Guia da Semana
Shows
Por Julia Bueno

Músicas que completam 10 anos em 2014

Em 2014, hits do indie ao pop comemoram uma década. Confira.

Toxic, de Britney Spears, completa 10 anos em 2014 (Reprodução)

Nesses momentos de listas "tal coisa faz tantos anos" é que a gente se dá conta de como está ficando velho. Isso e bem quando nossos amigos começam a casar, ter filhos, morar juntos, parar de beber às terças-feiras e todas essas coisas.

+ Filmes que completam 10 e 20 anos em 2014
+ Apostas do ObaOba em música para 2014
+ 5 músicos nacionais para conhecer e ouvir em 2014

O fato é que a gente tá ficando mais velho mesmo, mas a memória é boa e quando lembramos de uma música do fundo do baú, dá aquele quentinho por dentro. Por isso, aproveite o dia para curtir essa lista com músicas que completam uma década em 2014. A playlist está logo abaixo da lista de músicas :)

Snoop Dogg - Drop It Like It’s Hot

O hit de Snoop Dog, que já respondeu por Snoop Lion e hoje está mais para Snoopzilla, comemora uma década regada a muito rebolar de quadris.

Green Day - American Idiot

Green Day

O single de uma das bandas que mais vendeu discos nos anos 2000 é outro que comemora 10 anos. De lá pra cá muita coisa aconteceu, o Billy Joel mandou Justin Bieber tomar no cu e a gente adorou, e, hoje, sentimos saudades de mais sons como esse.

Kelly Clarkson - Since U Been Gone

Esse som aqui bombou a carreira de Kelly Clarkson no começo dos anos 2000. Desde então ela conseguiu se manter por um tempo com música, mas desde 2001 não ouvimos falar da gata. Destaque para a versão do "A Day To Remember" dessa música.

Arcade Fire - Rebellion (Lies)

Uma das bandas que mais vem bombando no circuito indie-alternas, Arcade Fire, também tem o que agregar a nossa lista. Esse som é do primeiro álbum dos caras, Funeral, que tem como B-Side a versão deles de Aquarela do Brasil (Brazil).

Jay Z - Dirt Off Your Shoulder

O rapper, produtor, homem de negócios e artilheiro do hip hop mais bem sucedido da história pode ter sumido um pouco das rádios, mas só sua voz. O cara trabalha produzindo bastante e tem um novo álbum a caminho. Ele, inclusive, contratou uma menina de 16 anos pra produzir uma das faixas desse álbum, Magna Carta Holy.

My Chemical Romance - Helena

Banda My Chemical Romance

Uma das bandas mais underrated da história do rock, My Chemical Romance, acabou em 2013 deixando uma legião de fãs desamparados. Helena foi escrita em homenagem a avó do vocalista, Gerard Way, de quem ele era super próximo.

Kelis - Milkshake

Do terceiro álbum de Kelis, Milkshake está aqui única e exclusivamente porque você não vai tirá-la da cabeça nunca mais.

The Killers - Mr. Brightside

Outra banda que vem fazendo suesso nos últimos anos no circuito indie-alternas-coachella-lollapalooza também tem não uma, mas duas músicas de sucesso que completam 10 anos esse ano. A primeira, Mr. Brightside foi basicamente a porta de entrada deles para o mundo. Depois, Somebody Told Me, que também ajudou (e bastante) a impulsionar a carreira deles.

Hoobastank - The Reason

Se você me pedisse pra chutar, diria que essa música tem, no mínimo, 15 anos. Mas é uma década que ela completa em 2014. E que atire a primeira pedra quem, hoje aos 20 e poucos, não sabe essa letra de cor. Aliás, em 2004, a banda comemorava 10 anos de vida. Agora com 20, eles não lançam nada novo desde 2010... kedê os meninos?

Gwen Stefani - Hollaback Girl

Quem sente saudades do No Doubt bota o dedo aqui. Depois da banda, a gata lançou carreira solo e bombou com alguns sons, como Hollaback Girl. Mas o projeto solo acabou em 2011, com promessas de um No Doubt reformado e bombado. Estamos esperando ansiosamente.

Linkin Park - Numb

Linkin Park

A prova viva de que Linkin Park já foi uma puta banda são músicas como Numb. O som, que comemora 10 anos, faz parte da época da banda em que os caras fizeram o melhor som deles, como em Hybrid Theory e Meteora (de Numb). Pena que hoje, com quase 10 anos de banda, eles resolveram tentar uma pegada menos rock'n'roll e mais alternativo-cult-pseudoexperimental. Sdds solos.

Britney Spears - Toxic

A rainha mor do pop rasga calcinha não poderia faltar na nossa lista. De cabelo raspado, comprido, magra, gorda, com filho, sem filho, Brit trabalha, e trabalha bastante, bitch. Essa fase da sua carreira foi a mais legal, com certeza, com a pegada de ninfeta afetada que todo mundo morre de saudades.

Franz Ferdinand - Take Me Out

Uma das melhores bandas de indie que sobreviveram a primeira década dos anos 2000, assim como Arctic Monkeys, dá um pouco de esperança à onda maluca de sons nada a ver que vem "afilhados" do indie. Take Me Out completa 10 anos e a gente se dá conta de que tá ficando é muito velho.

