Guia da Semana

Nós

Exposição traz obras de 25 artistas sobre o negro.

Este evento terminou

Nós

Data 13 Abr 2009-19 Abr 2009
Até 19 de abril de 2009.

Preço(s) R$ 6,00 (Grátis às quartas e aos domingos para todos e, nos demais dias, para maiores de 65 e menores de 10 anos).

Horário(s) Terça a sexta, 10h às 17h; sábado, domingo e feriado, 14h às 18h.

Rua do Catete, 153, 22220-000

Telefone (21) 3826-7984

Com curadoria de Daniella Géo, a mostra Nós reúne obras de 25 artistas, de origens diversas, que têm como tema o negro. Entre os artistas estão Nelson Leirner, Cildo Meireles, Vik Muniz e Walter Firmo.

A proposta da exposição é mostrar a importância do negro como formador da arte contemporânea. Os trabalhos trazem questionamentos sobre racismo, estereótipos étnicos, lugares sociais, memória e história. A mostra fica em cartaz até 19 de abril, no Museu da República.

Foto: Divulgação

Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Palácio do Catete

Palácio do Catete

Bistrô Jardins

Bistrô Jardins

Espaço Marun

Espaço Marun

23m

Berbigão

Berbigão

65m

Estação República

Estação República

97m

Museu de Folclore Edison Carneiro

Museu de Folclore Edison Carneiro

139m

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA