Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

Teenage Fanclub

Conheça a trajetória do grupo de indie rock escocês.



Uma das maiores bandas de indie rock da Escócia, o Teenage Fanclub foi criado em 1989, Bellshill, nos arredores de Glasgow. Atualmente é composto pelos músicos Norman Blake (voz, guitarra), Raymond McGinley (vocais, guitarra), Gerard Love (vocais, baixo) e Francis MacDonald (bateria). Com exceção do baterista, os três se revezavam nos vocais para mostrar suas letras ligadas à cena local, além de falar a temas como o amor. A sonoridade do grupo é baseada até os dias atuais em suas guitarras distorcidas. Mas, ao longo da carreira, os escoceses incorporaram outros elementos musicais, deixando o rótulo de apenas mais um conjunto de rock alternativo.

 

No início, eles foram comparados à banda setentista Big Star e também Neil Young e aos contemporâneos do Dinossaur Jr. Costumavam fazer shows na casa C86, em Glasgow. O primeiro álbum, A Catholic Education, foi lançado em 1990. O disco seguinte, The King (1991), trouxe um cover da clássica Like a Virgin, de Madonna, que recebeu duras críticas - que, no fundo, ajudaram para que a banda se tornasse conhecida nos Estados Unidos. Ainda em 1991, foi gravado o CD Bandwagonesque, lançado pela Creation Records, no Reino Unido, e pela Geffen, em solo norte-americano. Dessa vez eles acertaram em cheio, com canções mais comerciais e com riffs de guitarra mais incorporados. Resultado: o grupo venceu a votação da revista Spin Magazine como o melhor álbum de rock daquele ano, ganhando dos favoritos Nevermind (Nirvana), Loveless (My Bloody Valentine) e Out of Time (R.E.M.).

 

Em 1993, foi lançado o quarto trabalho de estúdio, Thirteen, que novamente sofreu críticas severas. Já o álbum seguinte, Grand Prix, gravado no mesmo ano, foi considerado bem-sucedido pela indústria fonográfica do Reino Unido - figurando na primeira posição do Top Ten britânico. Porém, nos Estados Unidos, o disco não alcançou grande repercussão em vista das críticas ao CD anterior. Na mesma época, o então membro da banda de brit pop Oasis, Noel Gallagher, declarou que o Teenage Fanclub era a segunda melhor banda do mundo, perdendo somente para o grupo de Noel. Outro músico que também citava a importância do quarteto era o líder do Nirvana, Kurt Cobain.

Songs from Northern Britain, disco de 1997, é considerado até hoje o melhor trabalho da banda. O álbum seguinte, Howdy!, chegou às lojas em 2000, seguido de Words of Wisdom and Hope, em 2002. No ano posterior, foi lançada a primeira coletânea de sucessos, Four Thousand Seven Hundred and Sixty-Six Seconds - A Shortcut to Teenage Fanclub, além de três músicas inéditas. Em 2005, veio o disco Man-Made, produzido por John McEntire, do grupo indie Tortoise.

Três anos depois, passaram a trabalhar no álbum Shadows, em um estúdio localizado na fazenda Leeders, em Norfolk, na Inglaterra. Os escoceses permaneceram por lá durante três semanas - nesse projeto, eles preferiram seguir sem pressa, tanto que o disco só chegou ao mercado em maio de 2010. Em dezembro do mesmo ano, eles se apresentaram como banda de abertura do músico norte-americano Edwyn Collins, no festival ATP Bowlie 2, em que tocaram ao lado de Edwyn o hit Rip It Up, do lendário grupo Orange Juice. Em meados de 2011, o Teenage Fanclub confirmou presença no Brasil, com apresentações em São Paulo e Rio de Janeiro, no mês der maio.

Foto: Divulgação / Myspace oficial
Site oficial: http://www.teenagefanclub.com/


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows

9 shows imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Shows

Trocas do Rock in Rio Card começam nesta quarta-feira (6); saiba mais!

Shows