Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

The Cult

Saiba mais sobre o quinteto britânico.



Atualmente formado por Ian Astbury (vocais), Billy Duffy (guitarra), Mike Dimkich (guitarra), Chris Wyse (baixo) e John Tempesta (bateria), o grupo de hard rock londrino The Cult iniciou suas atividades musicais em 1983. Com uma proposta inicial baseada nos ritmos do rock pós-punk e do gótico de meados dos anos 80, além de atender primeiramente pelo nome de Death Cult, o grupo capitaneado por Astbury, logo deixaria de ser ligado ao tema mortal. Após uma apresentação em um programa de TV local, na sexta-feira 13 de janeiro de 1984, quando Ian decidiu mudar o nome de vez para The Cult - a partir daí o sucesso passou a bater na porta deles, com a assinatura de um contrato com o selo Beggars Banquet, pelo qual lançaram o primeiro álbum, Dreamtime, em agosto do mesmo ano.

 

O segundo LP, Love, chegou às lojas em 1985, considerado mais hard rock em relação ao trabalho anterior, em que a faixa She Sells Sanctuary foi a carro-chefe do disco e que alavancou a carreira da banda fora do Reino Unido. Nessa época, já começaram as discussões entre Astbury e Duffy, responsáveis pela composição das músicas - a solução foi chamar o renomado produtor musical Rick Rubin (que produziu discos do Danzig e Slayer) para dar conta do próximo álbum dos britânicos, Eletric, lançado em 1987. No final da década, eram nítidos os problemas com drogas e álcool consumidos pelo vocalista Ian Astbury. Com a gravação de Sonic Temple (1989), Matt Sorum (baterista), deixou o grupo para integrar o Guns ´N´ Roses. O single Edie (Ciao Baby) fez enorme sucesso, tendo seu videoclipe bastante exibido pela MTV americana.

 

Em 1991, veio Ceremony, um bom disco, mas que não trouxe nenhuma novidade, simplesmente mais do mesmo. Nesse período, o grunge de Seattle explodia no mundo inteiro, fazendo com que os integrantes da banda repensassem sua fórmula musical. Em 1994, o produtor Bob Rock produziu o sexto álbum do grupo, The Cult, um verdadeiro fracasso de vendas - após um show no Brasil no mesmo ano, o quinteto resolveu dar um tempo. Eles retornaram à cena em 1999, com o lançamento do single Painted on my Heart, que integrou a trilha sonora do filme 60 Segundos, estrelado por Nicolas Cage e Angelina Jolie - a canção foi bastante executada nas rádios, além de seu videoclipe figurar entre os mais pedidos das paradas da MTV americana, brasileira e europeia. No ano de 2001, chegou às lojas o disco Beyond Good and Evil, novamente produzido por Bob Rock.

 

Após esse trabalho, a banda entrou em mais um hiato. Nessa época, Astbury foi convidado pelos membros remanescentes do The Doors para ser o vocalista da turnê The Doors of The 21st Century - o fato não foi uma surpresa, já que o diretor Oliver Stone, responsável pela realização do longa-metragem dos Doors em 1991, tinha como uma de suas opções para interpretar Jim Morrison o próprio Ian - mas o papel acabou ficando com o ator Val Kilmer. Quatro anos depois, em 2005, o The Cult voltou às boas. Dois anos mais tarde, eles lançaram o álbum Born Into This, seguido de Capsule, de 2010. Atualmente, o quinteto está em excursão para divulgação desse último trabalho, que passará pelo Brasil, em maio de 2011, na cidade de São Paulo.

 

Foto: Divulgação


Atualizado em 6 Set 2011.

Mais notícias

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows

9 shows imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Shows

Trocas do Rock in Rio Card começam nesta quarta-feira (6); saiba mais!

Shows