Guia da Semana

Expovinis 2008

Confira as dicas para "degustar" a maior Feira de Vinhos da América Latina.

Foto: Divulgação

Este mês, em São Paulo, teremos a 12a. edição da maior feira de vinhos da América latina, a Expovinis Brasil, no Transamérica Expo Center, atrás do Hotel Transamérica, Zona Sul da cidade. Um prato cheio para quem gosta de vinhos. Mas você sabe como apreciar um evento desse porte? Bem, esse passeio exige uma certa preparação ou você vai se ver perdido entre 250 stands de importadores e produtores, com uma taça na mão sem saber absolutamente o que fazer. Ou você pensa que vai poder provar tudo que a Expovinis tem a oferecer?

O evento será entre os dias 28 e 30 de abril, sendo que dia 28 é exclusivo para profissionais da área. Nos outros dias o consumidor final pode fazer o seu tour etílico. A Expovinis Brasil é o maior encontro do setor vinícola realizado na América Latina, trazendo para o Brasil, ao mesmo tempo, dezenas de produtores de vinho internacionais. Portugal é um dos países mais representados, mas a maioria dos brasileiros está lá, assim como diversos produtores do Chile e da Argentina, cujos vinhos são os mais vendidos no Brasil.

Bem, se você nunca foi a um evento como esse, me atrevo a lhe dar algumas dicas. Pesquise no site do evento os importadores e produtores lá representados e faça uma cuidadosa seleção do que gostaria de visitar. Lembre-se que serão mais de 250 stands com, no mínimo, 5 a 15 vinhos cada um. Por isso, é muito importante que se programe para saber o que vai visitar. Tente fazer uma seleção de estilos, países ou uvas que gostaria de provar. O interessante numa oportunidade como essa é a possibilidade de provar muitas coisas ao mesmo tempo e assim definir o seu estilo favorito, mas se ficar tentado a provar tudo que cada stand tem a oferecer, é possível que saia do terceiro "pra lá de Bagdá" e nem aproveite o resto da Feira.

É essencial que leve um caderno e caneta para fazer suas anotações. Se não tem prática em degustação, determine algumas palavras que sejam fáceis para você entender e escreva alguma coisa sobre cada vinho. Pode até dar nota a eles, de 1 a 10, num critério só seu. Assim vai ter uma lista dos seus preferidos para poder comprar depois. Anote o Produtor, nome e origem do vinho, o preço, além de palavras como: equilibrado, agradável, amargo, encorpado, leve, por exemplo. Se houver produtor ou sommelier no stand, tente conversar um pouco sobre o que mais gostou, para que ele lhe dê algumas informações técnicas que o ajude a "entender" o seu gosto.

Se não sabe por onde começar, tenho algumas dicas. Por exemplo, porque não aproveita a oportunidade para ver o que o Brasil tem de melhor? Escolha no mapa os produtores brasileiros e visite seus stands em seqüência. Assim é fácil lembrar o paladar do último para escrever o que gostou mais. Se gostar de brancos, tente provar só brancos por onde andar, variando os países de origem. Se sua preferência é pelos tintos, bem, aí o trabalho é mais difícil. Sugiro que escolha um país de origem como, por exemplo, Argentinos ou Italianos, e prove vários em seguida, sempre fazendo anotações. Se seu objetivo é procurar vinhos para consumir em casa, determine uma faixa de preço que quer gastar e peça para provar vinhos daquele preço. Se gostar de cabernet sauvignon, a uva mais plantada do mundo, prove exemplares dessa uva ou vinhos portugueses, franceses ou italianos que tenham essa uva em seus cortes. Pode escolher experimentar vinhos de Portugal, por exemplo, onde se produz vinhos com uvas próprias, muitas não plantadas em outros países. Países como França terão um espaço próprio com diversos produtores no mesmo stand. Faça sua anotação, então, das regiões e estilos que gosta. A França tem roses muito interessantes. Esse tipo de vinho está cada vez melhor e, atualmente, muito valorizado. Você pode provar uns dez diferentes e escolher qual mais gosta, para curtir no próximo verão ou nos churrascos de casa.

