Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Skate é cultura

Fotos, vídeos e o inusitado zootropo revelam o mundo do shape e das rodinhas em uma exposição na Galeria Olido, no Centro.

As fotos mostram como os skatistas usam as estruturas do centro da cidade para andar com seu shape (Alexandre Vianna)

Este evento terminou

Skate é cultura

Data 09 Ago 2011-02 Out 2011
De 5 de agosto a 2 de outubro.

Preço(s) Gratuito.

Horário(s) Terça a domingo, das 13h às 20h.

Estação República do Metrô
Avenida São João, 473, Centro 01035-000

Telefone (11) 3331-8399

Andar de skate em um half (aquela pista em formato de U) ou descer grandes rampas é a imagem que se tem do esporte. Mas em metrópoles como São Paulo, os amantes dos shape com rodinhas não encontram esses espaços com freqüência. O jeito é improvisar nas calçadas, praças e até nas ruas. Esse é o tema da exposição Apropriação - Meu Centro é o Skate, que fica até o dia 2 de outubro na Galeria Olido, na Avenida São João, que traz fotos e instalações multimídia para mostrar a beleza plástica desse esporte.

As fotos, produzidas por sete fotógrafos, têm como cenário locais muito frequentados pelos skatistas, como a Praça Roosevelt, a Rua Augusta e o Vale do Anhangabaú - e nem é porque eles têm a melhor estrutura para a prática do esporte. "O chão é ruim, mas os skatistas se superam para fazer algo em um lugar não muito favorável", conta Homero Nogueira, fotógrafo e curador da mostra.

É o famoso "se virar" do vocabulário brasileiro: se o terreno não ajuda, os praticantes precisam descobrir outras formas de usar sua tábua com rodinhas. Nesse improviso, vale usar os bancos da praça, corrimãos, escadas e outras construções que seriam consideradas obstáculos - tudo isso está à mostra nas 52 fotos da exposição.

Mas não é só. Duas instalações trazem vídeos sobre o skate. Uma delas faz uma brincadeira e mistura imagens passadas em velocidade alterada com o cotidiano dos moradores de São Paulo, com flashes de lugares famosos do centro. A outra é praticamente uma aula da modalidade. "Ela vem com imagens em slow motion, com os movimentos do skate para quem não sabe", continua Nogueira.

Além disso, dois zootropos vão chamar a atenção dos visitantes. O equipamento é considerado o avô do cinema moderno: uma construção circular com 1,20 m de diâmetro, com algumas fendas na parte externa e fotos na parte interna que, ao ser rotacionada, cria a ilusão de movimento. "Ele vai mostrar uma sequência de skate", diz. Para conhecer um pouco do mundo do skate e, quem sabe, até se arriscar numas manobras, vá a essa exposição que é assiiim... uma Brastemp. 


Mapa do local

Explore ao redor

Centro de Memória do Circo

Arte

Cine Olido

Cinema

Trackertower

Arte

Cine Don José - Cinema Pancadaria

Cinema

Cabaret Brazil

Bares

Notícias recomendadas

Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro disponibiliza online seu acervo de pintura com mais de 400 itens

Arte

B3 cede obras de grandes nomes do movimento modernista ao MASP

Arte

Inhotim lança duas novas exposições virtuais no Google Arts & Culture

Arte

Google Arts&Culture disponibiliza obras do artista plástico e militante político Antonio Benetazzo; saiba mais!

Arte

Agora você pode visitar a exposição dos 20 anos de Harry Potter em uma plataforma online do Google; saiba mais!

Arte

Museu da Empatia chega a São Paulo com instalação interativa; saiba mais!

Arte