Maroon 5 - This Love

maroon five

O single, do álbum Sons About Jane, debut da banda, foi considerada a maior canção de sucesso de 2004. Mole? A banda não hypa desde Moves Like Jagger, mas a gente pode ver o vocal, Adam Levine quase todos os dias, em suas participações no The Voice americano.

Charlie Brown Jr - Tamo aí na atividade

Com lágrimas nos olhos a gente lembra que Tamo Aí Na Atividade, do Charlie Brown Jr, também completa uma década. O ano de 2013 foi um baque sério para os fãs da banda, com a perda de Chorão e Champignon, para os adolescentes dos anos 90 e, principalmente, para a música brasileira.

Eminem - Just Lose It

O branquelo desbocado que a gente adora, Eminem, deu bem o que falar com esse single. O motivo é a chacota com Michael Jackson, na época de suas acusações de abuso de menores. A canção também parodia Pee Wee Herman, Beavis/Cornholio de Beavis and Butt-Head, MC Hammer, Madonna, Mr. Bean entre outros.

Black Eyed Peas - Let’s Get It Started

Lembrando do Black Eyed Peas quando eles eram muito, muito bons <3 O som faz parte de Elephunk, que ainda acalenta os coraçõezinhos de quem não aguenta mais ouvir musiquinhas pop dos caras. A versão original é Let's Get Retarded, mas por motivos de hipocrisia mor, a versão de rádio ficou Started. O som, diferente do que muita gente especulou, não fala de drogas, e sim uma gíria para "pirar na pista de dança".

U2 - Vertigo

O grupo irlandês que completa 28 anos em 2014 também tem sua contribuição a nossa lista. Esse ano eles vão lançar um álbum de estúdio que era para 2013, mas foi adiado. Vertigo, na época, ganhou uma tour homônima pelo mundo que, inclusive, passou pelo Brasil. Esse som ganhou 3 Grammys.

Avril - Happy Ending

Do álbum debut de Avril Lavigne, Happy Ending também merece seu espaço aqui. Numa época bem menos menininha e patricinha, a gente lembra de uma Avril vestida de moleque, bermudão, tênis, sem make e andando por aí de skate e aprontando com os meninos. De lá pra cá ela teve uma fase mais sombria, tentou uma coisa mais popzinha do bem e acabou num intermediário bem bacana, constante déjà vu do começo dos anos 2000.

Simple Plan - Welcome To My Life

Um dos hinos emo (vocês lembram do emo?) de 2004 também marca presença. Considerada uma banda de "pop punk", Simple Plan não lança nada desde 2011, quando fizeram a abertura de Scooby Doo.

Counting Crows - Accidentally In Love

counting crows

Counting Crows tem uma música bem mais introspectivas e deprê, mas o que bombou eles foi Accidentally In Love, que rolou em Shrek. Com ritmo dançante e uma letra chiclete, a música foi ao topo das paradas.

John Mayer - Daughters

John Mayer foi o cara que conquistou o coração das novinhas sem precisar de calças apertadas e coreografias. Ele retomou um gosto pelo rock clássico e "família" com um talento musical fora de série. O exemplo perfeito é Daughters, que amoleceu corações mundo afora, e não era por menos.

Slipknot - Duality

A banda com mais integrantes desde a Orquestra Sinfônica também não podia faltar. Essa música foi noemada a um Grammy de melhor performance de hard rock em 2005. Mesmo com a proximidade do show deles no Monsters of Rock 2013, já estamos ansiosos para ver o espetáculo que é Slipknot ao vivo de novo.

Pitty - Equalize

A rockeirinha baiana que ganhou o 35º lugar de vocalista de rock mais sexy do mundo em 2010 (?), tem hoje um estilo bem diferente do "Equalize". Em 2013 ela fez parceria com Emicida e está explorando outras possibilidades. Mas Admirável Chip Novo, álbum de Equalize vai estar sempre na nossa memória.

Blink 182 - I Miss You

Blink 182

A volta do Blink 182 foi uma das grandes conquistas em 2009 para o pop punk/skate punk. Os meninios conquistaram todo mundo com I Miss You e o jeitinho escrachado e engraçado. O trio americano composto por Tom DeLonge, Travis Barker e Mark Hoppus, acreditem, ainda vai dar muito o que falar.

Skank - Vamos Fugir

A banda mineira, já com 30 anos de vida, integra a lista com o reggaezinho goixtoso de Gilberto Gil e Liminha. Esse som fez parte de uma mudança de estilo da banda, entre 2003 e 2005 com uma cara mais comercial.

Dibob - 1x0 Eu

Antes de torcer o nariz, encontre o adolescente espinhudo, de aparelho fixo e cabelo oleoso que existiu em você. Dibob não é Guns N Roses nem Pantera, mas tem seu valor. Especialmente nesse som, que fez muito marmanjo se identificar em 2004.

Ouça a playlist abaixo:


Por Julia Bueno

Atualizado em 17 Jan 2014.

Mais notícias

Lives de Carnaval: confira a agenda completa dos shows virtuais

Shows

Agenda: lives imperdíveis de fevereiro de 2021

Shows

Shows nacionais em São Paulo em 2021

Shows

Shows internacionais em São Paulo em 2021

Shows

Confira a agenda de lives imperdíveis em dezembro de 2020

Shows

Shows imperdíveis em São Paulo em dezembro de 2020

Shows