Guia da Semana
Restaurantes
Por Mariana Jota

Manteiga ou Margarina?

Quebramos alguns paradigmas e te contamos as verdades sobre a manteiga, a margarina e suas diferenças. Confira!.

Veja quais são os mitos e verdades sobre a manteiga e a margarina (SXC)

A margarina e a manteiga fazem parte da cultura alimentar dos brasileiros. Seja no café-da-manhã (o famoso pão na chapa), em lanches ou na preparação de receitas doces e salgadas, esses dois tipos de gordura estão presentes no cardápio diário da maioria das pessoas. Porém, existem muitas dúvidas em torno do consumo desses alimentos. O que é mais saudável? Qual delas engorda menos?

+ Confira quais são os benefícios dos grãos na sua dieta
+ Veja quais são os mitos e as verdades sobre a gelatina

Essas dúvidas são muito comuns e inquietam quase todo mundo na hora de escolher o produto. Embora os sabores sejam relativamente semelhantes, as origens são completamente distintas: a manteiga é derivada da gordura do leite e, por isso, tem origem animal. Já a margarina é obtida por meio da hidrogenação parcial de óleos vegetais, que pode fazer mal à saúde e, por isso, seu consumo não é recomendável.

Para chegar ao ponto de margarina ela passa por diversos processos químicos, é um tal de "estica e puxa", extração química, aquecimento intenso, branqueamento e desodorização. As gorduras são bastante sensíveis, principalmente à temperatura, lembrando que os olés de boa qualidade são prensados a frio para não alterar suas propriedades. Agora, imagina o que faz com a margarina todos esses processos físico-químicos...

A margarina é composta por muitas coisas: óleos vegetais, água, soro de leite, leite em pó desnatado, vitamina A... depois vários estabilizantes, aromatizantes, acidulantes, antioxidantes, etc.

a manteiga é composta de: creme de leite pasteurizado e sódio!!

A margarina antes era feita a partir da hidrogenação de óleos vegetais, ricas em gorduras trans. Como foram descobertos os males associados à esse tipo de gordura, a indústria modificou a composição da margarina adicionando gorduras interestificadas, que também não são ideais, já que podem aumentar os níveis de glicose no sangue e contribuir para o aumento do colesterol ruim (LDL). Além disso, esse tipo de gordura é “estranha” ao organismo que não consegue metabolizá-la apropriadamente. Por isso, mesmo as versões de margarina light ou enriquecidas devem ser evitadas.

A manteiga, por ser derivada do leite, possui níveis de colesterol e de gorduras saturadas, e tem, sim, um valor calórico considerável. No entanto, se consumida com moderação não há problema algum.

- A manteiga é naturalmente rica em ômega 6, que é um ácido graxo essencial para o bom funcionamento do organismo, combatendo o colesterol ruim e os altos níveis de glicose no sangue. Também auxilia na absorção de alguns nutrientes importantes, como as vitaminas A, B, E e K. Além disso, o organismo reconhece a gordura da manteiga como natural e consegue metabolizá-la. O ideal é consumir duas colheres de chá de manteiga por dia. Se não houver exageros, a manteiga não compromete a dieta e não faz mal a saúde.

Veja mais dicas sobre como perder peso e se manter em forma no Emagrecendo.


Por Mariana Jota

Atualizado em 25 Dez 2013.

Mais notícias

São Paulo ganha primeira casa dedicada ao avocado; saiba tudo!

Restaurantes

Restaurante Abbraccio aposta em Festival de Lula para os dias quentes do verão; saiba tudo!

Restaurantes

Bullguer vende sanduíche a R$10 nesta segunda-feira (22); saiba tudo!

Restaurantes

10 pratos imperdíveis com frutos do mar para provar em São Paulo

Restaurantes

Points gastronômicos em São Paulo com pratos especiais para o verão 2021

Restaurantes

Bob’s Galak com doce de leite Moça nas versões Big Cascão, Bob’s Max e Milk Shake entra no cardápio da rede por tempo limitado

Restaurantes