Guia da Semana

16 bartenders que influenciaram a cultura de drinks no mundo

Quer saber de onde vem os drinks que você toma todo final de semana na balada?.

A gente chega no balcão de um bar e pede um drink, mas nem imagina como ele foi parar ali. No máximo, vemos o barman usar os ingredientes mais conhecidos em uma alquimia especial sem nunca questionar a origem dessas bebidas deliciosas e suas histórias.

+ Conheça 5 drinks que podem te derrubar
+ 10 bares curiosos ao redor do mundo

Pra você ter uma ideia, o primeiro livro sobre drinks foi lançado há mais de 100 anos, mais precisamente em 1862, por um cara chamado Jerry Thomas, o mesmo cara que era considerado por sua habilidades em misturar bebidas flamejantes.

Fizemos uma lista para você entender um pouco mais sobre os drinks que você anda bebendo por aí. Senta que lá vem história:

Jerry Thomas

Foi Thomas publicou o primeiro livro sobre drinks, “The Bar-Tender’s Guide”. O livro foi lançado em 1862 e há mais de 100 anos vem influenciando a profissão no mundo inteiro. O impacto de Jerry é atemporal, ele é considerado o pai da mixologia e era muito famoso por sua habilidades em misturar bebidas flamejantes.

Kazuo Uyeda

Começou atrás dos bares em 1960 e se tornou um dos bartenders mais respeitados do mundo. Kazuo já ganhou vários concursos de coquetéis e também é autor de vários livros. Ele é responsavel por levar as técnicas de bartending japonesas pelo mundo, uma delas é o “hard shake”, método utilizado pela nova geração de bartenders.

Ada Coleman

No inicio do século 20, Coleman comandava o American Bar, no Hotel Savoy, em Londres, e foi uma das primeiras mulheres a ser reconhecida como bartender. Além de fazer drinks pros famosos da época, ela também foi a mentora de Harry Craddock, o bartender mais famoso entre 1920 e 1930.

Harry Craddock

O norte-americano Harry Craddock deixou os EUA depois da Lei Seca implantada no país. Ele acabou indo parar no American Bar, no Hotel Savoy, em Londres. onde popularizou o Dry Martini e publicou o “The Savoy Cockail Book”, em 1930. O livro é uma referência para quem gosta de misturar drinks clássicos.

Patrick Gavin Duffy

O bartender já serviu drinks para famosos como Mark Twain, Oscar Wilde e JP Morgan, e sua vasta experiência por trás dos bares lhe rendeu os livros “The Official Mixer’s Manual” e “The Standard Bartender Guide”.

David Embury

Por incrível que pareça, David Embry não era nem bartender e nem jornalista, mas ele foi o primeiro conhecedor de drinks que publicou um livro sobre o tema. “The Fine Art of Mixing Drinks” foi publicado em 1948 e é considerado o primeiro guia de coquetel para amadores e profissionais.

Hugo Ensslin

O alemão escreveu um livro de receitas de drinks em 1917 e foi o último livro a ser publicado nos EUA antes da Lei Seca entrar em vigor. Foi a primeira vez que alguém incluiu a receita do coquetel Aviation em um livro. O Drink leva gin, licor marrasquino, suco de lima da pérsia e creme de violeta. Ensslin é considerado um grande influenciador de Harry Craddock e Patrick Gavin Duffy.

Tony Abou- Ganim

Começou sua carreira bartending em 1980 e, três décadas depois, influenciou uma galera. O cara tem um império de bartending, que vai desde uma linha especial para bartenders, aparições na televisão e o The Modern Mixologist .

Harry Johnson

Harry publicou “Bartenders’ Manual” antes do século 20. Até hoje ele é reeditado e qualquer bartender que se preze já deu uma olhada neste livro para alguma orientação ou aperfeiçoamento de seus drinks. Foi o primeiro livro que ensinou como ser um barman e como fazer um coquetel. Suas teorias se aplicam até hoje.

Donn Praia

Donn Praia é o criador do coquetel Zombie, sabe aquele drink engraçadão com um guarda-chuvinha pendurado? Esse mesmo. Donn foi o primeiro cara que abriu um restaurante estilo polinésio, com drinks extravagantes e comida típica da região.

Victor Bergeron

Em 1937, Victor transformou seu bar Hinky Dinks no Trader Vic, um restaurante super conhecido na Califórnia. Foi de lá que saiu o Mai Tai, famoso drink que leva rum, curaçau e xarope de amêndoas. Além de ser autor de váriosdrinks, Bergeron abriu mais de 20 restaurantes em todo o mundo.

Jeff Berry

Autor de cinco livros sobre a cultura de coquetéis da polinésia e expert em desenterrar receitas de drinks que seguem essa estética. Atualmente, viaja pelo mundo contando histórias e fazendo workshops de bebidas tropicais. Ele ajudou a inspirar essa geração que aprecias drinks da cultura tiki.

Salvatore Calabrese

Ele é considerado um maestro das bebidas por seus colegas e é o barman mais premiado da Inglaterra. Salvatore já publicou 10 livros sobre coquetéis e sua primeira publicação, “Classic Cocktails”, vendeu cerca de um milhão de cópias.

Dale DeGroff

Dizem que ele é o "Rei Coquetel". Em meados dos anos 80, DeGroff ganhou uma sequência de premiações enquanto comandava o New York City’s Rainbow Room. Dale era defensor de coquetéis clássicos que levavam ingredientes frescos. Durante sua carreira ele desenvolveu inúmeras receitas de coquetéis e inspirou centenas de bartenders ao redor do mundo. Atualmente, Dale é o presidente e fundador do Museum of the American Cocktail.

Ray Foley

Era ex-fuzileiro naval e bartender, Ray Foley lançou a Bartender Magazine há mais de trinta anos e por um bom tempo foi uma das poucas revistas dedicadas ao barman. Ray já escreveu vários livros e fundou “The Bartenders’ Foundation”, uma organização sem fins lucrativos que arrecada grana pros barmans e suas famílias.

Robert Hess

Robert é especialista em coquetéis, um dos fundadores do Museum of the American Cocktail e também do The Society Chantecler, um site que especializado procurado por entusiastas de coquetéis do mundo inteiro. Ah! Hess também é autor do livro The Essential Bartender’s , apresentador do programa The Cocktail Spirit e evangelista tecnológico na Microsoft. Mil e uma utilidades!

 

 

 

Atualizado em 13 Jan 2014.

Por Juliana Andrade
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Band volta a exibir a novela "Mil e Uma Noites" nesta quarta-feira (19)

Trama estreia às 20h20 logo após o "Jornal da Band"

Festas e shows agitam o Rio de Janeiro durante as Olimpíadas 2016; confira programação

Veja opções incríveis - gratuitas e pagas - para se divertir durante os Jogos

Festas de Réveillon 2017 no Brasil

Confira as melhores festas de ano novo que acontecem pelo país

Onde curtir um jazz no Rio de Janeiro

Um roteiro por atrações imperdíveis pela Cidade Maravilhosa

Festas Juninas no Rio de Janeiro em 2016

Fique por dentro dos 'arraiás' que acontecem na Cidade Maravilhosa

Virada Cultural confirma segunda edição do concurso "Rainha da Virada"

Evento acontece dia 21 de maio e terá a presença de Yara Sofia, participante do RuPaul’s Drag Race