Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Juninos repaginados

Quitutes típicos em novas leituras feitas por restaurantes, padarias e lanchonetes de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Festa junina tem sabor de saudade. A roça era mais perto, e todos viajavam para reencontrar a família e amigos. Hoje, esses sabores estão em festas nem tão juninas, mas que ainda sim preservam hábitos e paladares. Outra postura tomada por chefs e casas é fazer releituras desses pratos, apresentando nuances e levando a tradição a novos significados.

São Paulo

Padaria Benjamin Abrahão

Foto: Divulgação

Até a pamonha entrou na onda do cupcake na Padaria Benjamin Abrahão

Onda do momento na gastronomia, os cupcakes ganharam também sua versão junina na padaria Benjamin Abrahão - Mundo dos Pães. Lá, o milho da pamonha é a base do bolinho, que é vendido no tamanho regular a R$ 5,00 e também no versão mini, a R$ 2,50.

Le Buteque

Foto: Divulgação

Técnica francesa faz toda a diferença no cuscuz paulista do Le Buteque

O cuscuz paulista apresentado no pequeno restaurante do chef Erick Jacquin difere da receita tradicional principalmente na montagem. Ao invés de uma massa com todos os ingredientes juntos, eles são apresentados em camadas. Grãos de sêmola do cuscuz marroquino surgem um pouco depois da base. Já a pupunha e o presunto vêm em fios na parte alta. O prato ainda leva pedaços de camarão e azeitona. Custa R$ 22,00.

Na Cozinha

Foto: Divulgação

Feito com banana e leite de coco, o arroz doce vermelho é encontrado no Na Cozinha

O arroz doce, um dos pratos mais comuns nas festividades, ganha ares luxuosos no restaurante do chef Carlos Ribeiro. Começa pelo tipo de arroz, feito com o cultivar vermelho. Cozido no leite de coco, o prato é servido nas taças em ípsilon. Leva banana nanica cozida e é temperado com canela e pimenta de cheiro. O preço desse quitute grã-fino tem o valor de R$ 13,00 e está no menu-executivo durante este mês.

Mil Frutas e Stramondo

Foto: Divulgação

Na Stramondo, o sorvete é de quentão

A rede carioca com duas lojas em São Paulo conseguiu transformar os sabores tradicionais das festas de São João em delícias geladas. Na linha já constavam os sabores temáticos pé de moleque, milho verde, quindim, arroz doce, tapioca e abóbora com coco. Para esse ano, a novidade é o de paçoca. Os sorvetes custam de R$ 8,00 (uma bola) a R$ 20,00 (três bolas) para todos os sabores. Outra sorveteria que aposta nos sabores típicos é a Stramondo. O sorvete de quentão, sucesso nesse período sai a R$ 6,00 uma bola e R$ 7,50 duas bolas.

Rio de Janeiro

Joaquina

Foto: Divulgação

Pastéis de angu ganham recheio de cheddar e tomate seco no Joaquina

Os pastéis de angu ganham o nome de pastéis do Engenho e recebem os mais diferentes sabores. Palmito com cheddar e tomate seco dão um ar contemporâneo, enquanto o de umbigo de banana com carne moída junta doce com salgado. Há também os tradicionais couve com torresmo e frango ou carne seca com requeijão. A porção mista vem com10 unidades e custa R$ 18,00.

Guiseppe Grill

Foto: Divulgação

No Guiseppe do Leblon, o frango caipira leva atestado orgânico e ganha companhia do creme de milho

A unidade do Leblon traz para a temporada o Frango bêbado. Hoje, o frango a galinha caipira é orgânica e temperada na cachaça de alambique. Creme de milho e farofa de cebola feita com manteiga de garrafa fecham a quadrilha. O valor do prato é R$ 48,00.

Meza Bar

Foto: Divulgação

No Meza Bar, melado de romã faz contraponto ao forte sabor do queijo coalho

O moderninho Meza Bar brinca com os sabores nos espetinhos de queijo coalho. A R$ 22,50, o chef Fabio Battistella os serve com melaço de romã e manjericão, que, ao contrário do que parece, não é doce e funciona como um molho para a iguaria nordestina.

Frontera

Foto: Divulgação

No Frontera, o chef holandês Mark Kwaks também dá seu toque com o suflê de paçoca. Junto, sorvete de creme

O chef Mark Kwaks é holandês, mas soube muito bem entrar no espírito da época. Para as cinco unidades do restaurante, criou o suflê de paçoca, juntando o tradicional amendoim com a leveza da massa de ovos e contrastando o quente com o gelado sorvete de creme. O prato sai por R$12,00.

Forneria São Sebastião

Foto: Divulgação

Anarriê é nome do quentão que ganhou tratamento de luxo no Forneria São Sebastião

O arroz doce brulée é outra sobremesa que junta sofisticação francesa com sabores locais e pode ser encontrado neste restaurante de Ipanema. Custa R$ 12,00. Mas o destaque vai para duas leituras do quentão. O Anarriê mescla infusão de canela, cravo, gengibre e laranja com cachaça e suco de laranja. Já o Arraiá traz leite condensado no lugar do suco de laranja.



Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

Conheça o Frutta & Crema, restaurante italiano com vista para a Serra da Cantareira

Restaurantes

11 lugares para comer fondue em São Paulo no inverno 2021

Restaurantes

Inverno 2021: onde tomar sopas em São Paulo

Restaurantes

Dia da pizza 2021: lugares para comemorar a data em São Paulo

Restaurantes

18 restaurantes em São Paulo com menu especial para o inverno 2021

Restaurantes

10 restaurantes em São Paulo com quitutes juninos

Restaurantes