Muitos stands promovem degustações dirigidas, além das degustações dirigidas oferecidas pelo próprio evento. Verifique esse calendário na organização do evento e talvez seja interessante aproveitar estas degustações acompanhadas. A Expovinis também oferece algumas degustações top para os mais especializados, todas pagas, conduzidas pelos melhores profissionais do país. Vale a pena.

Como pode ver, o trabalho não é simples. Se você ficar deslumbrado com a possibilidade de beber "de graça" e por isso sair provando tudo, o que vai conseguir no dia seguinte é uma dor de cabeça e provavelmente não terá aproveitado nada.

Outra coisa, a feira é de vinhos e, por isso, não tem restaurantes ou muitas opções de comidas. Comer antes de ir seria bom, para não ser obrigado a matar a fome com os pãezinhos dos stands. Claro que tem alimentação, mas até a ultima edição, eram lanches rápidos. A água é fundamental para ajudar a diluir o álcool que está ingerindo. Por menor que sejam as doses que lhe serão oferecidas, a oferta de vinhos é muito grande. Hidrate-se.

Bem, ao final, cuidado ao sair dirigindo. Táxi seria bom, mas como lá é longe, veja se alguém no seu grupo bebeu menos para ficar encarregado dessa tarefa.

Está preparado? Então aproveite, pois essa é uma oportunidade única de conhecer seu paladar e desenvolver o seu gosto. Eu vou estar lá em três stands diferentes: da importadora Ana Import, com uma enorme seleção de vinhos principalmente do Chile e Argentina; com a Compagnie Vins de France, exibindo o melhor do tradicional Malbec francês, e com os brasileiros Lidio Carraro, uma vinícola boutique que criou vinhos incomuns no Brasil. Aguardo a sua visita.

Bem, divirta-se com moderação...é meu último conselho.

Gostou ? Então, leia a última coluna da Denise
Sem preconceito
Quem é a colunista: Denise Cavalcante, jornalista.

O que faz: Trabalha com eventos de vinhos e gastronomia.

Pecado gastronômico: Abrir garrafas de vinho para tomar sozinha, mas não ter coragem de abrir os melhores só para mim!

Melhor lugar do Brasil: Minha casa, ao lado do meu filho.

Fale com ela: denisec@denisecavalcante.com.br


***
Serviço

Expovinis 2008
Quando: 29 e 30 de abril (visitantes), das 19h às 22h.
Onde: Transamérica Expo Center - Avenida Doutor Mario Vilas Boas Rodrigues, 387 - Santo Amaro - São Paulo - SP
Quanto: R$ 30,00 e R$ 40,00 (com taça de cristal).

Atualizado em 7 Ago 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Onde comemorar o Dia do Sorvete 2018 em São Paulo

Em 23 de setembro é comemorado o dia da famosa e amada sobremesa gelada

Chiquinho Sorvetes promove Dia da Felicidade com casquinhas a R$1; saiba mais!

No dia 24 de setembro todas as unidades da marca comercializarão as clássicas casquinhas de sorvetes em preço promocional

Starbucks® faz promoção de Frappuccino em Dobro durante mês de setembro; saiba mais!

Promoção é válida de 17 a 23 de setembro, das 15h às 17h

10 lugares em São Paulo perfeitos para saborear um docinho após o almoço

Depois de aproveitar uma bela refeição sempre bate aquela vontade de comer um docinho, né?

Moscatel Doceria distribui panforte em comemoração ao Dia do Cliente; saiba mais!

Clássica sobremesa italiana será o presente da casa para seus clientes

Bairro dos Jardins ganha restaurante onde você paga a conta lavando a louça; saiba mais!

Espaço fica aberto até o dia 6 de outubro

Cadastre-se para
NOVIDADES

Receba ofertas de
PASSAGENS

×
Receba novidades do Guia da Semana

Whatsapp Guia da Semana
Receba nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas em seu Whatsapp

CADASTRE-SE

Notificações em seu PC ou celular
Receba notificações instantâneas com nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas

CADASTRE-SE

Ofertas de passagens
Receba as melhores ofertas e promoções de passagens aéares em seu Whatsapp.

CADASTRE-SE

Newsletter do Guia da Semana
Dicas semanais para aproveitar o melhor que a cidade tem a oferecer.