Guia da Semana

Bibliotecas Infantis

Bibliotecas voltadas para a garotada divertem e incentivam a leitura.

Este evento terminou

Bibliotecas Infantis

Data 09 Jun 2011-30 Jun 2011

Preço(s) Grátis.

Horário(s) Vide programação.

Avenida Celso Garcia, 4142, Leste 03064-000

Telefone (11) 2295-3447

No dia 10 de junho, é comemorado o Dia da Língua Portuguesa em homenagem a Luís Vaz de Camões, pois nesta data é lembrada a morte do poeta renascentista português. Pensando nisso, o Guia da Semana selecionou bibliotecas infantis que incentivam a leitura, desenvolvendo nos pequenos o gosto pelos livros. Em um ambiente lúdico, a garotada tem fácil acesso a obras infantojuvenis e se divertem, deixando a imaginação tomar conta das histórias.

Confira algumas das opções de bibliotecas de São Paulo para levar a garotada.

Biblioteca Monteiro Lobato

Inaugurado em 1936, o espaço oferece cerca de 59 mil títulos entre obras infantis, juvenis e literatura geral, além de livros didáticos e paradidáticos, dicionários, enciclopédias, jornais, revistas, mapas, CDs, DVDs e outros materiais de pesquisa. O local ainda promove diversas atividades para os pequenos, como oficinas, jogos e sessões de cinema.

Endereço: Rua General Jardim, 485
Horário de funcionamento: Segunda a sexta, 8h às 18h; sábado, 10h às 17h; domingo, 10h às 14h.
 
Biblioteca Hans Christian Andersen

Com o nome de um dos mais importantes escritores de histórias infantis do mundo, a biblioteca reúne um acervo com mais de 17 mil títulos infantis, voltados especialmente para os contos de fadas. O espaço é decorado com pinturas inspiradas em elementos da natureza e ainda oferece DVDs e abriga o primeiro Centro de Formação para Contadores de Histórias de São Paulo.

E
ndereço: Avenida Celso Garcia, 4.142
Horário de funcionamento: Segunda a sexta, 8h às 17h; sábado, 9h às 16h.

Biblioteca Viriato Corrêa

Com nova ambientação inaugurada em 2008, o espaço é especializado em literatura fantástica, com paredes, teto e janelas decorados com reproduções de gravuras e desenhos ligados ao universo temático. O acervo é composto por mais de 2 mil livros, entre títulos infantis, juvenis e quadrinhos, e mais de 2 mil gibis. A biblioteca dedica ainda um espaço para as crianças, com programação especial aos domingos.

Endereço: Rua Sena Madureira, 298
Horário de funcionamento: Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado e domingo, 11h às 18h.


Biblioteca de São Paulo

Com 4.257 m², a biblioteca dispõe um acervo de cerca de 30 mil livros, além de CDs, DVDs, revistas e jornais. Para as crianças há o espaço infantil que oferece áreas destinadas às diversas faixas etárias. O espaço conta com mobiliário apropriado, com ambiente para leitura, filmes, música, internet, jogos e área para contar histórias.

Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 2630
Horário de funcionamento: Terça a sexta, das 9h às 21h; sábado, domingo e feriado, das 9h às 19h.

Foto: Getty Images

Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Biblioteca Cassiano Ricardo

Biblioteca Cassiano Ricardo

50m

Per Te Amore Pizzaria e Esfiharia

Per Te Amore Pizzaria e Esfiharia

265m

Paróquia Cristo Rei

Paróquia Cristo Rei

288m

Panificadora Piqueri

Panificadora Piqueri

407m

It Burger

It Burger

463m

Cinemark Boulevard Tatuapé

Cinemark Boulevard Tatuapé

471m

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA