Guia da Semana
Shows
Por Redação Guia da Semana

Tudo que você precisa saber para curtir o Lollapalooza 2019

Confira algumas dicas que vão te ajudar a aproveitar ao máximo o festival.

Foto: Oba Oba

Animado pra curtir o Lolla em São Paulo? O Oba também! A gente já foi conferir como está o festival na sexta-feira e separou algumas dicas para você poder curtir o máximo desse evento nos dias que ainda faltam.

Confira:

Look funcional

Um tênis bom para caminhar é essencial! O Autódromo é bem grande e não vale a pena chegar no fim do dia com dores no joelho e na sola do pé. Não se esqueça de levar óculos de sol, chapéus ou bonés - na sexta fez bastante sol. Caso chova, é sempre bom ter uma capa de chuva para você não ter que ver seu show favorito molhado, os lugares cobertos não são muitos, principalmente perto dos palcos.

Foto: Oba Oba

Chegando e indo embora

A melhor forma é de CPTM. A Estação Autódromo fica a apenas 800 metros do portão 9 e o caminho está bem indicado. Aliás, tem tanta gente indo para lá que vai ser impossível você se perder - é só seguir o fluxo! Se você prefere evitar a muvuca, chegue cedo!

Na hora de ir embora, a CPTM também pode ser a melhor pedida, porque os aplicativos como Uber bem caros devido à alta demanda. A dica é já ir se aproximando do portão 9 perto do fim do último show, assim você chega na estação antes de toda a galera - e é muita gente!

Pulseirinha

Carregue seu Lolla Pass assim que chegar. As filas podem ficar maiores conforme a noite se aproxima e você não vai querer perder tempo parado. As filas, aliás, ficam bem grandes entre shows, então o jeito é já encher de crédito no começo e depois procurar os vendedores do que você quer comprar por perto dos palcos. Confira o mapa para encontrar os caixas:

Foto: Divulgação (via assessoria)

Shows

Se você é do tipo de que gosta de ficar colado no palco, a dica é chegar cerca de uma hora antes da apresentação começar - antes até, dependendo do show -, porque depois fica difícil chegar perto do seu artista favorito. Por volta de meia hora antes, o espaço perto do palco já começa a ficar bem cheio.

Se você não faz questão de ficar pertinho, vale a pena saber que o Autódromo é bem desnivelado, e tem vários morros espalhadas por ele. Quando a hora do show que você quer curtir de longe estiver chegando, você pode procurar aquele que tem a melhor vista para o palco lá embaixo, estender uma canga e curtir sem problemas o som que você tanto gosta. 

No tempo livre

Tem bastante coisa para fazer entre shows! Várias marcas trouxeram ativações para o festival. Você pode, por exemplo tirar fotos com cenários divertidíssimos no stand da Fini e caçar seu doce preferido, balançar em um balanço no stand da Vivo ou fazer um passeio e admirar o festival do alto na roda gigante da Samsung! As filas são menores no início do dia ou no fim da noite, mas talvez valha a pena ficar na fila, se não tiver nenhum show que você queira ver.

Foto: Oba Oba

Comes e bebes

As opções de comidas são várias, mas não muito baratas, então se você não quiser gastar muito é melhor comer antes. Barraquinhas e vendedores ambulantes estão espalhados pelo autódromo, com eles você pode achar alguns aperitivos como porção de batatas fritas (R$16), pastel (R$15) ou uma pizza individual (R$25). Os food trucks vendem algumas opções mais elaboradas, mas custam ainda mais, passando de R$30. Se você estiver disposto a gastar, vale a pena pegar pelo menos um combo com refrigerante, porque o preço não passa tanto de R$30, tanto nos food trucks quanto no Chef’s Stage, onde você pode encontrar pratos preparados por chefs como Jeferson Rueda, Oliver Anquier e Henrique Fogaça.

Quanto às bebidas, vale ressaltar que tem água é de graça. O Bradesco tem três estações de água espalhadas pelo Autódromo onde você pode se refrescar sem pagar nada - e não se esqueça disso, porque um copinho de água nas barraquinhas ou com os vendedores custa R$6. Uma lata de Budweiser custa R$13 e guarde o copo vermelho que vem junto porque ele pode esconder um prêmio, basta pedir para alguém da Bud usar a lanterninha para verificar. O refrigerante é R$10 e uma Skol Beats é R$15. Faça contas antes para colocar o valor certo na sua pulseirinha. 

Foto: Oba Oba

Celular e internet

Você vai querer fazer muitos stories e vai passar muito tempo no WhatsApp tentando encontrar o amigo que você perdeu e sua bateria precisa estar carregadíssima. Se você tiver um power bank, melhor ainda, pode levá-lo. Alguns pontos onde você pode carregar seu celular estão espalhados pelo Autódromo, mas eles são poucos e concorridos. 

Sobre a internet, é bom dizer que às vezes o seu pacote de dados vai parar de funcionar no meio da multidão, mas, num geral, se você se afastar um pouco e subir em um morro, ele volta à vida.Também existem pontos de WiFi gratuitos chamados Chevrolet Onix, mas nem sempre funcionam muito bem. 

Confira o line-up de Sábado e Domingo e não perca seus shows preferidos!


Foto: Divulgação (via assessoria)
 
Foto: Divulgação (via assessoria)

Atualizado em 6 Abr 2019.

Mais notícias

Rock in Rio 2019: venda dos ingressos para público geral começa nesta quinta-feira, 11 de abril; saiba mais!

Shows

Lollapalooza Brasil 2019: dicas preciosas para curtir o festival ao máximo

Shows

Sandy e Junior anunciam mais dois shows extras em São Paulo em Outubro; saiba mais!

Shows

Álbum "Kisses", da Anitta, é divulgado; Assista a todos os clipes – e entenda cada um deles

Shows

Mais de 12 shows imperdíveis em São Paulo em abril de 2019

Shows

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows