Guia da Semana
Shows
Por Edson Castro

Gabriel o Pensador mistura inéditas e clássicas em nova turnê

Rapper apresentou o show de seu novo disco Sem Crise, na noite de terça-feira, 22 de outubro.

Gabriel pensador fez show de seu novo álbum na noite de terça-feira, 22 de outubro (Renan Perobelli ( Peroba ))

A cena estava perfeita. O rap nunca esteve tão em alta. Uma onda de protestos tomou as ruas do Brasil. Não precisa ser muito esperto para juntar as peças do quebra-cabeça e ver que era a hora ideal para Gabriel o Pensador lançar um novo trabalho.

O Guia da Semana esteve presente no show da turnê divulgação de "Sem Crise", retorno do rapper aos estúdios após quase sete anos sem gravar inéditas. Confira como foi:

"Pensou que eu tava de bobeira, de bobeira é que eu não tava


Mesmo com um trabalho novo para divulgar, Gabriel o Pensador fez uma competente mescla entre seus hits - que todos sabem de cor - e as empolgantes inéditas. Vide o começo do show com a sequência da nova "Sem crise", da não tão nova "Linhas tortas" e o clássico "Cachimbo da paz".

Na hora de falar de coisa séria, Gabriel vestiu uma camiseta com o rosto de Fernadão, manifestante do Rio que morreu de complicações pulmonares após inalar gás lacrimogêneo. Seguiu o trio de pedradas na política nacional: "Nunca serão", "FDP" e "Pátria que me pariu". Recado dado.

Vale ressaltar a estranha escolha do Teatro Renault como palco para o show. Por muitas vezes o público ficou indeciso entre sentar ou continuar em pé para curtir o show. Uma pena.

"Respeito é pra quem tem"

Após cerca de 30 minutos de show, Gabriel o Pensador chama ao palco dois garotos: Heli Brown e Lucas Felix. O momento "Rimadores Anônimos" já é tradição dentro de suas apresentações. No centro das atenções, os dois jovens trocam rimas como em uma rinha de rua. Uma grande iniciativa do cantor em dividir seu espaço com os iniciantes.

Também passaram pelo palco MC Garden, Gabriel Flash, Che Leal e o grande convidado da noite: o Emicida. No palco, as duas gerações de rapper cantaram juntos "Zoião", "Retrato de um Playboy" e fizeram homenagens um ao outro em forma de improviso.

Palco de musicais e grandes eventos elitizados, o espaço do teatro se tornou grande uma roda de rap. O dueto fez com o que o público levantasse - e se mantivesse em pé - para ver o que mais Gabriel Pensador havia preparado para aquela noite.

"É um pensador que canta com emoção

A segunda metade do show dá mais espaço para as músicas novas, que apostam em inusitadas misturas para o rap. "Na Palma da mão", traz o forró de Luiz Gonzaga; "Boca com boca", traz a MPB de Nando Reis; e "Surfista solitário", traz o samba rock de Jorge Ben Jor.

Mesmo inéditas, as músicas conseguem ganhar o público com boas execuções. Para encerrar as quase duas horas, vem uma versão brasileira de "Get Up, Stand Up", de Bob Marley, "Se liga aí" e - talvez uma das mais politizadas de seu respertório - "Até quando".

Ao fim da apresentação não dá para saber se o novo trabalho de Gabriel fará com que ele volte com tudo para a cena. Mas dá para facilmente juntar as peças e entender como  o cantor virou uma figura tão grande e respeitada na cena do rap brasileiro. Volte sempre que quiser Pensador.

Confira o set list do show do Gabriel, o Pensador:


Por Edson Castro

Atualizado em 23 Out 2013.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sidney Magal faz show no Quintal do Espeto Tatuapé no dia 11 de abril; saiba mais!

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows