Guia da Semana
Shows
Por Rafaela Piccin

Bandas femininas que você tem que conhecer

Conheça The Runaways, The Donnas, Le Tigre, e muito mais.

The Runaways é destaque (Divulgação)

Ao longo dos anos, as mulheres vêm conquistando cada vez mais espaço em diversas áreas, como política, trabalho, esportes, entre outras. E com a música não poderia ser diferente.

Confira os shows internacionais que rolam em 2013
Veja um roteiro com o melhor da programação grátis de SP

Em homenagem ao aniversário de Joan Jett (22 de setembro), umas das maiores cantoras de rock, o Guia da Semana listou algumas bandas femininas que você tem que conhecer. Confira:

The Runaways

Antes de seguir carreira solo acompanhada pela banda The Blackhearts, Joan Jett foi guitarrista e vocalista da The Runaways. Uma das maiores - senão a maior - banda feminina da história, tiveram carreira curta e sucesso que repercute até hoje com os hits Cherry Bomb, Queens of Noise e Born To Be Bad. 

The Donnas


Quatro garotas estadunidenses, fãs de Ramones, formaram uma banda de punk rock em 1993. O resultado? Do estilo "de garagem" a um glam punk, as meninas fizeram muito sucesso e lançaram oito álbuns como The Donnas, incluindo um com os melhores hits. Anteriormente, a banda chamava Ragady Anne, que lançou um álbum homônimo, e The Electrocutes, que teve o trabalho Steal Yer Lunch Money 

Spice Girls

Mesmo que contassem com uma banda de apoio, as Spice Girls têm que figurar na lista pela grande representatividade no gênero pop - destaque para o hit Wannabe. Inicialmente, o grupo se chamava Touch, e depois de dois anos ficou com o nome definitivo. 

Bikini Kill


As americanas do punk rock se juntaram em outubro de 1990. A banda é considerada a pioneira do riot grrrl - movimento feminista dentro da música -, com letras radicais e performances incendiárias. O grupo durou sete anos, gravando dois álbuns, vários EPs e duas compilações. Kathleen Hanna, ex-vocalista e compositora, a partir do término da Bikini Kill, se juntou com outras pessoas e fundou o Le Tigre. 

Le Tigre

Apesar de ter a fisionomia de um rapaz, JD Samson nasceu fisicamente como uma mulher, que, pouco a pouco, conseguiu se libertar e viver da forma que acredita. As letras da banda disseminam o feminismo e apóiam a comunidade LGBT por experiências próprias das integrantes. O som delas é bem diferente, misturando rock com eletroclash, dance-punk e estilos do gênero.  

Volkana 

Eis uma banda brasileira na seleção. As volkanas, Cláudia França, Karla Carneiro, Selma Moreira e Pat, unidas em 1987, são de Brasília e tocavam thrash e heavy metal. A formação original durou até 1996, quando o grupo fez uma pausa e retomou as atividades em 2008, com a seguinte formação: Mila Menezes, Marielle Loyola, Renata Lopes e Sérgio Facci. 

L7


L7 foi uma banda de rock formada por garotas estadunidenses em 1985. Eram elas: Donita Sparks e Suzi Gardner, e, posteriormente, uniram-se a elas Jennifer Finch e Dee Plakas. Apesar de o fim do grupo não ter sido declarado oficialmente, acredita-se que a banda tenha acabado em 2000. O nome, L7, é uma gíria nos EUA para "quadrado" (fazendo o símbolo de um L com uma mão e de um 7 com a outra, usando os dedos indicadores e polegares).


Por Rafaela Piccin

Atualizado em 14 Out 2013.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sidney Magal faz show no Quintal do Espeto Tatuapé no dia 11 de abril; saiba mais!

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows