Guia da Semana

Um pouco de tudo

Fenômenos da Física, da Ecologia e da Sociedade: assuntos tão diversos convivem muito bem no Catavento Cultural e Educacional.

Um pouco de tudo

Preço(s) R$ 6 (R$ 3 para meia entrada)

Horário(s) 9h às 17h.

Palácio das Indústrias
Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/nº, 03003-060

Telefone (11) 3315-0051

Nos seus quase 100 anos de história, o Palácio das Indústrias, no Parque D.Pedro, já foi palco de tudo um pouco: abrigou um espaço de exposições, uma delegacia com direito a prisões no claustro e foi até sede da Assembleia Legislativa e da Prefeitura. Com uma trajetória variada como essa, o prédio foi o destino natural do Catavento Cultural e Educacional, um espaço assiiim... uma Brastemp, que reúne os conhecimentos das ciências Exatas, Humanas e Biológicas.

O lugar é quase uma universidade e nem é por causa do tamanho. São quatro as áreas em que o conhecimento é dividido no Catavento: universo, vida, engenho e sociedade, que falam, respectivamente, de astronomia, biologia, física e relações humanas. "O Catavento não é um museu, mas sim um espaço interativo de educação não formal e com diferentes conhecimentos científicos", conta Paula Rodrigues, uma das educadoras do Catavento. O Aquário, no Catavento, faz parte da seção "Vida".

O próprio nome já diz tudo: como o catavento "pega" as correntes de ar em qualquer direção e se movimenta, a ideia é trazer as várias temáticas do conhecimento humano para um só lugar. Sendo assim, no térreo do prédio, ao lado de uma maquete do sol, há experimentos da Física; no andar superior, a ecologia e o estudo do genoma convivem com as discussões sobre gravidez na adolescência e a nanotecnologia.

O lugar é um prato cheio especialmente para crianças e jovens, que podem ver na prática o que aprendem na sala de aula. E o espaço ficou ainda mais rico, com a doação do acervo do Museu da Ciência e Tecnologia do Estado, que ficava no bairro do Jaguaré, na zona oeste. Entre as peças que agora fazem parte do Catavento estão a Locomotiva Dübs, de 1888, feita na Inglaterra e que era da Cia. Paulista de Estradas de Ferro; a Roda Pelton, uma turbina hidráulica de 22 toneladas que foi concebida para funcionar em desníveis de mil metros de altura, para gerar eletricidade; e um DC-3, um avião cargueiro de 1936 utilizado na Segunda Guerra Mundial e que, mais tarde, foi adaptado para transporte de passageiros até 1972. Uma viagem no tempo e na ciência alinhada com o gosto da galerinha mais nova.

Compartilhe

Comentários

Notícias recomendadas

B3 cede obras de grandes nomes do movimento modernista ao MASP

Comodato é um presente cultural da empresa de infraestrutura de mercado financeiro para o Brasil

Inhotim lança duas novas exposições virtuais no Google Arts & Culture

Com uma nova perspectiva, mostras apresentam obras de Cildo Meireles e trabalhos expostos ao ar livre

Google Arts&Culture disponibiliza obras do artista plástico e militante político Antonio Benetazzo; saiba mais!

Exposição faz parte do projeto "O ​que ​é ​Arte ​Contemporânea?", que revela detalhes da produção artística brasileira

Agora você pode visitar a exposição dos 20 anos de Harry Potter em uma plataforma online do Google; saiba mais!

Em cartaz em Londres, "Harry Potter: Uma História Mágica" celebra o aniversário da saga

Museu da Empatia chega a São Paulo com instalação interativa; saiba mais!

Projeto temporário permite que as pessoas se coloquem no lugar das outras

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Cadastre-se para
NOVIDADES

Receba ofertas de
PASSAGENS

×
Receba novidades do Guia da Semana

Whatsapp Guia da Semana
Receba nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas em seu Whatsapp

CADASTRE-SE

Notificações em seu PC ou celular
Receba notificações instantâneas com nossos tópicos mais quentes e notícias fresquinhas

CADASTRE-SE

Ofertas de passagens
Receba as melhores ofertas e promoções de passagens aéares em seu Whatsapp.

CADASTRE-SE

Newsletter do Guia da Semana
Dicas semanais para aproveitar o melhor que a cidade tem a oferecer.