Guia da Semana

Entenda as nomenclaturas diet, light ou zero

Saiba quais são as principais diferenças entre os produtos light, diet e zero e quais os efeitos que eles podem ter na sua saúde..

Quando você está de frente para as prateleiras cheias do mercado, bate aquela dúvida: é melhor levar o produto diet, o light ou o zero? Se você acha que tanto faz, porque eles são iguais, cuidado! Você pode estar colocando em risco a sua dieta e até mesmo a sua saúde.

+ Saiba como ter uma alimentação saudável utilizando as cores dos alimentos

+ Saiba se as ostras são maléficas ou benéficas para a saúde

As nomenclaturas acabam confundindo o consumidor, por isso é preciso estar atento às informações das embalagens para não errar. O primeiro passo é definir o que você deseja. Pode ser um controle da quantidade de calorias, a retirada do açúcar ou a restrição do consumo de determinado nutriente. A partir daí, verifique os rótulos e faça a sua escolha.

Sempre compare o produto light, diet ou zero com a versão tradicional para perceber onde houve alterações e definir se ele atende às suas necessidades. Pois muita gente vê esses produtos como saudáveis e pensam que pode ser consumido à vontade, o que não é verdade. Eles apresentam alterações em sua composição, mas isso não quer dizer que sejam mais saudáveis. Assim como os produtos tradicionais, os diet, light e zero devem ser light e devem ser consumidos com moderação.  

Outro erro comum é achar que todos esses produtos são bons para quem quer emagrecer. Não existe uma categoria específica que seja melhor para a dieta. Cada produto apresenta característica diferente.Como por exemplo, o leite condensado light, tem isenção de gordura, mas não de açúcar. Pelo contrário! Para manter as características do produto a quantidade de açúcar pode ser um pouco maior do que na versão tradicional, o que faz com que ele seja ainda mais calórico. Já o chocolate diet tem pouco açúcar, mas há acréscimo de gordura, o que também o torna mais calórico que um chocolate tradicional.

Para te ajudar a identificar as diferenças entre as categorias de produtos e acertar na hora da compra, segue as orientações:

Diet

É aquele alimento produzido industrialmente e que apresenta ausência ou quantidades bem reduzidas de determinados nutrientes (carboidratos, açúcar, sal, lactose, gordura). Nem sempre os alimentos diet apresentam baixas calorias. São criados para indivíduos que devem seguir uma dieta baseada na restrição ou redução de um determinado nutriente. Normalmente não apresenta muita diferença no sabor. Mas embora haja redução ou isenção de um nutriente, outro pode estar presente em quantidade ainda maior para que o produto mantenha sua consistência e sabor, o que aumenta o valor calórico.

Light

O alimento é considerado light quando apresenta redução mínima de 25% das calorias ou de algum nutriente em relação ao original, como, por exemplo, gordura, açúcares ou sódio. Para que deseja reduzir o teor de açúcares, gorduras ou sal na alimentação. Nem todo alimento light é próprio para perda de peso. A redução calórica em certos alimentos é muito pequena.

Zero

Foi o último a integrar os termos empregados em embalagens de alimentos. Ele indica restrição ou isenção de algum nutriente como açúcar, gordura, proteína ou sódio em comparação com a versão tradicional. Se a isenção for de açúcares, o produto ainda deve apresentar valor calórico reduzido. De modo geral, é semelhante ao dos alimentos light. somente quando o alimento é zero por isenção de açúcares ele pode ser consumido por portadores de diabetes.

Consumir apenas produtos destas três categorias, entretanto, não é garantia nenhuma de dieta equilibrada nem significa redução de peso. Estes alimentos apresentam composições distintas. Lembrando que apenas os light e alguns zero auxiliam na perda de peso, por apresentarem redução de calorias em algumas formulações. 

Muita gente, equivocadamente, troca um alimento convencional por outro diet, light ou zero sem indicação necessária e acaba até comendo mais, por acreditar que não engorda. O resultado é o ganho de caloria, ao invés da perda de medidas. Portanto, leia sempre os rótulos dos alimentos light, diet e zero, compare com a versão original e veja o que mais se ajusta ao seu paladar e à sua dieta.

Veja mais dicas sobre como perder peso e se manter em forma no Emagrecendo.

  

 

Atualizado em 30 Set 2013.

Por Mariana Jota
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

8 restaurantes para comer comida exótica em São Paulo

Lugares em São Paulo para provar comidas diferentes e de dar água na boca

Points gastronômicos para se sentir em Nova York

Viaje pela gastronomia americana sem precisar gastar dinheiro com passagem de avião

Olive Garden inaugura primeira unidade na Zona Leste; saiba mais!

Casa será inaugurada no dia 16 de outubro, no Shopping Aricanduva

Restaurante em Pinheiros oferece pizza pela metade do preço em outubro; saiba mais!

Durante todo o mês, um dos sabores do cardápio sairá pela metade do preço

7 restaurantes especializados em comida mineira que você precisa conhecer em São Paulo

Desfrute do melhor da comida mineira em casas especializadas

Chiquinho Sorvetes inclui Banana Split e Vaca-Preta em seu cardápio; saiba mais!

Rede de sorveterias aposta em sobremesas clássicas para o verão

Cadastre-se para
NOVIDADES

Receba ofertas de
PASSAGENS

×
Receba novidades do Guia da Semana

Whatsapp Guia da Semana
Receba nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas em seu Whatsapp

CADASTRE-SE

Notificações em seu PC ou celular
Receba notificações instantâneas com nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas

CADASTRE-SE

Ofertas de passagens
Receba as melhores ofertas e promoções de passagens aéares em seu Whatsapp.

CADASTRE-SE

Newsletter do Guia da Semana
Dicas semanais para aproveitar o melhor que a cidade tem a oferecer.