Guia da Semana

Micro espetáculo

Não se trata de um show para ser visto com microscópio: é o circo de pulgas, que volta repaginado em uma peça de teatro infantil.

Este evento terminou

Micro espetáculo

Data 01 Fev 2011-13 Fev 2011
4ª a domingo.

Preço(s) Gratuito.

Horário(s) 15h e 17h.

Avenida Paulista, 1313, 01311-200

Telefone (11) 3146-7405

Já ouviu falar no circo de pulgas? Eles eram extremamente comuns na Idade Média, quando a higiene era uma realidade distante. Naquela época, "adestradores" mostravam ao público a habilidade de suas pulguinhas, que saltavam e realizavam acrobacias dignas de um artista circense. Na verdade, não há pulga nenhuma: a graça do espetáculo está no trabalho dos atores, que se valem muito dos gestos para mostrar as ações das supostas pulgas artistas. "A mímica faz ver o que não está ali. Faz imaginar uma parede que não existe, é tudo feito de forma precisa", diz o diretor da peça Alfredo Assad, do grupo carioca Centro Teatral e Etc e Tal, que está com o show O Maior Menor Espetáculo do Mundo, que estreia no dia 2 de fevereiro, no Centro Cultural Fiesp - Ruth Cardoso, na avenida Paulista. Um espetáculo inusitado para conhecer os talentos secretos e artísticos das pulgas. "É um circo em miniatura. O picadeiro tem 1,20 m de diâmetro e o público fica mais próximo", conta Assad. Ele, com mais dois atores, apresentam e participam do espetáculo, que traz "pulgas" dos cinco continentes. Da França, vem a cantora Pulgaiaf; da Argentina, a PulGardel, que dança; da China, vem o equilibrista Pun Ching Oo; e da Oceania, as pulgas gêmeas trapezistas Pulg Lee e Pilg Luu. Outra atração clássica de circo também aparece na versão miniatura: a pulga bala. Tem até uma banda de pulgas croatas que faz seu show! O canhão, de onde a "pulga-bala" sai e faz seu espetáculoPara elaborar o roteiro, os atores estudaram a fundo a tradição do circo das pulgas e até as suas características biológicas. "Fizemos um estudo científico do seu universo. Ela tem uma força equivalente a 300 vezes seu próprio peso, por isso pula tão alto. Seria o equivale a um homem saltar 18 metros de altura", explica Assad. Nessa pesquisa, eles encontraram uma espécie raríssima de pulga, que é vegetariana - geralmente, elas se alimentam de sangue. E, claro, eles trouxeram uma para o espetáculo: a Ponga, que vem do Zimbabue. "Quando ela toma uma gota de sangue, ela fica indomável", avisa. Fotos: Divulgação

Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

Teatro do Sesi - SP

Teatro do Sesi - SP

Galeria de Arte do SESI-SP

Galeria de Arte do SESI-SP

26m

Benê Food des Arts

Benê Food des Arts

32m

Barbearia 9 de Julho

Barbearia 9 de Julho

61m

Manteigaria Lisboa - Jardim Paulista

Manteigaria Lisboa - Jardim Paulista

73m A casa é especializada no famoso pastel de nata, sendo esta a segunda unidade aberta em São Paulo, comandada pelo chef Duval, que não utiliza gorduras em excesso

Outback Steakhouse - Shopping Cidade São Paulo

Outback Steakhouse - Shopping Cidade São Paulo

89m Nova unidade do restaurante inaugura na avenida Paulista

Notícias recomendadas

Inhotim lança duas novas exposições virtuais no Google Arts & Culture

Com uma nova perspectiva, mostras apresentam obras de Cildo Meireles e trabalhos expostos ao ar livre

Google Arts&Culture disponibiliza obras do artista plástico e militante político Antonio Benetazzo; saiba mais!

Exposição faz parte do projeto "O ​que ​é ​Arte ​Contemporânea?", que revela detalhes da produção artística brasileira

Agora você pode visitar a exposição dos 20 anos de Harry Potter em uma plataforma online do Google; saiba mais!

Em cartaz em Londres, "Harry Potter: Uma História Mágica" celebra o aniversário da saga

Museu da Empatia chega a São Paulo com instalação interativa; saiba mais!

Projeto temporário permite que as pessoas se coloquem no lugar das outras

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959