Guia da Semana
Música
Por Adriano Bertin

Baladas Com Música Ao Vivo

Casa noturnas deixam cabine de DJs em segundo plano e embalam público com atrações nos palcos.

Decoração singular e jogo de luzes colaboram para criação do clima intimista na Casa de Francisca (Divulgação / Site oficial)

Nem só de música eletrônica vivem as casas noturnas espalhadas pela cidade de São Paulo. Visando valorizar o som extraído de guitarras, baterias e violões, diversos espaços da capital já seguem a tendência de concentrar nos palcos a atração principal da noite. Pensando nisso, o Guia da Semana preparou um roteiro com bares e baladas, cuja proposta comum é entreter o público com música ao vivo de qualidade, no melhor clima intimista. Confira:

Café Piu-Piu

A casa, situada no coração do bairro do Bixiga, orgulha-se por oferecer programação musical em todos os dias da semana, com exceção da segunda-feira. O caráter eclético do espaço é comprovado pelas performances de bandas alternativas, adeptas do rock, pop e clássicos do blues.

Grazie a Dio

Posicionado em uma parede lateral, o palco é o principal atrativo do espaço. Apesar de chamar atenção pelos drinques e petiscos presentes no cardápio, a estrutura própria para shows intimistas se mantém como destaque. Do jazz ao samba, a seleção musical agrada aos mais diversos gostos.

Bom Motivo

Em um clima caracterizado pela simplicidade, somado a um cenário típico de botequim, a casa recebe, de quarta a domingo, um time de músicos especialistas quando o assunto é MPB. Sempre munidos de seus violões, os artistas interpretam canções do gênero que marcaram época.

Na Mata Café

Doses de samba, pop e MPB são as sugestões do espaço para acompanhar as iguarias encontradas no cardápio. O repertório eclético, oferecido durante todo o mês, de terça a domingo, colabora para a fácil aceitação do ambiente, que por sua vez, é decorado tendo como objetivo central a imagem do artista convidado.

Passatempo

Criada com o propósito de reunir os amantes da MPB, a casa de shows justifica a alcunha de grande point do gênero com sua programação periódica. Palco para artistas do peso de Ivan Lins, Toquinho e Ney Matogrosso, o espaço tem sempre um artista convidado entre as performances da sua banda residente.

Teta

Também conhecido como Teta Jazz Bar, o estabelecimento entrega em seu nome popular o gênero musical pelo qual ganhou fama na noite paulistana. A decoração simples, marcada por quadros na parede, trabalhada em madeira, convida o público a curtir a apresentação acústica de bossa nova, chorinho, soul e blues.

Casa de Francisca

O espaço mescla em sua estrutura os serviços de bar e casa de shows. Nele, amantes da MPB encontram clima propício para curtir uma noite regada aos clássicos interpretados por músicos e bandas convidados. Acordes de piano e guitarra não faltam na seleção musical.

Piove

Eventos regados aos mais variados gêneros musicais são encontrados na programação mensal da casa de shows. Sempre com uma banda ocupando o seu palco principal, o espaço oferece a performance dos conjuntos como atrativo substituto das tradicionais discotecagens.

Ó do Borogodó

Rodas de samba ocupam grande parte da programação musical oferecida pelo bar. O público que procura por performances acústicas logo no início da semana tem a oportunidade de conferir shows de Bossa Nova e MPB, de segunda a sexta-feira.

Tom Jazz

Apesar de ser reconhecido como importante casa de shows de São Paulo, o espaço não reserva sua programação exclusivamente para as grandes apresentações. A fachada semelhante a de um sobrado convida o público a curtir a simplicidade e riqueza dos shows de jazz, bossa nova e MPB.

Syndikat

De quarta a domingo, o bar abre passagem para intervenções artísticas e culturais dos mais variados estilos. Tratando-se de shows, ritmos como jazz, blues e tango tomam conta de toda a seleção musical. As mesas, posicionadas nas proximidades do palco, só colaboram para criação do clima intimista.

Bourbon

A decoração interna da casa lembra os clássicos clubes de jazz encontrados na cidade de New Orleans, nos Estados Unidos. Acomodado em mesas no térreo e no pavimento superior, o público tem vista privilegiada das performances periódicas de blues, soul, gafieira e o próprio jazz.


Por Adriano Bertin

Atualizado em 1 Dez 2011.

Mais notícias

9 discos lançados em outubro para ouvir o quanto antes

Música

Grammy Latino 2020: confira a lista dos indicados

Música

9 álbuns lançados em setembro de 2020 para ouvir o quanto antes

Música

Músicas que prometem bombar no verão 2021

Música

10 discos lançados em agosto de 2020 para ouvir o quanto antes

Música

10 duplas e grupos de rap para ouvir se você curte o gênero

Música
Guia da Semana Premium
Nosso conteúdo na melhor forma!

Aproveite o Guia da Semana de forma mais rápida, sem banners ou publicidade digital!