Guia da Semana

Para qualquer estação

Mesmo com o inverno chegando, o petit gateau é uma opção de sobremesa bastante procurada em restaurantes ou lanchonetes. Colunista adora o doce e conta onde já aproveitou para comer.

Foto: Wikipedia.org

Para quem gosta (acredito que todos), doces são tudo na vida! Sejam aqueles mais sofisticados ou até mesmo um pequeno tablete de chocolate, eles fazem a alegria de muitos, principalmente após o almoço ou até mesmo durante a tarde em que bate aquela vontade de comer um docinho.

Mas existe um específico que eu adoro muito. O petit gateau. Nossa, mesmo com esse frio que faz em São Paulo, comer um é sempre uma delícia, principalmente os que são feitos na hora e vem com aquele bolinho que chega até a queimar a língua de tão quente.

O petit gateau é apenas um pequeno bolo, normalmente de chocolate, com uma casquinha bem crocante e recheio cremoso. Ele é servido junto com uma bola de sorvete, cujo sabor fica à escolha do cliente. O tradicional é o de creme, mas eu já experimentei com sorvete de damasco, morango e maracujá. Uma delícia com qualquer uma das opções. Fora que o bolinho também não é só mais recheado de chocolate. Algumas casas servem com doce de leite, goiabada, entre outros.

Engana-se quem pensa que sua origem é francesa por causa do seu nome, que significa 'pequeno bolo'. Ele foi criado por acidente nos Estados Unidos, quando um aprendiz de cozinheiro esquentou demais o forno e o bolo foi servido bem quente junto com uma bola de sorvete (o certo seria chegar até os clientes em temperatura ambiente). Mas todos adoraram e a ideia vingou e, no começo da década de 90, diversos restaurantes já tinham acrescentado o prato ao cardápio, sendo uma das opções de sobremesas mais procuradas em alguns. A moda chegou no Brasil somente em 1996.

Duas casas onde já fui e que acredito ter redes em diversas cidades brasileiras foram a Ofner e a Gelateria Parmalat. Ambas possuem os mais variados sabores de sorvetes e fazem o petit gateau na hora. Nas duas o bolinho veio como o tradicional, de chocolate, e eu não cheguei a ver se havia outras opções. Então, mesmo se estiver frio, você nem percebe o gelo do sorvete, porque o bolinho quente faz toda a diferença. 

É um doce que serve tanto para o verão quanto para o inverno. E não é complicado de fazer em casa, porque hoje existem bolinhos prontos, que você só precisa esquentar em um forno, convencional ou senão o micro-ondas e ter um pote de sorvete na geladeira, do sabor que preferir. Não é difícil e pode ser servido até em almoços de família, festas infantis ou adultas. Se não experimentou ainda, recomendo!

  Quem é a colunista: Maraísa Bueno .

O que faz:
jornalista e repórter da equipe do Guia da Semana.

Pecado Gastronômico: uma boa massa e, é claro, chocolate!

Melhor Lugar do Brasil: minha casa, na pequena cidade de Serrania, sul de Minas Gerais (também não dispenso uma boa praia!).

Para Falar com ela: maraisabf @gmail.com, no twitter (@Maraisabf) ou acesse seu blog

Atualizado em 7 Ago 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Shopping Metrô Itaquera promove festival gastronômico com pratos a R$ 13,90

Festival Mundo dos Sabores vem com culinária diversificada e atrações culturais

Hamburgueria do Jabaquara faz promoção de X-Salada em dobro; confira!

Desconto no Osnir Hamburger vale às segundas e terças-feiras, a partir de março

Restaurante 100% orgânico é nova opção saudável na Vila Madalena; saiba mais!

Easy Organic Food Solutions conta com pratos e lanches para viagem

Com quitutes judaicos e blends exclusivos, Café for Fun inaugura no coração de Pinheiros

Inauguração acontece neste sábado (24)

Pipoca Doce, Choco Crisp e Cookie & Morango: KFC lança novos sabores de milk-shakes

Novidades já podem ser encontradas em todas as lojas da rede no Brasil por R$ 9,50

Outback volta com Festival de Ribs e seu hambúrguer de costela

Ribs Bloomin' Burger, Ribs Fries e Ribs Fire Bites entram para o menu de todos os restaurantes da rede no Brasil