Guia da Semana
Literatura
Por Nathália Tourais

8 livros da literatura marginal que você precisa conhecer

Conheça o gênero e saiba quais obra são indispensáveis.

8 livros da literatura marginal que você precisa ler (Schutterstock)

Para quem ainda não conhece, a Literatura Marginal nasceu em 1970 e consiste na exposição de ideias e pensamentos através do meio literário - até então dominado, em grande parte, pela elite brasileira - de escritores que moram nas periferias das grandes metrópoles. 

Assim, pela escrita, autores que estiveram (e estão) à margem da sociedade nos mostram seus pontos de vista, pensamentos e os mais diversos sentimentos que rondam seu dia a dia, além da bruta discrepância racial e social que sofrem ou já sofreram. 

Entre os temas recorrentes, estão a violência, carência de bens e equipamentos culturais, precariedade da infraestrutura urbana, relações de trabalho e muitos outros. O Guia da Semana listou 8 obras indispensáveis do gênero que você precisa conhecer. Confira:

O COLECIONADOR DE PEDRAS 

Sérgio Vaz é poeta, e, como poeta, sabe ser simples. Como simples, sabe tecer o coletivo. Como coletivo, sabe ser nós. E como nós, faz-nos grandes ao seu lado. 'No meio de uma terra devastada pela canalhice plantada a tantos anos, alguém quer semear a poesia e certamente colherá incompreensão. Os pensamentos vadios do poeta se disseminam quando vê que subindo a ladeira mora a noite, e na margem do vento numa rua de terra ele lê a poesia dos deuses inferiores. Se outros poetas pedem silêncio, ele pede mais barulho. Se outros escritores pedem paz, ele quer guerra'.

 

 

 

 

CAPÃO PECADO

Rael é honesto, gosta de ler e faz planos para melhorar de vida por meio do trabalho. Seus melhores amigos não são assim tão 'certinhos' - alguns usam drogas, outros roubam motos, outros matam por dinheiro. O que eles têm em comum? A miséria em que vivem, a juventude, a vontade de se divertir e a revolta contra tudo que torna a vida deles ainda mais difícil - a truculência dos policiais que interrompem festas na base da porrada, o assassinato de parentes e colegas pelos motivos mais tolos, a eterna rixa entre os 'playbas' e o pessoal da comunidade. Ainda bem que para amenizar o sofrimento existe o sexo e o amor, como o que Rael sente por Paula. Mas no Capão todos sabem que pegar a mulher do próximo é a pior traição que se pode cometer, e Paula é namorada de Matcherros, amigo de Rael.

 

 

 

 

DA CABULA

Filomena da Cabula não agüenta mais ser empregada doméstica e passar humilhação. O patrão desdenhava de sua vontade de aprender a ler e escrever. Por isso, ela pede as contas e segue seu desejo - ter um canto pra morar e um negocinho só seu. Uma barraca para vender quinquilharias, a condução lotada e demorada e seu quarto-e-cozinha. Essa é a vida nova de dona Filó, que é movida pelo sonho de aprender a ler e escrever. Nos sonhos, ela realiza seu desejo visceral e a urgência de fazer poesia e criar uma história. Na escrita, constrói outra história para si e para seus familiares. Para Filomena, só lhe resta a liberdade vivida nessa redação imaginária, que pontua seu cotidiano. Dona Filomena da Cabula, mulher negra do povo, dona do sonho e do direito de aprender, é a protagonista desta peça teatral de Allan da Rosa.

 

 

 

GRADUADO EM MARGINALIDADE

'Graduado em Marginalidade de Sacolinha' no qual o protagonista perde sucessivamente pai, mãe e amigos para o crime e a corrupção policial. Ele se recusa a sucumbir ao rancor, até o momento no qual uma passagem pela prisão desencadeia uma ira que põe fogo nessa trama intercalada por cenas laterais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OS RICOS TAMBÉM MORREM

A linguagem ágil, próxima a do rap, transforma-se em literatura. Os “causos” urbanos do cotidiano rude das cidades compõem em "Os Ricos Também Morrem" um mosaico do Brasil real. Para os fãs da verve ácida, direta e reta desse autor reconhecido em todo o mundo, este livro dá o recado: as injustiças e a desesperança moram ao lado e não do outro lado do Atlântico.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEUS FOI ALMOÇAR

Calixto é um homem comum, mas como tantos cidadãos ele acorda cedo para fazer parte do labirinto da vida cotidiana. À noite, volta pra casa onde encontra sua mulher e sua filinha, nada mais normal. Mas não é isso que está neste livro. Sem que ele queira, tudo começa a não fazer mais sentido. Calixto parece não saber como reagir, se é que quer fazer isso. Suas tentativas logo se mostram infelizes e sua conformação incomoda, embora ele tenha a sua frente um portal para mudar tudo. Neste romance psicológico, Ferréz impressiona o leitor ao perguntar se vamos querer de fato uma mudança.

 

 

 

 

 

 

 

 

LITERATURA, PÃO E POESIA

Sérgio Vaz é um poeta autodidata da geração surgida nos anos 2000 que criou a Cooperifa - Coopertiva Cultural da Periferia. 'Literatura, Pão e Poesia' reúne poemas e crônicas onde o autor retrata e relata, à sua maneira, a vida do povo feliz, e guerreiro, da periferia das grandes cidades. Fala também de assuntos do cotidiano como o novo acordo ortográfico e sobre coisas do coração - seu time preferido, sua primeira cartilha, sua paixão por cinema, etc.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

85 LETRAS E UM DISPARO

Os personagens de Sacolinha vivem em um mundo particular, sem aberturas, sem esperanças, sem horizontes. Vivem imersos na violência, de tal modo que a violência perdeu o sentido. O que é viver, amar? Como vêem o mundo, como se relacionam, que chances têm, com o que sonham? Muitas vezes são vazios. O desespero é muitas vezes tranqüilo, sem exaltações. Veja o crescendo do conto Yakissoba, em que o escritor tenta vender seus livrinhos e nada consegue, é só recusas, recusas, e a aceitação, como se aqueles não fossem normais. Essa gente da periferia vive o mundo do não, do não constante, o não perene, o não que segue grudado na pele, no coração. 

 

 

 

 

 

 

 

 


Por Nathália Tourais

Atualizado em 28 Set 2016.

Mais notícias

10 clubes de leitura em São Paulo para participar se você ama livros

Literatura

7 aplicativos perfeitos para amantes de leitura

Literatura

Santos recebe a maior livraria flutuante do mundo em agosto; saiba mais!

Literatura

7 livros que inspiraram ótimas séries e valem a leitura

Literatura

10 livros em quadrinhos que você precisa ler se gosta do formato

Literatura

5 clubes de assinatura de livros para você experimentar

Literatura