Guia da Semana
Restaurantes
Por Marina Marques

10 motivos para conhecer a burger joint, nova hamburgueria de SP

Casa nova-iorquina conta com ambiente descolado e menu enxuto.

O menu enxuto da casa conta com apenas quatro opções de lanches (Thays Bittar/Divulgação)

Inaugurada em março deste ano em São Paulo, a hamburgueria nova-iorquina burger joint tem lotado a calçada da rua Bela Cintra, no bairro Jardins. Sua unidade original já foi eleita doze vezes como o melhor hambúrguer de Nova York e a versão brasileira segue fórmula idêntica à casa-mãe, localizada em Manhattan.

Para descobrir o motivo de tanto alarde, o Guia da Semana foi conferir se os lanches da casa realmente valem a visita. Separamos 10 motivos para conhecer a burger joint, confira!

Clima de sinta-se em casa

A portinha é tão discreta que pode passar despercebida. Quando você entrar, vai sentir o clima nova-iorquino da casa. O ambiente de madeira e a iluminação já dão aquela sensação descontraída e aconchegante. E não espere ser atendido por um hostess, vá direto ao balcão e faça seu pedido. A ideia é se sentir em casa mesmo. Pegue seu pedido, escolha sua mesa, devore seu hambúrguer, jogue a sujeira no lixo e pronto.

Foto: Emerson Lima/Divulgação

Sem frescuras

Para Steven Pipes, fundador da marca, comer o lanche sem sujar as mãos é um pecado. “O jeito correto de provar um bom hambúrguer é sem guardanapo ou papel de embalagem. Às vezes, você simplesmente tem que se sujar”, explica. Se ele disse, está falado! Aliás, bem difícil não se lambuzar todo com o “The Works” (lanche que leva todos os ingredientes disponíveis).

Cardápio enxuto

A casa se especializou em fazer poucas e boas opções. O menu enxuto conta com apenas quatro opções de lanches: Hambúrguer (R$ 23), Cheeseburguer (R$ 25), Duplo hambúrguer (R$ 35) e o Duplo cheeseburguer (R$ 39). A batata frita custa R$ 8 e o refrigerante R$ 5.

Hambúrguer versátil

Depois de escolher entre hambúrguer, cheeseburguer e duplo, você vai incrementando os ingredientes, todos já inclusos no valor. Quem quiser, pode facilitar o trabalho e pedir o “The Works”, que leva todos os ingredientes: alface, tomate, picles, cebola roxa, ketchup, mostarda e maionese.

Ingredientes especiais

Um dos pontos fortes do hambúrguer é a carne: grelhadas num char broil, suculenta e no ponto certo. A carne utilizada no hambúrguer é a Angus, carne magra com o mesmo sabor da carne mais gorda. Já o pão vem diretamente da Santo Pão Boulangerie, fofinho e sem desmanchar, ele faz toda a diferença no lanche. Os queijos também fazem sucesso, são utilizados dois tipos exclusivos e juntos: cheddar branco e o colby amarelo. Por isso, não deixe de pedir o cheeseburguer! Ah, e o picles é feito na casa.

É vapt-vupt

Para quem está em horário de almoço ou simplesmente quer um lanche rápido pré-balada, o burger joint é uma bela opção. O sistema de pedir no balcão agiliza muito o processo (desde que você não escolha o horário de pico com filas enormes). Ah, e uma das vantagens é que não tem taxa de serviço.

Deixe sua marca na decoração

Enquanto você espera seu lanche ser feito, aproveite para deixar um registro nas paredes, mesas e até nas lâmpadas da decoração. As paredes todas escritas são a grande marca registrada da casa original em NY.

Foto: Emerson Lima/Divulgação

Milk-shake Ben & Jerry’s

Para os aventureiros que curtem mesclar hambúrguer e batata frita com milk-shake, a casa conta com o Milk-shake de Ben & Jerry’s, que sai por R$ 25. Por enquanto a casa só serve o sabor baunilha, mas em breve chegará o de chocolate. Ele é simples, vem num copinho descartável de refri e é para os fãs de sabores bem doces.

Também tem chopp!

Para quem dispensa o milk-shake e o refrigerante, a opção é o Chopp Heineken, que sai por R$ 9.

Foto: Thays Bittar/Divulgação

Horário de funcionamento

Uma das vantagens desta unidade (outras virão em breve) é que ela abre todos os dias da semana, até às segundas-feiras. De domingo, segunda e terça, funciona das 12h às 23h. Quarta, das 12h à 00h. Quinta, sexta e sábado, das 12h à 1h.

Algumas diquinhas úteis

Se você não for nada fã de batata frita congelada, fuja das batatas da casa e peça o milk-shake para compensar. Mas para quem não tem muitos problemas com isso, peça sem medo. Elas vêm numa porção generosa servida num saquinho pardo bem fofo.

Prepare-se para gastar. Se você pedir o Duplo cheeseburguer (o mais caro da casa), batata e milk-shake, vai gastar R$ 72. Mas também é possível pedir o hambúrguer mais simples da casa e desembolsar apenas R$ 23. O preço vai de acordo com a sua fome.

Se quiser uma experiência mais tranquila, evite a casa em horários muito óbvios, pois a fila pode chegar a dar voltas na rua! Além disso, o espaço dentro é pequeno.


Por Marina Marques

Atualizado em 3 Mai 2016.

Mais notícias

Sorveteria de São Paulo lança gelato sabor Chocotone para o Natal; confira!

Restaurantes

McDonald’s lança McFlurry sabor Chocottone para o Natal; saiba mais!

Restaurantes

10 lugares para comer deliciosos macarons em São Paulo

Restaurantes

Black Friday do McDonald's tem 2 clássicos por R$ 4,90, sundae em dobro e mais 7 ofertas imperdíveis; saiba tudo!

Restaurantes

10 lugares na região da Avenida Paulista para comer ótimas sobremesas

Restaurantes

19 bares e restaurantes com promoções imperdíveis para Black Friday 2019

Restaurantes