Guia da Semana
Shows
Por Anderson Nascimento

Cinco álbuns românticos para ouvir no Dia dos Namorados

Guia da Semana lista discos essenciais para curtir ao lado do seu par neste 12 de junho.

Lô Borges e Milton Nascimento, um dos grandes responsáveis pelo clássico "Clube da Esquina", de 1972 (Divulgação)

Mais um Dia dos Namorados se aproxima. A data é celebrada por casais de todo o país que aproveitam para aumentar ainda mais a chama da paixão. E a música, claro, ajuda nesse aspecto.

+ Página especial Dia dos Namorados
+ Presentes para o Dia dos Namorados
+ Restaurantes em SP para o Dia dos Namorados

Os namorados sempre têm sua música, álbum, banda ou cantor prediletos. O Guia da Semana também tem os seus e decidiu fazer um TOP 5 álbuns românticos para ajudar os pombinhos na hora da trilha sonora.

Tem para todos os gostos: MPB, pop, indie, folk, soul... Tome nota e se prepara pro romance:

Clube da Esquina, Milton Nascimento e Lô Borges, lançado em 1972


Nascido em Minas Gerais, o Clube da Esquina encantou o Brasil no início da década de 1970. Encabeçado por Milton Nascimento, Lô e Marcio Borges, Wagner Tiso e mais uma porção de músicos extremamente talentosos, o coletivo lançou seu álbum de estreia, Clube da Esquina, em 1972. O LP, duplo, é considerado um dos mais importantes da história da MPB. O disco, com letras e melodias lindas e tocantes, traz clássicos como “O Trem Azul”, “Um Girassol da Cor do Seu Cabelo” e “Paisagem da Janela”.

Let’s Get It On, Marvin Gaye, lançado em 1973


Marvin Gaye é o mestre da sedução. O norte-americano, uma das vozes mais importantes da soul music em todos os tempos, lançou o seminal Let’s Get It On em 1973. A faixa-título ainda é lembrada por muitos como a canção mais sexy de todos os tempos. O álbum, cheio de letras eróticas e referências ao sexo, ainda emplacou os hits “”You Sure Love To Ball” e “Come Get To This”.

O Último Romântico, Lulu Santos, lançado em 1987


Um dos grandes hitmakers brasileiros em todos os tempos, Lulu Santos surgiu e viveu seu auge na década de 1980. E em 1987, o carioca lançou O Último Romântico, sua primeira coletânea. O álbum é um compilado de sucessos e traz clássicos como “De Repente Califórnia”, “Tempos Modernos” e “Um Certo Alguém”. Para quem gosta de música pop feita no Brasil, O Último Romântico é a melhor pedida para o Dia dos Namorados.

Roberto Carlos, Roberto Carlos, lançado em 1971


Ninguém fala de amor como Roberto Carlos. E em 1971 o Rei lançou um de seus mais aclamados álbuns. Mais conhecido como Roberto Carlos 1971, o trabalho é um dos mais bem-sucedidos da carreira do cantor nascido em Cachoeiro do Itapemirim, no interior do Espírito Santo. “Detalhes”, um dos maiores sucessos do Rei, abre o disco, que também conta com “Traumas”, “Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos”, “Amada Amante” e muitos outros.

Sea Change, Beck, lançado em 2002


Sea Change
é o capítulo mais melancólico da carreira do norte-americano Beck. Gravado durante seu processo de divórcio, o álbum traz uma sonoridade sombria e triste, muito diferente de tudo que o músico fez e faria ao longo de sua trajetória musical. Enraizado em elementos do folk, Sea Change é todo voz e violão e transpassa um sentimento de tristeza que cativa e emociona. “Golden Age” é o grande sucesso do trabalho.


Por Anderson Nascimento

Atualizado em 13 Jun 2013.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows

9 shows imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Shows