Guia da Semana

Guia da Semana

No episódio desta terça-feira, 23, do MasterChef Brasil, os competidores enfrentaram mais uma vez a Caixa Misteriosa, que revelou um ingrediente nada tradicional - um ouriço do mar vivo.

Em 45 minutos, os cozinheiros tiveram de preparar um prato (entrada ou principal) usando a iguaria como protagonista. Apesar das dificuldades, Deborah, Victor e Walter destacaram-se por "captar a ideia da prova", segundo Henrique Fogaça, e seguiram direto para o mezanino.


Divulgação / Band

Antes da prova eliminatória, mais um masterchef teve a chance de se salvar - para isso, foi preciso empratar, em 10 minutos, ingredientes já preparados, disponíveis em suas bancadas. Quem levou a melhor foi Aderlize, que apresentou o prato com o melhor visual, de acordo com avaliação dos jurados.


Divulgação / Band

Por fim, o último desafio da noite - adaptar três drinks (Bloody Mary, CMT e caipirinha de limão) para pratos padrão "MasterChef", ou seja, transformar líquido em sólido, como definiu Ana Paula Padrão. Os destaques positivos da prova foram Ana Luiza, Yuko e Michele, enquanto Nayane e Taise foram as que menos agradaram os jurados, ambas com receitas inspiradas no Bloody Mary.


Divulgação / Band

Pela terceira vez entre os piores da noite, Nayane não escapou desta vez. "É um prato sem coerência. É muito difícil você vender em restaurante um cogumelo com molho de Bloody Mary. Está extremamente amargo. E alguma coisa queimou", destacou Paola Carosella antes da eliminação da advogada.

Por Redação Guia da Semana

Atualizado em 24 Mai 2017.