Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

Incêndio no tradicional

Cordel do Fogo Encantado investe em novos estilos musicais e grava seu primeiro DVD.

Por Humberto Baraldi




A poesia toma conta do palco. Entre encenações com um toque teatral surgem versos "Na madrugada de vento seco. No clarão da grande lua, prateada. No recôncavo do sol. Na montanha mais longe do mar. Numa Serra Talhada". Não importa o lugar, o grupo pernambucano Cordel do Fogo Encantado incendeia por onde passa.

A irreverente banda, que já fez turnês pela Europa, agora produz o seu primeiro DVD. Nas gravações, o público poderá ver e ouvir desde músicas do primeiro e segundo album até canções inéditas, como o trecho acima citado que faz parte da canção Morte e Vida Stanley. Em entrevista ao Guia da Semana, o percussionista Emerson Calado conta um pouco sobre a eclética trajetória e as prespectivas para 2006. (Ouça Ai Se Sesse)

A trajetória de Cordel
Surgido em 1997, na cidade de Arcoverde (PE), o Cordel do Fogo Encantado começou como um espetáculo teatral homônimo, baseado em música e poesia. Em fevereiro de 1999, o que era uma encenação de teatro adquiriu característica de show e teve sua estréia no Festival Rec-Beat, no Recife.

Mesmo reformulado, o grupo manteve elementos cênicos, com poesias e textos pontuando as músicas. A partir daí passam a percorrer todo o Brasil, conquistando a crítica e o público com apresentações antológicas.

Em 2001 a banda lança seu primeiro CD, homônimo, que conta com a produção de Naná Vasconcelos. Após um ano, os garotos voltam a estúdio para gravar seu segundo CD, O Palhaço do Circo Sem Futuro, agora produzido pelo próprio grupo, também de forma independente.

O Cordel no mundo:
Turnê internacional com 11 apresentações em países como Bélgica, Alemanha e França.

Na telinha do Cinema:
Composição da música Os Anjos Caídos para a trilha sonora do filme Deus é Brasileiro, de Cacá Diegues.
Trilha Sonora do filme Lisbela e o Prisioneiro - Lira Paes interpreta a música O Amor é Filme.

Cordel do Fogo Encantado é:
Lira Paes: Voz e Pandeiro
Clayton Barros: Violão e voz
Emerson Calado: Percussão e voz
Nêgo Henrique: Percussão e voz
Lucas dos Prazeres: Percussão e voz



Confira os melhores trechos da entrevista!

Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Lives de Carnaval: confira a agenda completa dos shows virtuais

Shows

Agenda: lives imperdíveis de fevereiro de 2021

Shows

Shows nacionais em São Paulo em 2021

Shows

Shows internacionais em São Paulo em 2021

Shows

Confira a agenda de lives imperdíveis em dezembro de 2020

Shows

Shows imperdíveis em São Paulo em dezembro de 2020

Shows