Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

Moda rock

Dos terninhos e cabelos arrumadinhos de Elvis Presley à camisa xadrez e calça jeans do Nirvana, o rock acompanhou todas as mudanças na história.

A moda rock, hoje, viaja no tempo: do cabelo com gel, como Elvis Presley, às camisetas com estampas de bandas (Getty Images)

A música mudou tanto quanto a moda. Ou seria o contrário? Assim como o rock acompanhou as mudanças na História, a roupa também se adaptou aos diferentes tempos. E não é difícil entender o porquê. Quando Elvis Presley chegou chegando cantando Jailhouse Rock, lá pela década de 50, ele lançou moda: cabelo curto e cuidadosamente colocado no lugar com brilhantina, além do terno e calça reta ditaram moda – os garotos faziam de tudo para se vestir tal como o ídolo. A roupa das meninas também foi destaque: os vestidos rodados ganhavam um volume adicional quando elas dançavam e rodopiavam.

Mas esse estilo não perdurou por muito tempo. Os anos 60 chegaram e a moda, claro, mudou. Aliás, a moda nessa época era não seguir a moda: em uma década efervescente, com tantas mudanças de pensamento, os jovens decidiram eles mesmos criar seus looks e não mais seguir o que os mais velhos diziam. Não é à toa que as roupas variaram tanto: das botas de caubói de Bob Dylan à minissaia, passando pelas roupas mais unissex, com cortes retos e tecidos metalizados, valia tudo.

Para os admiradores dessa época, esse look retrô está de volta – e não é tão difícil se vestir como antigamente. Os brechós, presentes em muitas cidades brasileiras, estão em alta e é possível montar looks com roupas bem cuidadas e que, de fato, fizeram moda. Em São Paulo tem o Minha Avó Tinha; Belo Horizonte conta com o Brechó Santíssima; já o Rio de Janeiro tem o De Salto Alto; Porto Alegre tem um bem interessante, que mistura antiquário com brechó, o Balaio de Gatos; e o Peça Rara é um dos destaques de Brasília.

De tão influente, essa “falta” de um estilo próprio permaneceu até os anos 70, mas não com a mesma força. Rolavam as roupas certinhas dos Beatles com o jeito hippie de Janis Joplin. Foi nessa época também que as jaquetas de couro, roupas pretas e as tachinhas de ferro passaram a fazer parte do visual dos adoradores do rock – isso foi um reflexo do surgimento do heavy metal no cenário musical.

Uma referência no Brasil para a moda rock é a Galeria do Rock, no centro de São Paulo. E, assim como o próprio rock, ela é bastante eclética: é fácil encontrar lá lojas especializadas em rock, metal e até reggae e hip hop. Outra galeria famosa é a de Belo Horizonte, a Galeria da Praça Sete.

Nos dias de hoje, a galera que curte rock adora jeans e camisetas estampadas com a sua banda favorita. Para atender a essa turma, há algumas marcas de roupas que podem ser encontradas em todo o Brasil,como a Cavalera e a Nonsense. Com esses endereços, é só escolher seu estilo e ficar na moda! 


Atualizado em 2 Dez 2011.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sidney Magal faz show no Quintal do Espeto Tatuapé no dia 11 de abril; saiba mais!

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows