Guia da Semana

Guia da Semana

O mundo das cervejas artesanais é repleto de sabores exóticos e fora da caixinha - ideal para quem quer provar algo novo! Foi pensando nisso que a cervejaria Colorado, com sede em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, lançou quatro novas cervejas frutadas com ingredientes bem diferentões: uva, frutas vermelhas, graviola e caju. Os sabores são bem brasileiros e representam a imensa biodiversidade brasileira.

E aí, você provaria?

Saiba mais sobre estes sabores exóticos:

Eugênia
É uma cerveja do estilo Session IPA, com uvas. Aromas marcantes dos lúpulos americanos, alemães e franceses completam a bebida. Leve, refrescante e amarga na medida (40 IBU), alta dinkability.
Teor alcoólico: 4,50%

Rosália
Uma fruit beer ácida e com leve dulçor frutado. Feita com frutas vermelhas brasileiras (grumixama, amora do mato, cereja do rio grande). Na boca a doçura e a acidez se misturam, proporcionando uma experiência única. Excelente para acompanhar sobremesas.
Teor alcoólico: 4,50%

Murica
Une a maciez da Cream Ale com o agridoce da Graviola, fruta que nasceu no Caribe e cresce no Brasil há mais de 500 anos. Tanto, que já tem até apelido: araticum, coração-de-rainha ou jaca-do-pará, mas o nome de batismo mesmo é Annona Muricata.
Teor alcoólico: 4,7%vol

Nassau
White IPA feita com adição de Caju em conjunto com Dry hopping usando o lúpulo Equinox, que tem aroma de frutas tropicais para destacar o aroma do caju. Cerveja clara e não filtrada, sabor marcante com amargor presente na medida.
Teor alcoólico: 5,8%vol

15 lugares que todo apaixonado por cerveja precisa conhecer em São Paulo

Se existe alguma receita para a felicidade, esta com certeza deve envolver a mistura de malte, lúpulo e água

Bar no Itaim oferece chopp Heineken à vontade por R$39,90 durante o happy hour

O bar e restaurante P.J. Clarke's fará a promoção durante as terças, quartas, quintas e sextas-feiras

Bares para tomar cerveja de garrafa por menos de R$10 em São Paulo

Opções para quem quer economizar na hora de beber uma gelada

Por Luísa Celiberto

Atualizado em 31 Mai 2017.