Guia da Semana
Shows
Por Adriano Bertin

System SP

Capital paulista entra para história ao receber primeira apresentação do System of a Down no Brasil.

Voz marcante de Serj Tankian dita ritmo do show do System of a Down (Divulgação / Carlos Favalli)

Por Adriano Bertin

Em meados de janeiro de 2010, o baixista Shavo Odadjian recorreu ao seu twitter pessoal para alertar os milhares de seguidores sobre o possível retorno do System of a Down. A publicação da frase “Are u guys ready for System???” – algo como “Vocês estão prontos para o System” -, antecedeu o anúncio de uma turnê internacional, que traria os integrantes da banda ao Brasil após passarem quase quatro anos longe dos palcos.

Quem se dirigiu à Chácara do Jockey, em São Paulo, na noite de sábado (1º), teve a oportunidade de ver Serj Tankian (vocal e teclados), Daron Malakian (guitarra e vocal), John Dolmayan (bateria) e o próprio Shavo, entoarem seus maiores sucessos pela primeira vez em terras brasileiras, pontualmente às 21h30 – horário indicado no ingresso de todos os metaleiros.

Se a espera pela apresentação fez o público se agitar com qualquer acorde de teste disparado de trás das cortinas do palco, a faixa “Prison Song”, que inicia o disco Toxicity, foi a escolhida para abrir o show e liberar os  fãs para pular, gritar e se amontoar na tentativa de registrar o momento inédito.

Excluído do Dia do Metal no Rock in Rio 2011, mas escalado para fechar a programação do evento, o SOAD interpretou logo em seguida uma das canções mais esperadas da noite: a explosiva “B.Y.O.B”. A sintonia apresentada entre público e ídolo abriu caminho para outras canções cultuadas, como “Question”, “Chop Suey” e “Lonely Day”.

Daron Malakian, mostrando seu conhecido carisma e bom humor entre um riff e outro, comandou um pulo coletivo em movimento uniforme ao som de “Bounce”. A dose de emoção injetada no corpo dos metaleiros trouxe ânimo e preparação para receber hits do início da carreira da banda. “Vicinity of Obscenity” e “Suite Pee” foram os destaques.

O show ainda trouxe elementos pouco observados em espetáculos do gênero até então. Apesar da maioria bruta e amante do som pesado, gritos, choros e ataques de histeria puderam ser encontrados em boa parte do espaço reservado ao grande público. Mulheres e meninas marcaram presença e demonstraram do seu jeito a emoção de ver Serj Tankian, conhecido pela voz inconfundível,  comandar a introdução de “Question”.

“Sugar”, uma das faixas que levaram o nome do System of a Down para todo o mundo, foi a deixa para os músicos saírem de cena. O palco vazio manteve-se assim apesar dos inúmeros pedidos de retorno. Os desejos não foram atendidos e Serj, Daron, Shavo e John, se encaminharam para o Rio de Janeiro. Mesmo assim, a história foi feita.

Confira abaixo o setlist do show do System of a Down em São Paulo:

Prison Song
BYOB
Revenga
Needles
Deer Dance
Radio / Video
Hypnotize
Question!
Suggestions
Psycho
Chop Suey
Lonely Day
Bounce
Lost in Hollywood
Kill Rock'n'Roll
Forest
Science
Mind
Innervision
Holy Mountains
Aerials
Vicinity of Obscenity
Tentative
Cigaro
Suite Pee
War?
Toxicity
Sugar


Por Adriano Bertin

Atualizado em 3 Out 2011.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows

9 shows imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Shows