Guia da Semana
Música
Por Marina Marques

Shows de música eletrônica no Lollapalooza 2015

Confira quais atrações vão animar o público na tenda eletrônica do festival.

O produtor musical norte-americano Skrillex é uma das atrações do festival (Divulgação)

Lollapalooza Brasil 2015 já está chegando e, diferente dos outros anos, será realizado nos dias 28 e 29 de março, e não em abril, novamente no Autódromo de Interlagos.

O line-up do festival acabou surpreendendo muita gente - positiva e negativamente. O Lollapalooza 2015 recheou o evento com atrações de música eletrônica, deixando muita gente decepcionado, por não acreditar que essa é a proposta do festival.

O Guia da Semana listou as principais atrações de música eletrônica que vão rolar durante o Lolla. Se você já é fã do estilo, aproveite para ficar ainda mais por dentro dos nomes que irão aparecer por lá. Já, se você não ficou nada feliz com a quantidade de "tuntz tuntz", acredite em nós: as atrações estão demais! Confira abaixo um pouquinho de cada uma delas:

INTERNACIONAIS

Calvin Harris 

Antes de adotar o nome artístico que o tornou famoso, Adam Richard Wiles queria ser jogador de futebol e tinha como ídolo Steve Mcmanaman, ex-Liverpool, Real Madrid e Seleção Inglesa. Calvin Harris abraçou como poucos a música eletrônica e lançou seu primeiro álbum, "I Created Disco" em 2007. Com hits como "Vegas", "Acceptable in the 80s" e "The Girls", logo ultrapassou as 100.000 cópias vendidas e ganhou disco de ouro. Em março de 2014, Harris lançou "Summer", primeiro single do que viria a ser seu quarto álbum "Motion", que chegou às lojas no final de outubro do mesmo ano.

 

Skrillex

Sonny John Moore, mais conhecido como Skrillex , é um produtor musical americano de música eletrônica de gênero dubstep, cantor e compositor. Criado na região nordeste de Los Angeles e no norte da Califórnia, Moore integrou a banda de post-hardcore From First to Last como vocalista em 2004. Em 2009, lançou o EP "Gypsyhook", o primeiro solo. Lançou em 2010, gratuitamente no MySpace o EP "My Name Is Skrillex", com o seu novo nome. Depois lançou mais dois EPs, em Outubro de 2010 lançou "Scary Monsters and Nice Sprites" e em Junho de 2011 "More Monsters and Sprites". Em seu primeiro discurso no Grammy em 2012, com o iPhone na mão, rolando uma lista interminável, ficou claro que não está sozinho. Sempre tem sido um traço definidor do seu caráter esta aptidão em construir coisas com os outros.

 

Steve Aoki

Para Steve Aoki, o futuro não é apenas brilhante, mas cintilante, multicolorido e, acima de tudo, neon. Morador de Los Angeles, o produtor/DJ e figura de destaque na ainda crescente cena global de EDM, tem uma visão muito à frente do tempo, e está pronto para dividir esta manifestação otimista através de um novo álbum conceitual chamado Neon Future.

Major Lazer

Depois de lançar seu marcante LP Guns don't kill people... Lazers Do in, em 2009, a heróica dupla de produtores de Diplo e Switch encontrou-se a marchar corajosamente em direção ao final de quaisquer coisas, conquistando os principais marcos. De 2009 a 2011, a dupla fez várias turnês pelos EUA e ao redor do mundo, lotando shows e se apresentando em alguns dos principais festivais de música, incluindo Coachella, Pitchfork, Sasquatch, Outside Lands e Falls Music & Arts Festival. Em 2010, Major Lazer lançou Lazerproof, uma mixtape de download gratuito com a sensação pop La Roux, e Lazers Never Die, um EP com duas novas faixas e três remixes, incluindo um feito por Thom Yorke. 

The Chainsmokers

The Chainsmokers se tornou a dupla de Dj’s mais quente de EDM da América. Seus shows estão se tornando os mais assistidos. Suas personalidades hilárias e produções viciantes fazem os fãs interagirem com eles o tempo todo – e correr para vê-los ao vivo sempre que têm a oportunidade. O som deles tem influências de Indie, Progressivo e Música Pop. Suas músicas originais alcançaram o topo das listas da Beatport e eles são sempre #1 nas paradas da HypeM. Eles contam com grande apoio de amigos como Nicky Romero, Steve Aoki, Pete Tong, Afrojack, Tiesto, W&W e outros. Seu primeiro lançamento por uma grande gravadora, #SELFIE, e seu vídeo oficial, dominaram o mundo.

SBTRKT

SBTRKT (lê-se "subtract") é um projeto musical liderado por Aaron Jerome. SBTRKT remixou músicas de artistas como MIA, Radiohead, Modeselektor, Basement Jaxx, Mark Ronson e Underworld. Também lançou singles, EPs e um álbum auto-intitulado. A razão de Jerome usar um título para o projeto, em oposição ao seu próprio nome é o de apoiar o conceito de anonimato. Para apoiar ainda mais o anonimato de SBTRKT, o músico usa máscaras feitas pela Hidden Place.

