Guia da Semana
Na Cidade
Por Redação Guia da Semana

São Paulo em vários cliques

Grupos de pessoas se reúnem para sair pelas ruas paulistanas para fotografar: além de exercer uma forma de arte, essas pessoas conhecem melhor a cidade e fazem novos amigos.

Os passeios convidam as pessoas que gostam de fotografia para sair clicando pela cidade (Yuri Bittar)

São Paulo em vários cliques

Preço(s) Gratuito.

Horário(s) a partir das 9h.

Rua Augusta,, 00000-000

Você anda todos os dias por São Paulo e vê sempre os mesmos lugares, enfrenta o mesmo trânsito e passa quase sempre pelo mesmo caminho. Que tal sair do "mesmo" e ver a cidade com outros olhos, reparar em detalhes que passam despercebidos na rota diária? Parece fora do óbvio...E é mesmo. Ainda mais quando o passeio inclui uma câmera fotográfica e atenção para tirar as melhores fotos.

 

O programa fica mais surpreendente quando se pratica a atividade com um grupo de pessoas, que têm ideias semelhantes mas uma vontade de sair por aí registrando diferentes ângulos, poses, posições e rostos. Existe um roteiro de passeios fotográficos em grupo, um programa em que uma turma se reúne em algum ponto de São Paulo, recebe instruções de um fotógrafo experiente e sai por aí clicando o que vier à cabeça - e, principalmente, aos olhos. O Guia Não-Óbvio Brastemp selecionou dois deles para você conhecer e, quem sabe, participar. Em ambos, os integrantes dos grupos podem usar qualquer câmera e não precisam ter conhecimento de fotografia. É uma maneira bem inusitada de aprender a tirar fotos ou a mexer na sua máquina nova.

 

Saída Fotocultura

 

"É uma maneira de conhecer a cidade, as pessoas e a cidadania", conta Yuri Bittar, fotógrafo com formação em Desenho Industrial e História, que também leciona Fotografia em universidades e cursos livres. A ideia de montar o passeio surgiu em 2008, para levar os primeiros alunos dos cursos de extensão para praticar o que aprenderam nas salas de aula. "Eles acabaram pedindo saídas noturnas e [perguntaram] se poderiam levar mais amigos. Percebi que essas pessoas de fora incrementaram a atividade e, no fim, os passeios ficaram maiores do que os cursos", explica.

 

Bittar organiza suas saídas a cada dois meses e o grupo chega a ter mais de 70 participantes. Os pontos de encontro mudam a cada edição, os passeios duram três horas e ele acompanha as pessoas enquanto caminham pelas redondezas. "Eles aprendem entre eles e eu também aprendo muito com eles", afirma. Muitos fazem o passeio mais de uma vez, aproveitando para outros propósitos, como o de fazer novas amizades. "Já aconteceu de, em uma das saídas, um casal se conhecer. E acabou em casamento", lembra.

 

Os participantes podem revelar as fotos se quiserem; em quase todos os encontros acontece o "Fotoescambo": eles levam fotos em papel e trocam entre si, uma forma de mostrar seu trabalho. As saídas acontecem, em geral, aos sábados de manhã, das 10h às 13h, ou à noite, das 18h às 21h.

 

Foto: Flávio Veloso/Jornada Fotográfica


Um outro ângulo das curvas do edifício Copan


Jornada Fotográfica

 

Caminhar por diferentes pontos de São Paulo e tirar as fotos que quiser em qualquer ângulo, voltar em três horas, deixar as fotos revelando enquanto a turma almoça, para depois fazer um painel e expor o resultado do trabalho. Esse é o roteiro idealizado por André Douek, fotógrafo formado em Pintura e especializado em Fotografia. "Eu deixo as pessoas à vontade para fotografar. Vale até onde ela conseguir ir e voltar para o ponto de partida", diz.

 

Douek, que é chefe da seção técnica do Museu Histórico da Imagem Fotográfica da Cidade de São Paulo, faz suas jornadas desde 1996. Os passeios são mensais e reúnem entre 20 e 40 pessoas, dependendo de onde é marcado o ponto de encontro. A última edição, que aconteceu em outubro, reuniu um número recorde de participantes: 161. Não era para menos: a sessão de fotos foi no Copan. "Eles puderam subir no topo do prédio para fotografar lá de cima", conta.

 

Os passeios também funcionam aos sábados, duram três horas e geralmente são realizados de manhã, das 9h às 12h. Depois que a sessão de fotos termina, os participantes almoçam, deixam cartões de memória ou filmes sendo revelados e, em duas horas, se reúnem para elaborar um painel onde as fotos serão expostas. Nessa hora, todo cuidado é pouco: os cliques participam de uma exposição no Arquivo Histórico Municipal. 


Mapa do local

Explore ao redor

Sujinho - Bisteca d´Ouro - Consolação

Restaurantes

Galeraki

Restaurantes

Papillon de Nuit

Bares

FunHouse

Baladas

Mestiço

Restaurantes

Geni

Bares

Notícias recomendadas

Explore SP: Parelheiros é opção de área verde na zona sul da cidade

Na Cidade

10 lugares em São Paulo que valem as filas nos finais de semana

Na Cidade

Show da Ludmilla, festival de cerveja e churrasco e mais 19 eventos imperdíveis que rolam neste final de semana em São Paulo

Na Cidade

10 lugares para se sentir no interior sem sair de São Paulo

Na Cidade

7 roteiros para quem quer passar o dia explorando São Paulo

Na Cidade

Explore o Centro de SP: 10 lugares para conhecer na região da República

Na Cidade