Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Viva o sabor do México

Os legumes são um dos pontos fortes dessa culinária: milho, pimentão e feijão são alguns dos ingredientes mais comuns.

Foto: Divulgação/Peppers Bar


Apesar da fama de ser "pesada", a culinária mexicana oferece também pratos pouco calóricos, já que mantém, até hoje, receitas milenares que, na sua maioria, não contêm fritura. Conheça alguns dos ingredientes usados nas receitas mais tradicionais e seus benefícios.

As tortillas são a base da cozinha mexicana. Feitas de farinha de milho, água e sal, formam as enchiladas (quando cortadas em rolos); os tacos (meia lua); os taquitos (rolinhos) e os nachos (triângulos). No formato dos tacos, elas têm apenas 46 kcal. O milho foi a base da alimentação dos maias, astecas e incas, e foi deles que os mexicanos herdaram o costume de cultivar e consumir esses grãos, que têm como significado do nome "sustento da vida". Entre seus nutrientes, encontramos a vitamina B1, que ajuda a manter a memória, e o folato, que protege o coração, além da concentração de vitamina C, carboidratos, proteínas e sais minerais como ferro, potássio e zinco.

Entre os recheios, o destaque vai para os pimentões e o feijão, presentes em vários pratos. Os pimentões foram incluídos na dieta do povo mexicano pelos conquistadores espanhóis, que já utilizavam o fruto e encontraram no México uma variedade nativa. Os verdes possuem o dobro de vitamina C do que a laranja, enquanto os amarelos e vermelhos contêm até quatro vezes mais. Além disso, esse vegetal conta com alta concentração de cálcio, fósforo, potássio e propriedades antialérgicas. Já o feijão, rico em ferro, reduz o colesterol, previne doenças cardíacas e atua como saciador da fome.

Outro prato famoso da culinária mexicana é a guacamole, feita com abacate e temperos. Esse "mole" (como são chamados os molhos por lá) traz os benefícios do seu ingrediente principal. O abacate ajuda a combater o colesterol ruim, previne o envelhecimento com suas substâncias antioxidantes, ajuda a emagrecer - já que suas fibras solúveis impedem a absorção de gordura e de colesterol ruim de outros alimentos - e ainda tem função anti-inflamatória.

E você? O que está esperando? Aproveite todos os aromas e variedade de sabores dessa culinária, que é uma das mais ricas do mundo.

Leia a coluna anterior de Meire Caprio:

O ABC da culinária mexicana

Quem é a colunista:Uma frase, meu lema: "Trabalhar no que se ama é se divertir".

O que faz: Chefio e crio os pratos mexicanos do Peppers Bar.

Pecado gastronômico: Comer taco, sempre exagero!

Melhor lugar do mundo:
O que está ouvindo no carro, iPod, mp3: Ouço MOBY, Björk, Massive Atack, muito inspirador.

Fale com ela: [email protected]


Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

Conheça o Frutta & Crema, restaurante italiano com vista para a Serra da Cantareira

Restaurantes

11 lugares para comer fondue em São Paulo no inverno 2021

Restaurantes

Inverno 2021: onde tomar sopas em São Paulo

Restaurantes

Dia da pizza 2021: lugares para comemorar a data em São Paulo

Restaurantes

18 restaurantes em São Paulo com menu especial para o inverno 2021

Restaurantes

10 restaurantes em São Paulo com quitutes juninos

Restaurantes