Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Mostra Alfred Hitchcock

Uma mostra surpreendente do cineasta Alfred Hitchcock traz obras-primas e outros filmes menos conhecidos do público.

Este evento terminou

Mostra Alfred Hitchcock

Data 21 Jun 2011-24 Jul 2011
No Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), até o dia 24 de julho; CineSesc, até 17 de julho.

Preço(s) CCBB, R$ 4 (R$ 2 a meia entrada); CineSesc de R$ 6 a R$ 12.

Horário(s) Sob consulta.

Endereço
(próximo às estações Sé e São Bento do Metrô)
Rua Álvares Penteado, 112, Centro 01012-000

Telefone (11) 3113-3651

Portas que rangem quando se abrem. O assassino à espreita, esperando o momento exato para atacar. Do outro lado, na plateia, o frio na espinha só aumenta. Assim são muitos dos filmes do mestre do suspense Alfred Hitchcock que fazem parte da Mostra Hitchcock, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Centro, até o dia 24 de julho, e no CineSesc, na Augusta, de 8 a 17 de julho. A importância do cineasta é tão grande que dá para falar na divisão do cinema de suspense em "antes e depois de Hitch", como seus admiradores o chamam. Foi ele quem praticamente criou esse estilo. "Ele era fascinado pelo gênero, foi quem desenvolveu as técnicas de narração", conta o curador e organizador da Mostra, Arndt Roskens. Além de apaixonado por criar o frio na espinha no escurinho do cinema, Hitchcock era um adepto das novas tecnologias. "Ele fez o primeiro filme falado na Inglaterra e experimentou o 3D em Disque M para Matar, com os óculos verde e vermelho", conta Roskens. Ou seja: Hitchcock não se contentava somente em assustar o público, ele o inseria no contexto da história. A mostra, que é assiiim... uma Brastemp, traz uma filmografia bem completa do cineasta inglês. Os filmes clássicos não poderiam faltar: Janela Indiscreta (1954), Um Corpo que Cai (1958) e Psicose (1960). E todos serão exibidos em salas de cinema - o que torna o clima de suspense ainda mais arrepiante. Outras obras são raridades, como O Inquilino (1927), um dos seus primeiros filmes como diretor; a versão original de O Homem que Sabia Demais (1934); e as versões inglesa e alemã de O Assassinato (1930), que conta com uma curiosidade: ele foi filmado nesses dois idiomas ao mesmo tempo - trocavam-se os atores, mantinha-se a história. Uma oportunidade única de (re) ver obras de arte do mestre do suspense de maneira ainda mais assustadora. Foto: A Janela Indiscreta/DivulgaçãoCentro Cultural Banco do BrasilRua Álvares Penteado 112, Centro(11) 3113-3651, 3113-3652CineSescRua Augusta, 2.075, Consolação(11) 3087-0500

Mapa do local

Explore ao redor

Cafezal Cafés Especiais

Restaurantes

Bolsa Oficial de Café - Santos

Arte

Espaço Cultural BM&FBOVESPA

Arte

Bolsa de Valores de São Paulo - Bovespa

Viagens

Espaço Bovespa

Arte

Braços Abertos na Virada Cultural 2014

Viagens

Notícias recomendadas

Conheça a 'Transe', plataforma digital que promove e conecta agentes das artes visuais no Brasil

Arte

Cirque du Soleil lança site especial durante a quarentena; saiba tudo!

Arte

15 museus brasileiros para visitar online

Arte

8 lives de galerias e museus para você curtir arte em casa

Arte

Curitiba recebe visita de museu egípcio itinerante; saiba mais!

Arte

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte