimamente a complexidade da mente humana; saber que ninguém muda ninguém, que temos o poder de piorar os outros, não de mudá-los; saber que estratégias erradas, como cobrar demais, aumentar o tom de voz, dar sermões, criticar em excesso, ter ciúmes, chantagear e fazer comparações que levam à falência dos romances são alguns dos temas que Augusto Cury nos traz.


Por Nathália Tourais

Atualizado em 3 Nov 2015.

Mais notícias

10 biografias imperdíveis para ler (ou reler) na quarentena

Literatura

10 livros de suspense para ler em 2020

Literatura

10 livros nacionais recentes para ler em 2020

Literatura

6 romances recentes para ler em 2020

Literatura

10 clubes de leitura em São Paulo para participar se você ama livros

Literatura

7 aplicativos perfeitos para amantes de leitura

Literatura