Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

3 motivos que comprovam que Valesca Popozuda manda um beijinho no ombro do preconceito

Ela já deu boas tiradas em muita gente que se acha esperta.

Valesca Popozuda (Divulgação)

As funkeiras arrasam, seja nas letras, nos looks ou nas performances, elas sempre são assunto e desde sempre dividem bastante as opiniões, sendo objeto de amor para alguns e ódio para outros. Desde as mais antigas, como Tati Quebra Barraco, que popularizaram o gênero e o levaram para além das periferias, até as mais novas como MC Ludmilla, que tem atraído um publico maior e mais diversificado, o funk sempre arrasta multidões e para quem torcer o nariz, o beijinho no ombro já está dado.

+ Dicionário Gay: Conheça 11 gírias do universo homossexual
+ Quatro rappers internacionais para você escutar e curtir
+ 10 coisas para considerar antes de fazer sexo online

De todas estas mulheres que representam no funk, uma reina absoluta. Valesca Popuzuda foi adotada pelo público e hoje é a rainha deste gênero musical. Ela, como todas as outras, é alvo de preconceito, mas a postura que adotou, tanto nas letras quanto na atitude, colocam muito preconceituoso no chinelo. Recorde três boas tiradas que ela já deu em gente que se acha muito esperta.

Valesca X Levy Fidelix

Valesca defende a causa LGBT. A funkeira não tem medo de dizer o que pensa e está sempre disposta a defender as causas dos fãs. Nesta semana, após a declaração infeliz do candidato a presidência Levy Fidelix, que ofendeu os homossexuais após uma pergunta de Luciana Genro, Valesca fez um texto se posicionando e mostrou que é diva em qualquer situação. Dá uma lida no que ela escreveu em um artigo para o jornal Extra.

"E “dois iguais não se reproduzem”? Meu caro, muitas vezes, os héteros jogam seus filhos no lixo, abandonam e até mesmo matam por falta de amor. Tenho certeza que “dois iguais” seriam uma excelente família, com muito carinho e amor. Tenho pena de quem convive com esse homem e não desejo, jamais, que ele tenha um filho ou neto gay. Porque ninguém merece ter esse homem como parente na vida. Uma vez, me perguntaram: “Valesca, e se seu filho fosse gay?”. Eu, hoje, digo que daria graças a Deus por ele ser gay e não ser um ser humano como esse senhor Levy Fidelix. Aí, sim, seria um desgosto pra qualquer mãe ter um filho como esse homem.

Senhores políticos, vamos parar de misturar religião e assumir o problema da homofobia. Vamos agir mais e parar de fazer apoios apenas para ganhar votos. Quero ver ação e não apenas promessas. Os gays precisam de uma lei e, não, de encenação”.

Valesca x Machismo

Goste as correntes feministas ou não da ideia, Valesca é feminista, sim. Ela levanta a bandeira da emancipação feminina e defende que toda mulher deve ser livre para agir da maneira que quiser, sem precisar seguir uma cartilha machista.

Valesca X Acadêmicos

Recentemente ela foi citada por um professor como uma pensadora contemporânea e isso gerou certa controvérsia. Sobre os comentários ela escreveu em sua conta no facebook mais uma vez mandando um beijinho no ombro para o preconceito:

"Eu acho uma bobagem isso tudo, talvez se ele tivesse colocado um trecho de qualquer música de MPB ou até mesmo de qualquer outro gênero musical que não fosse o Funk, não tivesse gerado tal problema."


Atualizado em 2 Out 2014.

Mais notícias

Lives de Carnaval: confira a agenda completa dos shows virtuais

Shows

Agenda: lives imperdíveis de fevereiro de 2021

Shows

Shows nacionais em São Paulo em 2021

Shows

Shows internacionais em São Paulo em 2021

Shows

Confira a agenda de lives imperdíveis em dezembro de 2020

Shows

Shows imperdíveis em São Paulo em dezembro de 2020

Shows