Guia da Semana
Restaurantes
Por Paulo Marcondes

Onde comer em Recife

Com os jogos na região de São Lourenço da Mata, a maioria dos turistas não vai passar fome em Recife.

Divulgação

Quem visitar a região de Recife durante a Copa do Mundo do Brasil não vai se decepcionar. Restaurantes tradicionais, contemporâneos e até mesmo naturais prometem satisfazer a fome dos turistas. O ponto forte da cidade, como não poderia ser diferente, são os frutos do mar e a culinária do sertão, mas sem deixar massas e sushis de fora. Confira a lista que o Guia da Semana separou abaixo.

Leite

Fundado em 1882 (!), o restaurante Leite é certamente o mais antigo de Recife, além de ser dono de um dos bacalhaus mais elogiados da cidade - ao todo, são 12 pratos do cardápio que levam bacalhau. Além de peixes e frutos do mar, possui uma série de opções da alta gastronomia, como carpaccio de vitelo, língua ao molho madeira e filé-migon lenha à moda do chef.

Barbarico Bongiovanni

O Barbarico Bongiovanni oferece massas artesanais preparadas caprichosamente pela chef Rosanna Bongiovanni, que também apresenta frutos do mar, carnes e sobremesas. O loca, de decoração sóbria e intimista, funciona desde 1983.

Tapa de Cuadril

Quando o assunto é carne, o Tapa de Cuadril chama a atenção de turistas e locais em Recife. As carnes da casa são preparadas ao estilo argentino, com o maior cuidado, e passam por opções como turnedô malbec (filé-mignon com vinho, acompanhado de risoto de queijo).

Parraxaxá - Boa Viagem

O restaurante Parraxaxá é recomendado para quem tem interesse em conhecer a autêntica cultura nordestina. Dos pratos à decoração, a casa oferece um mergulho no regionalismo. Pelos ambientes, muita cor e objetos decorativos, enquanto o bufê traz mais de 100 opções, entre carne de sol, macaxeira frita, baião de dois e muito mais.

Armazém Guimarães

Surgido em Maceió e com outra unidade em Recife, dentro do Shopping RioMar, o Armazém Guimarães é especializado em pizzas, mas também oferece entradas, saladas, carnes, massas e sobremesas. O restaurante do bairro de Boa Viagem tem quase dez anos e comporta 160 pessoas

Kojima

Com paredes revestidas em madeira e uma decoração elegante, o restaurante Kojima foi aberto em 1997 e trabalha com a gastronomia japonesa. Além de sushis e tempurás, a casa também oferece pratos nikei, que misturam a culinária peruana à nipônica sob a batuta do chef Alexandre Faeirstein.

Casa do Naturista

Para fugir dos pratos típicos e frutos do mar, a opção mais light e saudável fica por conta da Casa do Naturista, exclusivamente ovo-lacto-vegetariana. Além do bufê com mais de 12 pratos quentes e saladas, o restaurante oferece lanches e salgados para uma refeição rápida.


Por Paulo Marcondes

Atualizado em 25 Abr 2014.

Mais notícias

São Paulo ganha primeira casa dedicada ao avocado; saiba tudo!

Restaurantes

Restaurante Abbraccio aposta em Festival de Lula para os dias quentes do verão; saiba tudo!

Restaurantes

Bullguer vende sanduíche a R$10 nesta segunda-feira (22); saiba tudo!

Restaurantes

10 pratos imperdíveis com frutos do mar para provar em São Paulo

Restaurantes

Points gastronômicos em São Paulo com pratos especiais para o verão 2021

Restaurantes

Bob’s Galak com doce de leite Moça nas versões Big Cascão, Bob’s Max e Milk Shake entra no cardápio da rede por tempo limitado

Restaurantes