Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

As piores mancadas de 2007

Colunista enumera as maiores pisadas na bola do ano.



Em tempos de retrospectiva, existe sempre a velha briga pelos melhores e piores acontecimentos do ano que termina. A lista que segue abaixo não foi colocada exatamente em ordem de importância, mas faz um resumo das 10 piores mancadas, mesmo que involuntárias, que permearam o mundo da música no Brasil e no mundo em 2007.

Britney Spears no VMA´s

Ela era a menina dos olhos da indústria fonográfica pouco tempo atrás. Pouco hábil para administrar a própria carreira (e a própria vida), Britney se envolveu em diversos escândalos e apostou suas fichas numa volta triunfal que não aconteceu. Em setembro, no palco da premiação do VMA´s (o Vídeo Music Awards, da MTV americana) ela não conseguia nem acompanhar o playback. Muito menos dançar. Isso sem contar a péssima escolha de figurino. Deixou todo mundo boquiaberto de desgosto. E suscitou o escárnio.

Os escândalos de Amy Winehouse

A cantora britânica Amy Winehouse alimentou a imprensa marrom com vários escândalos em 2007. Mas não há nada de engraçado nos problemas dela. Principalmente agora, que sua carreira parecia decolar e trazia novos ares à cena pop mundial. Amy tem sido banida de apresentações em diversos países além de cancelar compromissos profissionais devido ao consumo excessivo de álcool e drogas. Para piorar, seu marido está preso por ter agredido o dono de um bar e por obstrução do caso na Justiça.

A ala VIP do Police

Ala VIP é pra quem pode. Como por exemplo, aquele ex-BBB que você nem lembra mais da cara, figurinhas da novela das 8, alguns políticos & seus afiliados, e ainda o hall de representantes da classe trabalhista "modelo-e-atriz". Eles estavam todos lá: sorrindo para as câmeras e fingindo saber de cor os clássicos do The Police, no Maracanã. No melhor lugar da festa, de cara para o palco e de graça. Os fãs? Ah, a maioria deles estava bem mais distante do palco.

A organização do Tim Festival em São Paulo

O velho problema do som baixo no Anhembi ainda não tem solução. Björk fez uma bela apresentação, mas teve o som prejudicado no Tim Festival. O evento, aliás, terminou 4 horas após o previsto - quando o sol raiava em plena segunda-feira. E olha que Arctic Monkeys e The Killers fizeram shows mais curtos do que o programado. E para o público, cerveja quente e copos d´água por 5 reais.

A falta de Leslie Feist

A cantora canadense Feist acabou cancelando suas apresentações no Brasil, em outubro, alegando problemas de saúde. Ela era uma das atrações mais aguardadas do Tim Festival. Foi adequadamente substituída por Cat Power e Antony & The Johnsons, mas frustrou o público brasileiro com a não aparição. Os ingressos para seus shows tinham se esgotado rapidamente em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Tropa de Elite - a música

Era só mais um produto tão mal composto quanto mal produzido, de uma banda esquecida, o Tihuana. Com o fenômeno de público e a polêmica em torno do filme homônimo de José Padilha, o hit caiu nas graças de gente de todas as idades. E virou mantra para os meninos que agora deixam as escolas fazendo cara de mau e repetindo o tal do refrão. È tudo paupérrimo: letra e música.

O Rei totalitário

A censura do livro Roberto Carlos em Detalhes, do historiador Paulo César de Araújo, é certamente um capítulo nebuloso na biografia do Rei - e que, obviamente, não consta nas páginas proibidas que lhe causaram tanto constrangimento. Por enquanto, a mancada nem precisa figurar em livro: todo mundo percebeu que a corda arrebenta do lado mais fraco. Só pra variar.

A volta dos Backstreet Boys

Após sete anos de inatividade, a boy band mais aclamada pelas patricinhas da segunda metade dos anos 90, lançou um novo álbum. Unbreakable soa mais do que ultrapassado, e se bobear, nem mesmo as antigas fãs estão prestando atenção no que sobrou desse fenômeno pop. Até agora, pouco mais de 80 mil cópias foram vendidas - um fracasso para as aspirações mercadológicas do grupo. Sem contar que eles nem são mais tão bonitinhos assim...



A volta das Spice Girls

Sim, elas também decidiram voltar, mas por enquanto, só lançaram uma coletânea de maiores sucessos e iniciaram uma turnê mundial. Espalhafatosas como sempre, as cinco inglesinhas seguem apelando para os tablóides. E escondem o jogo sobre possíveis apresentações no Brasil.

Os chiliques de Chris Martin

Convenhamos que Chris Martin tenha lá seus motivos para não gostar da imprensa, mas não precisa dar chilique em toda entrevista. Após ter abandonado uma coletiva em Buenos Aires, ele foi bastante grosseiro em São Paulo, no mês de fevereiro, durante a passagem do Coldplay por aqui. Perguntado sobre quais eram seus filmes favoritos estrelados pela esposa Gwyneth Paltrow, respondeu: "Quais são as suas posições sexuais favoritas?". Ele deu a entrevista como encerrada duas perguntas depois.


Quem é o colunista: Renata D´Elia
O que faz: é jornalista e tradutora.
Pecado gastronômico: pizza.
Melhor lugar do Brasil: Paris? Londres?






Atualizado em 2 Dez 2011.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows

9 shows imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Shows