Dillon Francis

Dillon Francis fez seu nome com remixes inovadores, domínio de produção, e vídeos de alto nível. Agora, o artista/produtor/remixador/DJ lançou seu aguardado álbum de estreia, Money Sucks, Friends Rule, pela Columbia Records. Reconhecido primeiramente por ajudar a trazer o movimento tribal dance "Moombahton" para a vanguarda, ele ampliou o alcance da dance music com numerosos, e até agora influentes, EP's. Mas era o efervescente álbum de estreia que o mundo pacientemente esperava. As faixas incluem “Get Low”, com DJ Snake, o hino “Love in the Middle of a Firefight”, com participação de Brendon Urie (do Panic! At The Disco), “When We Were Young”, com Sultan + Ned Shepard VS Chain Gang of 1974, “We Make It Bounce”, com Major Lazer & Stylo G, “Set Me Free”, ao lado do produtor/DJ Martin Garrix, e a corajosa e alucinante “All That”, com Twista & The Rejectz.

Big Gigantic

Big Gigantic, cuja mistura de batidas alucinantes, baixo estrondoso e frenéticas melodias estabeleceu uma sequência radical desde a sua formação, em 2008, levou o seu som para uma outra dimensão com o lançamento de Noctural, em 2011, que solidificou Big Gigantic como um dos grupos mais importantes no mundo da música eletrônica, dance e hip-hop. Com um som provocante, reflexivo e ao mesmo tempo dançante, Big faz melodias com batidas viciantes, que não soariam fora do tom como um single de Kanye West ou LCD Soundsystem. Nenhum gênero está fora dos limites para Big Gigantic, que explora diferentes sons, desde o funk ao dubstep, do house ao hip-hop.

NACIONAIS

Fatnotronic 

Um integrante do Bonde do Rolê com Killer On The Dancefloor?!?! Gorky e Phillip A. formam assim o FATNOTRONIC: um duo de DJs e produtores que não se prende a rótulos, passeando por todos os estilos e vertentes, criando uma explosão de grooves, ritmos e mashups provenientes da feliz somatória de quem já rodou o mundo com suas outras bandas, se apresentando em festivais como o Coachella, Rock In Rio, Lollapalooza, Sónar e outros. Atualmente o Duo lançou o seu mais novo E.P. pelo selo Chit Chat Records de Los Angeles.

E-cologyk vs Jakko

Produtor Musical e Dj Carioca de 17 anos que, apesar da pouca idade, vem chamando a atenção dos maiores nomes da cena mundial da música eletrônica. Seu primeiro grande lançamento saiu em janeiro de 2014 pela renomada gravadora Holandesa "Big & Dirty", que já lançou nomes como: Hardwell, Dada Life, Nicky Romero, Fedde le Grand, entre muitos outros. A faixa chamada "Ready for This" foi feita em parceria com Marcelo Cic, que é hoje um dos Djs mais bem estabelecidos da cena Nacional. O sucesso da faixa foi tão grande que levou Nicky Romero a toca-la em seu Radio Show e obteve grande apoio de nomes como Hardwell, Tiesto, entre outros.

E-Cologyk é Paulo Henrique Castro, paulista, graduado em produção de música eletrônica e DJ desde a adolescência. Com sua dedicação, inversamente proporcional à sua idade, começou mais cedo do que poderia imaginar. Figura entre as novas revelações de importantes selos internacionais, como a BugEyed Records, que já assinou com artistas como Deadmau5, Zedd, Lazy Rich e Felguk.

Dj Anna 

Anna vem se firmando com inquestionável consistência dentre os grandes expoentes da música eletrônica mundial. Lançadas por selos como Turbo Recordings e Toolroom das lendas Tiga e Mark Knight, respectivamente, suas produções têm frequentemente alcançado posições de destaque em charts de vendas e dos maiores djs da cena da música eletrônica.

Vintage Culture

20 anos de idade. O produtor brasileiro Lukas Ruiz tem se dedicado a criar uma marca única de Nu-Disco que se concentra em misturar o synth-pop retrô com o novo Deep House. Lukas cresceu ouvindo bandas como Depeche Mode e Kraftwerk e encontrou inspiração na música dos anos 80 e 90. Assim nasceu o Vintage Culture, que logo obteve reconhecimento de artistas como Kolombo, Amine Edge & Dance, Danny Daze, Thomaz Krauze, Gabe, Adriatique e muito mais.




Por Marina Marques

Atualizado em 30 Mar 2015.

Mais notícias

Músicas que prometem bombar no Carnaval 2019

Música

10 músicas que prometem bombar no verão 2019

Música

Saiba como assistir ao Grammy Latino 2018 ao vivo

Música

Divulgados os indicados ao Grammy Latino 2018; confira!

Música

As melhores músicas de 2018... até agora

Música

12 músicas que falam sobre comida (e que você precisa adicionar na sua playlist)

Música