Guia da Semana
Arte
Por Redação Guia da Semana

Viagem ao Centro da Terra

Que tal participar de uma peça teatral em um teatro a 15 metros de profundidade? Sim, esse lugar existe: é o Teatro do Centro da Terra.

Em Outrokê, pessoas da plateia são convidadas a participar da peça (Ana Fuccia)

Viagem ao Centro da Terra

Preço(s) Sob consulta.

Horário(s) 9h às 18h; bilheteria, 2h antes dos espetáculos.

Rua Piracuama, 19, 05017-040

Telefone (11) 3675-1595

Um teatro com palco de um lado e público de outro. Igualzinho a muito teatro que encontramos por aí. Mas, como esse é o Guia Não Óbvio, esse é um teatro com algumas particularidades que fazem dele assiiiim...uma Brastemp. Primeiro: a participação do público nas peças. Sim, algumas pessoas da plateia são convidadas a interagir com os atores no meio da peça. E outro detalhe que chama a atenção: o palco fica no subsolo do prédio, a 15 metros de profundidade: é o Teatro do Centro da Terra, que fica no Sumaré.
 
A história do teatro, embora lembre o livro Viagem ao Centro da Terra, do escritor francês Julio Verne, é mais paulistana e fruto da pesquisa do diretor de teatro Ricardo Karman. "Eu costumava ensaiar em uma sala no quarto subsolo de um prédio que fica ao lado de onde é o teatro hoje", lembra. Isso foi o começo de seu grupo teatral Kompanhia de Teatro Multimídia de São Paulo, em 1989. Sempre buscando a inovação, as peças dirigidas por Karman têm na interatividade com o público sua característica mais marcante, além da utilização de recursos multimídia.

Utilizando as instalações do prédio vizinho, onde Karman já ensaiava e que ficava em um terreno muito inclinado, ele fez toda a escavação e estruturação para a construção do teatro, no quarto subsolo do edifício. Com capacidade para 100 pessoas, o teatro é considerado uma das melhores salas de São Paulo e recebe apresentações de diversos grupos, com propostas que variam das peças tradicionais - com auditório de um lado e palco do outro - até as peças de Karman, em que as pessoas são convidadas a participar. "O público fica no centro do espetáculo, é também artista e não fica somente olhando. Mas não é nada compulsório", avisa. 

Karman explica que o público não se espanta com os acontecimentos inusitados que acontecem na peça - pelo contrário, espera por isso. "As pessoas geralmente já sabem do que se trata, vêm preparadas e com conhecimento prévio. Para quem não sabe, a gente explica". Porque não basta ser um teatro embaixo da terra e somente ser plateia, tem que participar.

 


Mapa do local

Explore ao redor

Central das Artes

Bares

Espaço Cultural Pró-TV

Turismo

Museu da Televisão

Arte

Cortás Espeto e Pastel

Restaurantes

Bar dos Menine

Bares

Emagrecentro - Pompéia

Na Cidade

Notícias recomendadas

Google Arts & Culture disponibiliza tour virtual e coleções digitais do acervo do Museu Nacional

Arte

Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro disponibiliza online seu acervo de pintura com mais de 400 itens

Arte

B3 cede obras de grandes nomes do movimento modernista ao MASP

Arte

Inhotim lança duas novas exposições virtuais no Google Arts & Culture

Arte

Google Arts&Culture disponibiliza obras do artista plástico e militante político Antonio Benetazzo; saiba mais!

Arte

Agora você pode visitar a exposição dos 20 anos de Harry Potter em uma plataforma online do Google; saiba mais!

Arte