Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

De fora do VMA, M.I.A acusa MTV de preconceito

Cantora critica a emissora por falta de visibilidade às minorias.

Cantora acusa MTV de racismo, sexismo, classismo e elitismo (Divulgação | H&M)

Após a divulgação da lista de indicados ao VMA 2016, a cantora de origem asiática M.I.A., ignorada na premiação, usou as redes sociais para criticar a MTV. O motivo? Uma lista de “ismos”: "MIA - BORDERS não está incluído no VMA. hahahahaha! Racismo, sexismo, classismo, elitismo. #Nãoqueroseucaminho"

O fato de que seu clipe “Borders”, lançado em novembro, não tenha recebido nenhuma indicação deixou a cantora bastante incomodada. É que, segundo ela, artistas não americanos sofrem com a falta de visibilidade pela mídia. E faz todo o sentido: com uma letra politizada, a música critica políticos, fronteiras e violência policial, além de denunciar a crise dos refugiados. No Twitter, M.I.A. continuou:

"BORDERS veio representar pessoas de fora dos EUA, mostrando o mundo. Este é um exemplo perfeito de vozes "permitidas" versus vozes excluídas”.

E vocês, o que acharam da postura da cantora?


Por Redação Guia da Semana

Atualizado em 29 Jul 2016.

Mais notícias

Lives de Carnaval: confira a agenda completa dos shows virtuais

Shows

Agenda: lives imperdíveis de fevereiro de 2021

Shows

Shows nacionais em São Paulo em 2021

Shows

Shows internacionais em São Paulo em 2021

Shows

Confira a agenda de lives imperdíveis em dezembro de 2020

Shows

Shows imperdíveis em São Paulo em dezembro de 2020

Shows