Guia da Semana

Pausa para o cafezinho

Companheira de todas as horas, a bebida vai além do pretinho básico e surge como boa opção para a happy hour.

Ele está presente na primeira refeição do dia. Ele completa o almoço e ajuda a dar aquela "despertada" no meio da tarde. Há quem não durma sem antes dar o último gole. Amado por uns, evitado por outros, o café faz parte do cotidiano da maioria dos brasileiros - seja em casa, no escritório, na cafeteria ou no restaurante.

O que para alguns não passa de um hábito despercebido entre tantas atividades do dia a dia, para os verdadeiros apreciadores da bebida é considerado um momento especial. A pausa para o café é hora de relaxar, esquecer o estresse e realimentar a disposição do corpo e da mente. Somado a isso, há o prazer de degustar a iguaria e aguçar o paladar, o olfato e a visão. Afinal, quem não se mexe na cadeira ao sentir o cheiro do café fresquinho? E que olhos não brilham ao ver a bebida preparada com chantilly, coberturas extras e uma barra de chocolate?

"Beber café é um hábito do brasileiro, está na nossa cultura. Só que hoje em dia, as pessoas não querem apenas tomar café, e sim degustá-lo. Tomar café é um prazer e aumenta o vigor. E não é só por causa da cafeína. O café é uma bebida nutritiva e rica em ácido clorogênico, aliado do metabolismo", comenta Cecília Sanada, barista do Octávio Café, em São Paulo.


Pretinho na happy hour

Fora da tradicional rota de barzinhos, karaokês e baladinhas pós-expediente, as cafeterias também são uma boa opção para reunir os amigos na happy hour, jogar conversa fora e esquecer os problemas. Com ambiente mais aconchegante e sem música alta, é a escolha ideal para um papo sem hora para terminar e para integrar a família aos colegas de trabalho. De quebra, novos sabores, texturas e misturas.

E por quê não um cafezinho diferente? Opções não faltam: espresso, feito com grãos puros, com menos teor de cafeína, com grãos internacionais, com leite, levemente doce, mais amargo, coado na mesa, passado no coador de pano... Os acompanhamentos também merecem destaque. Valem pão de queijo, croissant, quiche, tortas e até um docinho para finalizar.

"As versões geladas estão entre as mais procuradas para a happy hour. O café fica ótimo com sorvetes cremosos, principalmente nos sabores menta, creme, chocolate e nozes. Outra dica é prová-lo com chá ou batido com suco de laranja, gelo, limão e açúcar", orienta Cecília Sanada.

Para você se aventurar na arte de degustar cafés e conhecer a infinidade de sabores disponíveis no mercado, confira um roteiro com cafeterias especiais no Rio de Janeiro:


Confeitaria Colombo
Rua Gonçalves Dias, 32 - Centro
Telefone: (21) 2505-1500 


Café Galeria
Rua Marquês de São Vicente, 476 - Gávea
Telefones: (21) 3284-7400/ 3284-7424 
 

Café Sorelle 
Rua Capitão Salomão, 14, loja G - Botafogo
Telefone: (21) 2527-9991 
 

Le Bon Café
Avenida Ataulfo de Paiva, 135, Loja 102 - Leblon
Telefones: (21) 2249-8125 / 2529-6558

Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Ferrero lança sorvete de Kinder Bueno na Alemanha - e nós queremos para ontem!

Com outros dois sabores, novidade é uma parceria da marca com a Kibon alemã

Frappuccino inspirado em flamingo é novidade da Starbucks para o Carnaval; confira!

Frappuccino Sambalelê tem sabor de chiclete com morango e fica disponível entre 9 e 13 de fevereiro

10 restaurantes imperdíveis no Tatuapé

Confira um roteiro de estabelecimentos imperdíveis para uma refeição especial

Bullguer inaugura primeira unidade no Rio de Janeiro; saiba mais!

Rede paulistana desembarca no Botafogo Praia Shopping com com conceito fast casual e preços acessíveis

Benjamin A Padaria inaugura nova unidade na Rua Augusta; confira!

Loja conta com balcão voltado para a rua para pedidos sem entrar na loja

Paris 6 lança sobremesa em homenagem ao Neymar em seu novo cardápio

Novidade consiste em um petit gateau de Ovomaltine e sorvete de alfajor de doce de leite